História Let Her Go - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~GabbieMartinez

Exibições 16
Palavras 650
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


espero que gostem muito! recomendem para os seus amigos! <3

Capítulo 1 - Primeiro Episódio


Fanfic / Fanfiction Let Her Go - Capítulo 1 - Primeiro Episódio

Ariana Narrando:

Era o meu primeiro dia em Chicago e eu estava super animada. Mas ao mesmo tempo estava com medo, de não ser aceita, de não fazer amigos, estava com medo das pessoas, porque eu não conhecia ninguém, era tudo mais facil em Boston, com meus amigos, e sem todo esse mimimi. Eu estava um pouco nervosa. Comecei a andar de um lado para o outro.
            Logo me acalmei e decidi me arrumar e esquecer essa pressão do "primeiro dia na escola nova". Coloquei um vestido branco curto de mangas longas, um coturno preto e fiz um coque. peguei minha bolsa e desci as escadas correndo. Dei "bom dia" ao meu pai, peguei meu celular e fui andando até a escola escutando música, o caminho não era tão longo, mas deu pra ter uma boa visão do que seria o meu destino todos os dias. A escola, apesar de moderna era rodeada por flores, e tinha um jardim maravilhoso, com uma árvore grande e balanços. Isso era só o começo, a escola era imensa, e no fundo tinha um campus enorme. Onde os alunos estudavam, escutavam música, dançavam, papeavam e enfim...faziam tudo. Era tudo rodeado de mesas mas tinha um campo livre.
            Eu andava livre, viajando em meus pensamentos até que bati em uma garota, ela logo foi reclamando e se achando, e a garota que a acompanhava só fazia sinais. Peguei os materiais dela no chão, por uma questão de educação, e na contracapa de seu caderno estava escrito "Tay e Jus", com uns corações. E na capa, bem pequeno estava escrito "Taylor". Pude então, deduzir que esse era o seu nome. A menina tomou o caderno de mim, e a garota ao seu lado começou a fazer caras e bocas. Taylor fez um "basta" com a mão e falou "Vamos Selena".
            Ainda andando pelo campus, eu esbarrei em um garoto, mas nada caiu. Ele foi gentil, e envergonhado, começou a puxar assunto.

            Xxx: Bom, me desculpe, eu me chamo Justin, mas me chame de Jus. E você é?
            Eu: Me chamo Ariana, mas me chame de Ari. Espera...Jus? Você deve ser o namorado de Taylor...
            Jus: Taylor? Como assim? Por que acha isso?
            Eu: No caderno dela estava escrito "Tay e Jus", com corações e desenhos.
            Jus: Aquela garota é fascinada por mim desde o jardim de infância, ela é maluca. Isso que você viu foi um fiasco. Teve uma vez em que ela cortou varias partes do meu cabelo, quando ele ainda era grande, e vez um boneco, com o mesmo perfume, mesma aparência e que usava a mesma roupa que eu todos os dias. - eu fiz uma cara de surpresa - Essa garota me persegue.

Eu e ele ficamos conversamos até que o sinal tocasse, e descobri que tinhamos a mesma idade, ou seja, ou iriamos estudar na mesma sala ou então, eu na sala A e ele na sala B, e vice-versa. Ele era legal, divertido, engraçado e também muito bonito.
              O sinal tocou e fomos para a mesma sala, ele perguntou se eu queria sentar na frente dele e eu disse que sim. Trocamos bilhetes a aula inteira, até que tocasse o sinal de troca de horários. E de repente uma professora super animada entrou na classe. Era aula de quimica.

              Jus: Não sei se vamos ser bons parceiros na aula, mas eu sei que quimica a gente tem. - eu corei.

Na hora eu me senti como um pimentão, ele sorriu e eu apenas virei a cabeça, prestando atenção no que a professora dizia. Ele era incrivel, tão incrivel que me deixava envergonhada, eu nem sabia mais onde esconder meu rosto. Depois de alguns minutos aquela situação constrangedora foi deixando de existir e eu acabei me divertindo com ele na aula e aprendendo muita coisa que não sabia, ele era bom em química, ele era inteligente, em tudo, ele era incrível.


Notas Finais


Foi até rápido, continuem acompanhando. O que será que vai acontecer?

~panda


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...