História Let In Me - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Ficcção Adolescente, Romance
Exibições 9
Palavras 1.641
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 17 - 17


Abro meus olhos e entro em desespero, onde estão meus amigos ? Vejo que Rafa também está acordado e tento andar em sua direção, ele percebe que estou fazendo força e vem ao meu encontro.

-Rafa. Digo

-Sum? Você está com dor ?.

-Sim, meu braço e cortei minha perna, e você ?.

-Minhas costas doem.

-Aonde estão os outros?.

-Mia e Ethan ficaram presos dentro do carro, mas não sei onde está Zoe. Ele diz chorando.

-Vai ajudar eles, vou procurar Zoe. Digo.

-Ok. Rafa tira Mia e Ethan de dentro do carro, encontro Zoe ao lado de uma árvore desacordada, chamo por ela mas não tenho resposta.

-RAFA, RAFA. Grito.

-O QUE FOI ?.

-ACHEI ZOE, MAS ELA NÃO ACORDA.

-COMO NÃO ?.

-NÃO SEI, EU NÃO SEI. Começo a chorar

-Fica calma. Escuto barulho da ambulância, e o enfermeiro me coloca na maca, perguntando meu nome.

-Qual e seu nome?. Ele pergunta.

-Summer Peterson. Digo.

-Está sentindo muita dor?.

-Não, eu só quero saber como estão meus amigos.

-Fique calma, quando chegarmos no hospital você verá eles. Estou entrando na ambulância e aos poucos sinto meus olhos se fechando por causa do soro.

                                                                      P.O.V Rafa 

Estou dentro da ambulância com Zoe, ela está com soro caso acorde, preciso avisar nossa mãe, resolvo ligar e avisar. 

Ligação On

-Mãe?. Falo com a voz tremula.

-Rafa? O que foi ?.

-Mãe a gente sofreu um acidente voltando pra casa, estamos indo para o hospital.

-Como assim Rafael ? Fique com sua irmã, estou indo aí. Minha mãe fala com a voz embargada e desliga.

Ligação Off

Eu estou fudido, penso, chegamos ao hospital, a porta se abre, tiram Zoe e a levam pela entrada de emergência.

-Você não pode entrar, terá que ficar aqui fora e esperar até que o médico venha.

-Eu sou irmão dela, tenho que entrar.

-Não pode entrar eu já disse rapaz. Sento em um dos bancos do corredor e vejo Summer em uma sala de espera com uma enfermeira,resolvo ir até ela.

-Como você está?. Pergunto.

-Estou com um pouco de dor, e vou dar uns pontos na perna, mas e a Zoe e os outros?. Ela pergunta.

-Zoe ainda não acordou, estou preocupado com ela.

-Ela irá ficar bem Rafa. Vejo incertezas nos olhos de Summer, ela não está falando com tanta segurança.

-Avisei nossa mãe, ela disse que já está vindo, vou ficar melhor quando ela chegar. Digo.

-Sim, fique calmo. Em seguida Ethan entra na sala de observação, está com soro, ele não se machucou, só está com dores musculares devido ao acidente.

-Onde está Mia?. Pergunta Summer.

-Ela está na sala de emergência. Ele fala já chorando.

-Porque? Como assim ?.

-Ela não está sentindo a parte de baixo do corpo. Summer começa a chorar, está nervosa, coloco a mão em sua perna tentando acalma-la, eram seis e quarenta e dois, minha mãe chega no hospital.

-Rafa, onde está sua irmã ?. 

-Ela está na emergência e não me deixaram entrar.

-Porque não ?.

-O médico queria ver ela, e até agora ele não voltou, ela não tinha acordado ainda. Digo.

-Vou falar com alguém, você está bem ?.

-Sim, estou bem, só quero ver Zoe. Nesse instante o médico aparece.

-Senhor Pride?.

-Sim, sou eu, onde está minha irmã?.

-Ela ainda não acordou, temos que esperar 24 horas, pode ter se assustado com a queda e estar em estado de choque. Minha mãe está nervosa.

-Preciso ver minha filha,por favor me deixe entrar.

-Desculpe mas não posso, terão que esperar.

-Onde está Mia?. Pergunta Summer.

-Ela deu entrada agora em uma cirurgia ela acabou quebrando a perna, e foi fratura exposta. Vejo Summer colocar a mão na boca.

                                                              P.O.V Summer

Meus amigos, estão feridos, porque não comigo? Não queria que nada disso tivesse acontecido,preciso avisar meu pai.

Ligação On

-Papai?. Digo chorando.

-Sum, o que aconteceu ?. 

-Sofremos um acidente, estamos no hospital.

-Como isso foi acontecer ?.

-Apenas aconteceu.

-Estou indo agora mesmo para Ann Arbor. Ele desliga antes que eu possa dizer mais alguma coisa, quero ver Zoe, quero ver Mia, mas não posso, vejo a enfermeira começar a dar pontos em minha perna, está doendo um pouco, mas minha maior preocupação são Zoe e Mia. Meu pai chega 4 horas depois, a enfermeira já tinha terminado de dar pontos e me deu alguns comprimidos para dor, eu ainda estava no soro, pois estava fraca.

-Sum, meu bem, como está ?.

-Estou bem pai, mas Zoe e Mia estão lá dentro e não podemos entrar. Começo a chorar, e vejo meu pai cumprimentar a  mãe de Zoe, não sei de Mia ou Ethan avisaram seus pais, mas depois a gente vê isso, alguns minutos depois vejo Zack entrar com Sophie, Chloe e Callum, eles estão bem graças a Deus, Sophie me abraça, Callum está com um olhar meio assustado, e Zack está meio confuso com toda a situação, Chloe apenas observa, Rafa fala com Zack e ouço ele dizendo pra Zack levar eles embora, e voltar para o hospital depois, Zack concorda, passa por mim e solta um sorriso gentil, ele está preocupado, vejo Zack desaparecer no corredor com os outros.

-Summer, como isso foi acontecer ?. Meu pai pergunta.

-O rafa perdeu o controle do carro papai. Minto,eu estava falando a verdade mas sem dizer que Rafa estava sofre efeito do álcool.

-Fico feliz que está bem, vamos pra casa.

-Não, eu não vou, vou ficar aqui até Zoe acordar e até Mia sair da cirurgia.

-Sum, não vai fazer bem voce ficar aqui, não pode fazer nada mesmo, e daí ? ELAS SÃO MINHAS AMIGAS, SÃO MINHA FAMÍLIA TAMBÉM, NÃO SE FALA MAIS NISSO. Ele me encara e por fim acaba concordando, o médico volta algumas horas depois dizendo que Mia está bem e que a cirurgia correu super bem, fico feliz agora só resta Zoe acordar, acabo adormecendo no colo do meu pai.

                                                                24 horas depois...... 

Acordo com esperanças de que Zoe esteja bem, nada ainda do médico aparecer na sala de espera, esperamos o dia todo e no começo da noite o Dr. Felipe vem ao nosso encontro.

-Senhorita Pride?. A mãe de Zoe levanta.

-Sim, sou eu, como está minha filha?. Ela pergunta.

-Lamento muito, mas ela não acordou, está totalmente em coma, estamos aplicando remédios na veia, pode está com dor, e ela cortou a testa, fizemos o curativo mas mesmo assim ela não responde, está respirando com ajuda de aparelhos e não sabemos por quanto tempo ficará assim, eu sinto muito. A mãe de Zoe começa a chorar, Rafa da um soco na parede e olha pra mim.

-Não, não, não,não, ISSO NÃO PODIA TER ACONTECIDO COM ELA, NÃO COM  ELA, DEVERIA TER ACONTECIDO COMIGO EU QUE TENHO CULPA. Vou até Rafa e abraço ele, ele está chorando muito.

-Ei não se culpe, você sabe que quando é pra acontecer, acontece.

-Talvez se eu não tivesse bebido, talvez se a gente não tivesse saído de novo, você era a única mais sóbria no carro, porque não me repreendeu Sum?.

-Rafa eu achei que você estivesse bem pra dirigir, você me disse que estava bem.

-Eu sei, não deveria estar te culpando.

-Rafa se acalme, por favor. Ele volta a chorar, eu só queria que todo mundo estivesse bem, O Dr Felipe ainda está na sala, pergunto se posso entrar ele me da permissão, peço pra Ethan ir comigo, entramos na sala de Mia, ela está acordada, e chora ao me ver com Ethan.

-Estava preocupada com você amiga. Digo a Mia.

-Digo o mesmo, onde está Zoe ?. Ela pergunta, começo a chorar.

-Ela está em coma Mia,ela não acordou.

-Não Sum, não pode ser, Sum diz que é mentira por favor não. Ethan abraça Mia e fala no ouvido dela que é verdade, Mia está chorando muito, e não pode ficar passando nervoso.

-Vai dar tudo certo, eu to aqui com você meu amor. Diz Ethan a Mia.

-Eu sei que está e fico feliz por isso, feliz que vocês não tenham se machucando tanto, mas a Zoe ela e minha melhor amiga, queria ela aqui com a gente.

-Vai dar tudo certo, eu amo você. Ethan diz pra Mia e da um beijo em sua testa.

-Vou no quarto de Zoe, quer ir comigo ou vai ficar aqui com Mia ?. Pergunto para Ethan.

-Se não se incomoda ainda não estou pronto para ver ela, me desculpe Sum, mas ainda estou tentando entender toda situação.

-Tudo bem, eu vou e quando voltar a gente saí, ok?.

-Ok.

Vou até a sala onde Zoe está, ela esta com um curativo na testa, e com aparelhos para resfriar, eu só queria ter minha amiga de volta aqui de pé comigo.

-Se eu não tivesse chamado seu irmão para vir embora, estaríamos em casa todos bem, me perdoa amiga, me perdoa, você e Mia só estão machucadas por minha culpa, MINHA CULPA. Começo a chorar,saio da sala e vou até Mia.

-Vamos embora Ethan?.

-Vamos.

-Pedi pro meu pai avisar sua mãe, ela já está vindo.

-Tudo bem, obrigada amiga. Diz Mia.

-Magina Mia. Me despeço de Mia e saio da sala, fico no corredor esperando Ethan, uns minutos depois ele saí.

-Vamos embora..



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...