História Lembrar de Ti - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Zootopia - Essa Cidade é o Bicho
Personagens Chefe Bogo, Judy Hopps, Nick Wilde, Personagens Originais
Exibições 39
Palavras 570
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Nessie?


Fanfic / Fanfiction Lembrar de Ti - Capítulo 4 - Nessie?

A raposa respirou profundamente antes de tocar a campainha. Ainda tinha duvidas se de fato aquele plano daria certo mas ele decidiu confiar em seu amigo e hesitante se dirigiu ao apartamento de sua ex amiga para por o plano em prática. 


-Quem é? - a voz de Nessie ecoou pela rua.


Nick suspirou profundamente antes de responder.


-Sou eu, o Greenfox. -ele falou usando um apelido de infância, na tentativa de amenizar a situação. -Preciso falar com você. 


Ele ouviu Nessie respirar profundamente e se preparou para uma retirada estratégica. Ele foi tirado de seus pensamentos com o som da porta se abrindo.  Na porta do apartamento se encontrava uma raposa muito familiar.


Claro, após tantos anos Nessie estava mais alta. Sua pelagem estava escura e seus olhos azuis brilhavam. Seu corpo não parecia mais como o de antes, agora as lindas curvas se destacavam naquela linda blusa e nos shorts curtos. Nick não podia negar que ela estava deslumbrante. 


Ela olhou para a raposa de cima a baixo, analisando todos os detalhes e, por mais que não admitisse, se pegou adimirando os músculos da raposa a sua frente. 


Ela exibiu um sorriso e deu espaço para Nick entrar no apartamento.


******************************


A raposa não estava muito confortavel com os olhares mortais que recebia de sua antiga amiga.


Nessie não se sentia feliz com aquela raposa que tinha sido o motivo de grande infelicidade a sua vida. Se arrependeu de ter deixado ele entrar em sua casa e não parava quieta em sua cadeira.


-O que você quer? -disse ela após alguns segundos constrangedores. 


Nick sorriu tímido. 


-Preciso de sua ajuda.


-Olha como o jogo virou. -ela sorriu maléfica- Se bem me lembro cinco anos atrás a situação era contraria e você não quis me ajudar. O que te faz acreditar que eu irei ouvir o seu problema?


-Olha, eu sei que não fiz bem negando ajuda para você e Nessie, você pode se vingar de mim quantas vezes você quiser, de qualquer maneira mas me escute. Não quero ajuda para mim e sim para alguém muito especial que sofreu um acidente recentemente. Ela não tem culpa dos meus vacilos e você é a única que pode me ajudar a trazer a memória dela novamente.  Por favor me ajuda Nessie. 


-Quem diria. -ela disse sorrindo. - Então greenfox, você finalmente  está apaixonado? Quem é a raposa sortuda? 


-Ela não é uma raposa -disse Nick calmamente. 


-Você tem um relacionamento com alguém de outra espécie? Sempre quis conhecer um casal híbrido, quando vou conhecer esse animal de sorte? 


- Não estamos juntos. -ele explicou.  -Somos só amigos.


- Então você ainda está solteiro? -ela perguntou sorrindo. 


Nick concordou com a cabeça


-Então nos raposas temos chance de ficar com você -ela disse rindo da cara que Nick fez.


-Nessie vamos focar no assunto principal. -disse Nick corado. - Aquela coelha precisa de você. 


-Ótimo.  Vamos focar na sua coelhinha.  -ela disse e ele revirou os olhos.


******************************


A tarde que Nick e Nessie tiveram foi bastante agradável. Agora com a ajuda dela, ele tinha uma grande chance de fazer Judy se lembrar. E ele estava ansioso para por o plano em prática, por mais arriscado que ele seja.


******************************


(ESPECIAL JUDY HOPPS)


Depois da saída da raposa, Judy encarou fixamente o objeto. Curiosa ela apertou o pequeno botão e atenciosa ouviu algumas frases gravadas. Apesar de não se lembrar, Judy as achava estranhamente familiar. A coelha se sentou na cama e passou a noite ouvindo aquelas gravações. 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...