História Lembro-me de ti (Readaptação) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Jimin, Jungkook, Traição, Vhope, Yoonmin
Exibições 20
Palavras 762
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente
Essa fic é um Remake de Lembro-me de ti com HopeMin
Essa é a versão Jikook
Desculpem os erros e aproveitem

Capítulo 1 - Capítulo I


Fanfic / Fanfiction Lembro-me de ti (Readaptação) - Capítulo 1 - Capítulo I

    P.O.V Park Jimin

 Eu ainda me lembro do seu sorriso estonteante direcionado a mim no verão das nossas férias quando eu tinha 11 anos e você 9. Estávamos sentados sobre uma toalha azul no gramado verde da sua casa de campo comendo frutas e um bolo que eu havia pedido para minha Omma fazer.

 Lembro-me quando nos beijamos pela primeira vez. Foi mágico para um garoto de 15 anos e outro de 13 que nunca havia se quer beijado uma garota. Foi algo inocente, uma curiosidade.

 Lembro-me sobre o bullying que sofriamos quando estávamos na escola com nossos 15 e 17 anos. Quando você saiu correndo me procurando porque haviam lhe batido no banheiro masculino da escola.

 Ainda lembro da textura das suas lágrimas que eu tentava controlar insanamente com beijinhos em suas bochechas.

 Lembro-me que na mesma noite você foi dormir na minha casa e acabamos nos envolvendo de forma mais profunda. Foi a noite em que você sussurrou aos pés de minha orelha um doce "Eu te amo" após nossa primeira vez.

 Lembro-me que nessa noite, eu fui o garoto de 17 anos mais feliz desse mundo.

 Mas aí eu lembro quando três anos depois você me deixou.

 Lembro-me de ter acordado às 5:00 da manhã com uma ligação sua dizendo que não poderíamos mais ficar juntos porque você não me amava, que me usou e que nunca mais queria me ver. Eu sabia que era mentira pois seu pai odiava o fato de você ser gay. O herdeiro da família.

 Para ele você era uma vergonha, mas para mim, você era perfeito.

 Fiquei louco e me levantei. Fui até sua casa e não havia ninguém lá. Procurei você na casa do Namjoon hyung e do Jin hyung também. Fui até a casa de sua avó, mas ela disse que você não estava lá.

 Você havia partido para muitos longe de mim.

 Mas havia um bilhete que sua avó me entregou.

 O bilhete que destruiu meu coração.

 "Eu te amo, Jimin. E por isso que estou fazendo isso. Pode ficar com e o meu coração. Ele sempre será seu.
 O motivo disto, não posso lhe dizer ainda, mas prometo que voltarei e que nos amaremos para o resto de nossas vidas.
 Eu te amo, hyung.

        Ass: Kookie"


 Eu o esperei. Por cinco anos. E ele não voltou.

 Ele levou meu coração consigo quando partiu.


 Mas eu estava errado. Ele voltou e veio destruir minha vida de propósito.

 Mas eu ainda amo aquele filho da mãe, com todo respeito que você não merece, Senhora Jeon.

    P.O.V Narradora

 Jimin havia acordado cedo hoje. Estava indo para seu trabalho, uma cafeteria no centro da cidade. Até que o local era bastante movimentado, o que certas vezes irritava Jimin por estar preguiçoso demais para um dia daquele.

 Entrou no ambiente percebendo que ainda não havia muitas pessoas e deu graças aos céus por isso. Não que Jimin fosse preguiçoso ou algo do tipo, mas as segundas na cafeteria eram de matar qualquer alma boa existente na terra.

— Bom dia, Yoongi hyung. - cumprimentou o amigo com um sorriso no rosto. O esverdeado apenas se curvou para o mais novo.

 Jimin foi para trás do balcão pegando seu avental cor de pastel com a logo da cafeteria e colocando em seu corpo e se posicionou atrás do amigo.

— Bonito, Jimin. Você se atrasou e me deixou na mão com esses mal humorados que vem tomar café. - Yoongi disse irritado.

 Realmente Yoongi tinha menos paciência que Jimin, mas não significava que o garoto pálido fosse ignorante com os clientes.

 Muito pelo contrário. Yoongi conquistava moças e rapazes.

— Não se altere, hyung.

 Jimin riu e bagunçou os cabelos do mais velho.

— Eu que que você me ama, mas não fique com raiva. Eu já estou aqui.

 Yoongi bufou e fechou o caixa com força.

— O próximo é seu.

 Foi em direção à cozinha deixando Jimin sozinho. Mas ele conseguia.

 Estava errado.

 Seu corpo congelou ao notar os fios negros adentrarem o local segurando a mão de uma garota. O amor de sua vida havia voltado, mas não para si.

Caminhou lentamente até o balcão enfrentando uma pequena fila de quatro pessoas para logo ser atendido.

 Jimin não conseguia mais prestar atenção nos pedidos fazendo algumas bobagens, mas não de importou. Ele queria ver o rosto de seu amado de novo.

— Dois cappuccinos e dois croissants de chocolate. - a garota falou olhando para Jimin, enquanto Jungkook observava as placas atrás do mesmo com ofertas e preços.


 Jimin pensou consigo mesmo: "Ele voltou para me fazer sofrer."


Notas Finais


Depois eu corrijo os errinhos 🙈
Bjos amores


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...