História Lendas Urbanas (japonêsas) - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Exibições 68
Palavras 834
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Terror e Horror
Avisos: Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas da Autora


BOA NOITE GALERAAAAAAAA

Capítulo 35 - Irashaimasse


Fanfic / Fanfiction Lendas Urbanas (japonêsas) - Capítulo 35 - Irashaimasse

Hoje aqui no Japão, é comemorado o Tanabata Matsuri que é um festival japonês comemorado anualmente no dia 7 de Julho.
*
Originado há 2 mil anos e é conhecido como o Festival das Estrelas. O nome Tanabata é relacionado com a leitura das cartas chinesas, que costumavam ser chamadas de shichiseki.
*
Nas cerimônias xintoístas de purificação, as miko(mulheres que transmitiam as palavras dos deuses) vestiam sobre seus vestidos, um pano especial denominado tanabata, rezando para os deuses pela proteção das plantações de arroz, pela chuva e mais tarde, por uma boa colheita no outono. * Curiosamente, devido à influência da festa chinesa, escreve-se Shichiseki em chinês (七夕) e lê-se Tanabata em japonês (たなばた).
* A lenda de Tanabata consiste na história de amor entre duas estrelas, Orihime (Vega) e Hikoboshi (Altair). *
*
Há muito tempo, morava próximo do rio de estrelas, (Via Láctea) uma princesa chamada Orihime (a Princesa Tecelã), a qual tecia belas roupas mas vivia triste por estar sempre ocupada, sem tempo para se apaixonar.
* O seu pai, o imperador Tenkou (Senhor Celestial), ao ver a tristeza da filha, apresentou-lhe um belo rapaz chamado, Hikoboshi (Pastor de Gado), acreditando ser ele o par ideal para sua filha. Os dois jovens se apaixonaram e a partir desse momento, ambas as vidas giravam apenas em torno do amor, deixando assim de lado seus afazeres e obrigações diárias.
* Entristecido com a irresponsabilidade do casal, o Senhor Celestial decidiu separá-los, obrigando-os a morar em lados opostos da Via-Láctea.
*
Permitiu que se encontrassem apenas uma vez por ano, no sétimo dia do sétimo mês do calendário lunar, desde que cumprissem as suas tarefas diárias.
Assim, todos os anos, nesta data, a partir da foz da Via Láctea, um barqueiro da lua leva Orihime ao encontro do seu amado Hikoboshi.
*
Contudo, caso a princesa não tenha feito o melhor da sua tarefa, o Senhor Celestial fazia com que chovesse, inundando o rio e impedindo que o barqueiro viesse buscá-la. Nestas ocasiões, os Kasasagi (grupo de aves) ajudavam a princesa a cruzar o rio, formando uma ponte de pássaros sobre a Via Láctea.
* O Festival Tanabata celebra a melhoria da sabedoria e capacidades da pessoas. Tal como na China, os japoneses acrescentaram valores específicos para os desejos de Orihime aprimorar suas habilidades e trabalhar duro para que possa encontrar com Hikoboshi. Atualmente, os japoneses escrevem os seus desejos, geralmente para si próprio ou familiares, tais como: aumento do desempenho no trabalho ou nos estudos, sonhos e esperanças para o futuro. Os desejos escritos nas tiras de papéis coloridos chamados TANZAKU são pendurados em bambus, na esperança que os desejos se tornem realidades. Neste dia, as pessoas costumam escrever poemas ou pedidos em tiras de papéis coloridos (tanzaku), que são amarrados em bambus que simbolizam a purificação e são oferecidos às estrelas.
* A tradição diz: “olhe para o céu e escreva o seu pedido” . Se os pedidos forem do fundo do coração, eles serão atendidos pelo casal de estrelas apaixonadas, como uma forma de gratidão pela dádiva recebida.

* *As cores do tanzaku que são aquelas tiras de papeis, se definem em:
* Vermelho - Força e coragem. * Verde – Esperança.
* Amarelo – Prosperidade.
* Branco – Paz.
* Preto - Esforço e concentração.
* * “A lenda diz que todos os desejos depositados nos papéis, são atendidos no momento mágico do encontro entre Orihime e Hikoboshi.” * Além dos tanzaku, existem outros enfeites feitos de origami, os quais possuem, cada qual, seus significados especiais na tradição do Tanabata: * Kamigoromo (quimono de papel) - Simboliza a melhoria dos dotes de costura; * Orizuru (tsuru) - Simboliza a saúde e longevidade para a família; * Hoshikazari (enfeites de estrelas) - Que todos os desejos alcancem as estrelas; * Orihime e Hikoboshi - Que o amor dure eternamente; * Tanzaku (tiras de papéis retangulares) - Que os desejos se realizem e ocorram melhorias na caligrafia; * Fukinagashi (fios) - Simboliza os fios da tecelagem da Orihime; * Hishikazari (pontes) - Simboliza a ponte da Via Láctea; * Ami (rede) - Que tenha sucesso na pesca e fartura na suas mesas; * Kaikazari (enfeites de conchas)- Que receba as farturas do mar; * Kuzukago (cesto de lixo) - Simboliza a limpeza. * Existe também uma canção tradicional de Tanabata, que é cantada pelas crianças durante as festividades:
* “Sasa no ha sara-sara Nokiba ni yureru Ohoshi-sama kira-kira Kin Gin sunago”.
* A tradução da canção é algo como:
*
*“As folhas de bambu murmuram, balançando as suas pontas. As estrelas brilham, como grão de areia de ouro e prata.”
* Em alguns lugares, são acesas lanternas que, após o festival, são jogadas nos rios. São rituais para garantir uma colheita farta, e cultos em memória aos ancestrais. Por fim, ao término da festividade, os ramos de bambus com enfeites e tanzaku, são queimados e assim, mandados para as estrelas. Apesar de ser uma festa famosa, aqui não é feriado nacional


Notas Finais


Meu carinho especial a todos vcs que sempre estão aqui me visitando e comentando.

Agradeço muito as mensagens carinhosas de todos vocês!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...