História Lemon Poético - III - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens Jackson, Mark
Tags Jackson, Jark, Mark, Markson
Visualizações 395
Palavras 695
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Lemon, Poesias, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Sadomasoquismo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais uma para o tema Lemon poetico <3 Conhecido também como "As porra curta"

Se bem que essa saiu bem diferente do outro T^T

Considerem, tá??

Markson ~ Ahhhhh

Primeira coisa que posto deles, então, por favor!

Meu MarkSon T^T Vou chorar vei...

Boa leitura.

Capítulo 1 - Capitulo Único - Você gosta?


 

Xx

 

Por algum motivo aquela maldade lhe causava reações opostas da que sua consciência insistia em negar.

A mão macia lhe apertando o pescoço, lhe causando um certo desconforto pela força usada, enquanto o sangue fervia, principalmente naquela área.

 

As mãos que fora presa à cabeceira da cama;

O olhar pervertido que lhe era lançando;

Tudo o deixava no céu, antes de o mandar para inferno.

 

Seu subconsciente insistia em ser masoquista, seu corpo a favor da causa reagia aos vários comandos que eram enviados.

Sua pele tremia, eriçava aos vários toques que lhe eram expostas com determinação.

O suor iluminava os corpos já ativos, em movimentos cada vez mais rápidos

Demonstrando o quanto o desejo os dominavam naquele momento de puro prazer, ressaltamos de passagem.

 

— Mark, Você poderia ser mais obediente assim - Sussurrou em seu ouvido, enquanto o puxava para sentar-se em seu colo.

— E você poderia maneirar mais em troca - Gemeu, ao sentir os braços quentes lhe abraçar, forçando o choque entre os corpos.

— Irei desamarrar uma de suas mãos - Avisou, acariciando o braço do mais velho até chegar na algema e soltar apenas um lado.

 

Se Mark já não estivesse acostumado com aquele puro erotismo de Jackson, que poderia ser sentido e sofrido em apenas um toque ele juraria que não se excitava, poderia dizer que pensamentos cada vez mais impuros nunca lhe passou na mente.

 

Mark ficava cada vez mais louco pelo de cabelos agora loiros novamente e toques embriagantes.

...

Ele gemia cada vez mais fácil, e as vezes que suspirava ao sentir seus tapas, ou até mesmo mordidas e sussurros mais quentes ao pé da orelha, tudo em Jackson o deixava fraco.

Seu corpo agora descendo e subindo cada vez mais forte no colo do amado sado lhe tiravam da orbita e aquele local já não era como antes.

Mais uma vez...

Eles acordavam os vizinhos...

Mais uma vez...

Teriam que ouvir os comentários e ver os olhares estranhos para si quando desse de cara com algum inquilino naquele pequeno prédio.

Mais uma vez...

Agiriam como se nada de anormal houvesse acontecido e esperariam a noite chegar para repetir a mesma situação onde mãos eram prontamente amarradas antes de tudo;

Onde Mark e Jackson se comportariam feito loucos, em um espaço tão pequeno que era aquela cama de casal já cansada de historias para contar e pernas para consertar;

Onde cada parte do chão eram estreados quando o reportório estivesse ficando repetitivo demais;

Mais agora, eles só queriam testar mais uma vez o banheiro e em seguida a sala, onde ficava o sofá e uma poltrona de massagem.

 

— Mark - Chamou, enquanto segurava carinhosamente os cabelos do mais velho entre os dedos e apertava sua cintura o forçando a chegar mais rápido na cozinha - Quero você agora em cima da mesa! - Ordenou, o encarando com a cara mais pervertida que ainda poderia ter.

— E se eu não obedecesse? - Provocou Mark, se virando e mordendo o lóbulo da orelha de Jackson que pareceu reagir rapidamente ao insulto.

— Eu irei lhe punir da maneira que você merece! - Agarrou as coxas de Mark o forçando a escanchar em sua cintuta e assim o mais velho fez.

 

Jackson não pensou mais em nada, apenas se dirigiu ate a mesa, sentando mark, abrindo suas pernas no mesmo instante e apenas o penetrando sem aviso prévio e assim repetiu o ato mais algumas vezes em uma velocidade torturante para Mark que apenas anciava por mais e mais com uma cara sofrega.

 

— Jackson Wang - Chamou, Mordendo os lábios, já não aguentando aquele ritmo - Apenas me puna, por favor! - Implorou pela maldade do maior, já não aguentando mais aquele joguinho.

— É o que eu mais quero - Uma primeira investida fez Mark praticamente urrar, e mais algumas iguais a companhia foi ouvida e uma voz preocupada chamar.

 

Seria mais um escândalo.

O amor dos dois era assim...

E mais uma vez...

Eles agiriam como se nada tivesse acontecido.

E mais uma vez...

Eles esperariam a mesma cena.

Com os mesmos cenários.

Com os mesmos truques.

E nunca se cansariam.

Porquê!

Mais uma vez...

Eles iriam querer repetir.

 


Notas Finais


Foi só isso <3 ~~ Pra quem leu as outras duas puderam ver que saiu um pouco diferente, mas a causa é: É a primeira coisa que escrevo deles dois, então tinha que ter algo diferente hihi

Como foi? Ta muito ruim?

Ai que medo de enviar, seja o que Deus quiser (Assustada)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...