História Let In Me - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Ficcção Adolescente, Romance
Exibições 8
Palavras 1.103
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 18 - 18


Estou no carro voltando para Washington, meu pai está quieto, está tudo completamente calmo, mas eu só queria que meus amigos estivessem aqui, se eu não tivesse chamado o Rafa já estaríamos em casa todos estariam bem.

-Filha. Sou tirada de meus pensamentos pelo meu pai.

-Oi. Digo.

-Você não pode ficar assim.

-Assim como?. Pergunto.

-Se culpando, chorando, você não tem culpa de nada, aconteceu porque tinha que acontecer.

-Não, se eu não tivesse chamado o irmão da Zoe, todos poderiam estar aqui agora. Falo chorando.

-Sum, a culpa não e sua, pare de se culpar. Ele diz me fazendo cafuné.

-Não quero falar mais nisso, me deixa quieta por favor. Retruco, coloco meus pés em cima do banco, e encosto minha cabeça no banco fico olhando para fora, as linhas da estrada passando rapidamente sobre meus olhos acabo adormecendo.

Estou dentro do carro, tudo estava animado, todos felizes, de repente tudo para, as risadas se transformam em gritos de socorro e tudo começa a girar, girar, girar, MEUS AMIGOS AONDE ELES ESTÃO? - ZOE? MIA? ETHAN? ONDE ESTÃO VOCÊS ?.

-Summer? Summer? Acorde, você está bem, eu estou aqui, Sum abra os olhos. Meu pai me da alguns chacoalhadas.

-E- eu estou bem. Digo.

-Chegamos em casa, você estava sonhando, estava se debatendo, você está segura, está em casa, venha vamos entrar. Desço do carro, e entro em casa,subo para o meu quarto, vou para o banheiro tiro minha roupa, ligo o chuveiro e sento debaixo, logo estava chorando,tudo o que aconteceu e minha culpa, eu não deveria ter chamado o Rafa, não deveria ter dito para virmos embora, poderíamos estar na casa de Rafa dormindo, Zoe e Mia poderiam estar bem, e felizes,levanto e pego a gilete, me olho no espelho, meus olhos estão borrados, volto para o boxe do chuveiro, me sento novamente no chão, começo a me cortar.

-BABACA,IDIOTA, ABANDONADA, LIXO. Começo a gritar para mim mesma. - SE OLHE NO ESPELHO, VOCÊ E TOTALMENTE A CULPADA POR TUDO, PORQUE NÃO SOME DE UMA VEZ ? Olho para os meus braços e estou completamente machucada, fico mais um tempo debaixo do chuveiro, saio e me enrolo na toalha, abro a gaveta para pegar o pijama, olho em meus braços e estão sangrando ainda, estendo a toalha no banheiro, e deito em minha cama, fico pensando em Zoe e Mia, queria ter ficado lá no hospital com elas.

Risadas, estávamos todos felizes.

-Rafa, vá com calma. Diz Zoe.

-AAh Zoe, e só uma brincadeira. Diz Rafa, a música estava alta, muito alta, minutos depois tudo para só escuto gritos,onde estão meus amigos? Começo a gritar por eles, mas ninguém responde.

-NAAAAAAAAAAO. Grito,logo percebo que estou no meu quarto, olho no relógio são 3 horas da manhã, minha boca está seca, desço até a cozinha, vou até o armário e pego um copo, abro a geladeira e coloco água,bebo dois copos de água, perdi o sono, subo até meu quarto pego meu celular, e desço novamente, ligo a TV em qualquer canal, começo a olhar meu celular pra ver se tinha alguma mensagem de Rafa, não tinha nada, mas tinha um e-mail de John..... Ah John o outro grande problema em minha vida.

De: John LefL

Assunto: Final de semana

Data: 14.03.2015

Hora: 21:30

Para: Summer Peterson

Sei que não e da minha conta, mas o que está fazendo na casa do irmão da sua amiga? Espero que esteja segura, tome analgésicos para sua ressaca, espero que acorde bem, te vejo na segunda, beijo nessa sua deliciosa boca rosada.

J

O e-mail me faz rir '' deliciosa boca rosada'', as palavras de John me deixaram um pouco melhor, fico na dúvida se respondo ou não, e resolvo não responder, fico sentada vendo TV não vejo o dia amanhecer, só percebo que está de dia quando meu pai desce as escadas.

-Sum ?. Ele pergunta.

-Perdi o sono porque tive pesadelo não consegui dormir mais, fiquei aqui. Falo.

-Tudo bem, eu preciso ir trabalhar, você pode ficar em casa até se sentir melhor para ir a escola.

-Tudo bem papai, me desculpa por ontem, ter sido grossa e que eu realmente preciso de um tempo pra tentar lidar com a situação.

-Tudo bem eu te entendo, só quero que fique bem, vou deixar as coisas prontas, café, almoço, e quando chegar eu faço o jantar ok ?. Balanço a cabeça positivamente e em seguida o abraço.

-Eu amo você papai.

-Amo você Sum. Ele me aperta e da um beijo em minha testa.

-Preciso me arrumar Sum, prometo tentar chegar em casa o mais cedo possível.

-Não se preocupe irei ficar bem. Meia hora depois meu pai saiu,estava sozinha em casa, tomei café, tomei banho e desci para ver TV, eu estava com saudades das meninas, meu telefone começa a tocar.

Ligação On

-Sum?.

-Oi Ethan.-

-Tudo bem?. Ele pergunta.

-Er, e você ?. Pergunto.

-Eu estou bem melhor agora, tenho uma notícia pra te dar.

-Fala logo Ethan, ta me deixando nervosa.

-A mia volta hoje pra casa Sum. Vejo alegria na voz dele, mas eu queria que a Zoe estivesse voltando também.

-Que bom, melhorou muito meu dia depois dessa notícia, que horas ela chega ?.

-Ela chega as 15:00 Sum.

-OK, vou até a casa dela, assim que ela chegar. Meu celular avisa que tem outra pessoa me ligando.

-Tudo bem, eu vou também, preciso vê-la.

-vou desligar porque tem outra pessoa me ligando.

-OK,até mais tarde.

-Até. Desligo e atendo a outra chamada.

Ligação Off.

Ligação On

-Alo. Digo.

-Oi Sum e a Liv.

-Oi Liv, er, como você está? Aconteceu alguma coisa com a Zoe?. Digo desesperada.

-Não, ela está bem, eu liguei pra avisar que o Rafa está indo ficar com você, ele falou com seu pai e ele concordou em deixar o Rafa ficar uns meses por aí.

-Tudo bem por mim também, aí eu peço pra ele me levar para visitar Zoe, meu pai trabalha e não tem como.

-Sim, ele vai com o carro da mãe dele, fica fácil.

-Posso falar com ela ?.

-Claro vou passar o telefone.

-Oi Sum, querida, como você está ?.

-Estou preocupada com Zoe, mas vou tentando ficar bem, e você ?.

-Estou na mesma querida, Liv já falou sobre o Rafa?.

-Sim, ela já falou, fico feliz que ele venha.

-Bem querida vou entrar para ver Zoe, está no horário de visitas e daí logo o Rafa vai.

-Tudo bem, da um beijo na Zoe por mim. Digo chorando.

-Darei querida pode deixar, vai dar tudo certo. Ela diz com a voz embargada

Ligação Off.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...