História Let It Bleed - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Peças Infernais, Bangtan Boys (BTS), Os Artifícios Das Trevas (The Dark Artifices), Os Instrumentos Mortais
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Emma Carstaris, Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), James "Jem" Carstairs, J-hope, Jimin, Jin, Julian Blackthorn, Jungkook, Lilith, Luke Graymark, Magnus Bane, Maia Roberts, Malcolm Fade, Ragnor Fell, Rap Monster, Sebastian Morgstren, Simon Lewis, Suga, Tessa Gray, V
Exibições 17
Palavras 875
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Fluffy, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Fazia um tempo que eu queria escrever uma história baseada em Instrumentos Mortais então FINALMENTE terminei o primeiro capítulo
Espero que gostem <3

Capítulo 1 - Capítulo 1


▪ O mundo é cego, e tu vens exatamente dele.

- Dante Alighieri  ▪

➵➴➶➷➸➹

A princesa élfica estava montada em um cavalo de pelagem negra, com um arco e flecha em mãos, seus cabelos brancos voando atrás de si e...

- Seu nariz parece uma beringela!- Juliana arriscava furiosamente o seu mais novo desenho, agora a princesa élfica estava escondida atrás de várias linhas do seu mais novo lápis de desenho.

A folha foi arrancada segundos depois e jogada em um lugar qualquer daquele quarto azul, com mais outras cinco bolinhas de papel espalhadas pelo chão.

- Já está pronta, filha? - Juliana guardou seu caderno de desenho em uma bolsa preta, correu pelo quarto pegando outras coisas importantes como livros que sua mãe não tinha deixado levar e escondendo no fundo da bolsa, alguns lápis e um outro caderno da sua coleção incontável para se distrair no avião entre outras coisinhas.

Parou na porta olhando o antigo quarto, agora estava se mundando completamente sozinha para um país do outro lado do oceano e estava animada com isso, com 15 anos já tendo tal responsabilidade, a mesma responsabilidade que deram a ela aquelas tatuagens.

Guardou a estela na bolsa, junto com a lâmina de serafim que era da sua mãe e fechou a porta.

Já na sala sua mãe, Hortência, a olhava com lágrimas nos olhos.

- Pelo amor de Deus , mãe - Ela dizia se segurando para não chorar - Eu não vou morrer, só vou viajar.

- Mas eu não vou mais te ver por muito tempo - Sua mãe a abraçou forte, até a garota perder o ar, completamente.

- A lei é ridícula - Ju murmurou com a cara amarrada, Hortência passou os dedos pelo cabelo da menina que fechou a cara mais ainda.

Odiava que mechiam no seu cabelo daquele jeito, arrumando, como se tivesse que se arrumar para passar 12 horas em um avião.

Sua mãe se importava muito com as aparências, então quando teve suas runas removidas alguns meses atrás procurou todos os tipos de tratamento para tirarem algumas cicatrizes que se mantinham, algumas saíram completamente já outras ela as escondia com maquiagem ou mangas e calças.

- Dura lex sad lex - Sua mãe suspirou enquanto pronunciava as palavras tão bem conhecidas pelo seu povo

- A lei é dura mas é a lei - A mais nova revirava os olhos ao pronunciar as mesmas palavras mas traduzidas arrumando a alça da bolsa no seu ombro descoberto, por sorte tinha uma jaquela por aí.

Mas a lei era realmente ridícula, sua mãe havia perdido das runas simplesmente por não conseguir se adequar mais no mundo das sombras, não gostava de matar demônios, na verdade nunca gostou, depois que teve uma filha passou a odiar ainda mais, ela queria que Juliana deixasse sua parte anjo de lado para ter uma vida nomal, mas sua filha não era assim, gostava de estudar as runas, as histórias por trás de Jonathan Caçador de Sombras, assim como gostava de lutar e treinar.

Então não tinha o que fazer.

Mas a Clave já deixou claro que mundanos e caçadores de sombras não poderiam ter uma ligação, por isso Juliana estava sendo mandada para um novo instituto fora do Brasil.

Na Coréia do Sul, para ser mais específica.

- Vamos, o táxi está te esperando - Hortência suspirou - Vai me ligar certo?

- Você sabe que sim - Juliana pegou a mala e a mochila e foi em direção a porta - Você realmente nem pode me deixar no aeroporto?

- "Você sabe que não" - A mãe de Ju usou o mesmo tom da garota e as duas deram risada - A Clave iria descobrir, então não posso... Você não está levando sua estante de livros inteira né?

-... TCHAU MÃE TE AMO, TE LIGO, TE VEJO DAQUI 12 HORAS POR SKYPE!

➵➴➶➷➸➹

- OUTRA CAÇADORA? - Ao contrário de Ju, ou Lia como também gostava de ser chamada, Hoseok não estava nem um pouco feliz com uma adição no grupo - Qual é Namjoon! Você quer mesmo uma garota correndo e quebrando coisas pelo corredor?

- Hobi ela tem 15 anos... Não 5 - Namjoon suspirou pela décima vez no dia, Hoseok estava insistindo a manhã inteira em expulsar a garota dali - Porque você é tão contra em ter uma menina por aqui?

- Não é por isso! - O mais novo suspirou passando a mão pelos seus cabelos recentemente pretos - Você sabe que eu não curto gente nova...

- Você vai gostar dela... Pode jogar todos os encantos que tem aí dentro desse corpinho magrelo

- Olha quem fala - Hoseok bufou rindo, mesmo sendo um dos mais carrancudos, só perdia para o seu melhor amigo Yoongi, ainda sim era um raio de Sol, mesmo que na maioria das vezes o dia estava nublado, mas era só aprender a conviver com ele e ele acabava se soltando - Vamos ter aula hoje?

- Sim, Hoseok - Antes que o mais novo pudesse contestar Namjoon o interrompeu - Não, você não está doente para faltar a aula e não, não vou mentir pra te ajudar.

Hobi deu de ombros e murmurou

- Pelo menos eu tentei...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...