História Lendas: o lado não contado da histora - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Tags Flautista De Hamelin
Exibições 23
Palavras 677
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, FemmeSlash, Ficção, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Steampunk, Super Power, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Canibalismo, Incesto, Insinuação de sexo, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Eu espero que isto nao seja levado a serio, esta historia tem como obj. Entreter apenas

Capítulo 1 - Hamelin a cidade das mentiras


Existe ate hoje uma cidade na Alemanha chamada Hamelin nesta cidade havia um povo estremamente mentiroso, que um dia tentou enganar Rumpelstiltskin, para se vingar ele jogou uma praga la tornando os ratos imortais toda noite, como naquela época peste negra era um enorme problema as pessoas daquela cidade rogavam por um heroi e por isso uma mulher la para os 25 anos chamada Rita, decide ir em busca deste heroi, ao ir as terras do norte, no meio de uma floresta, ela ouve o som de uma flauta que ecooava em meio as arvores, ao procurar o som se depara com um belo elfo que toca uma flauta de madeira escura, ao se deparar com Rita o elfo toca uma outra musica fazendo assim ela ficar completamente paralisada, apenas com moviimentos da cabeça. O elfo pergunta então:

- O que faz aqui? Bela moça

- O QUE VC FEZ, SOCORRO!!!

- Tenha calma, isto é passageiro. Agora por obséquio responda a minha pergunta

- Ufa. Eu venho de Hamelin para procurar um heroi, para nos salvar da praga de uma agourenta bruxa

- O que tanto aflige Hamelin??

- Uma grande praga de ratos mata nosso povo

- Pelo preço certo eu acabo com eles e salvo tua villa

- Muito obrigada

Os dois acabaram criando uma confiança cega, um não sabe o que o outro esconde e isso pode destruir se a qualquer momento

- Chegamos a Hamelin, seja bem vindo

- Eu nunca estive numa cidade, bem mas vamos direto ao seu lider

- Se voce quiser eu posso te ajudar a negociar

- Não precisa, eu me viro

- É ali então tá, vou indo

Essa foi a pior ideia de sua vida, deixar o flautista negociar a vida de sua nação, principalmente com um grande mentiroso
Hamelin era um homem velho com cara de mafioso, e que ao seu lado estava uma garota de no maximo 14, 15 anos, com olhos de peixe morto, alem de uma roupa super curta e um corpo de dar inveja presa a uma cadeira, com o rosto ainda marcado de suas ultimas lagrimas, o lider de Hamelin se mabisfesta começando o diálogo:

- Então vai ficar olhando pra minha amante ou vai negociar, em?

- Ai me desculpe, mas voltando ao assunto quanto tempo eu tenho para retirar os ratos

- Você tem até o por-do-sol, senão você e sua flautinha magica estão proibidas aqui nesta cidade.

- Até o por-do-Sol, fechado

- E o seu preço?

- Eu falo depois do serviço

- Então fechamos o acordo

Ahhh "fechamos o acordo" foram as piores palavras ja ditas ao flautista, ele nem faz ideia do tamanho do problema que se meteu.
No outro dia de manha a Rita acorda ao ouvir o som de uma flauta, ao olhar pela janela ve multidões de ratos correndo atras do flautista, ela vê a cena e começa a clamar pelo flautista, todos aqueles que ali estavam também rogavam por seu nome, que por não terem conhecimento do proprio o chamavam de "O Flautista De Hamelin".
O flautista trouxe todos os ratos para a morte no rio que ficava no fim de Hamelin.
Ao voltar pediu para Mercd Hamelin para discutir seu pagamento:

- Bem, agora ja matei todos os ratos e eu queria pedir algo em troca

- E o que seria

- Eu me apaixonei por uma humana, e eu quero leva-la embora comigo além disso quero levar uma criança, pois Ritas será pura pra sempre ao meu lado, e então esta criança seria minha primogenita.

Hamelin sai correndo para fora e grita:

- Este elfo é um demonio!! Ele quer levar nossas crianças, para usar como seu rebanho, vai comer nossa carne, prendam-no antes que ele nos ataque!!

- Isso é mentira, acreditem

O flautista recebe um golpe de Rita na cabeça
Morra, demonio manipulador, por 1 segundo eu te amei

Flautista antes de ser jogado no calabouço grita

- Desgraçados, eu vou ter minha vingança

E assim se cria um demonio, misture: odio, poder e vingança

Notas Finais


Provavelmente teremos outros capitulos, o único que pode dizer se sim ou não é o tempo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...