História Let me fall in love - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Zara Larsson
Tags Justin Bieber, Romance, Zara Larsson
Visualizações 32
Palavras 1.034
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLÁÁÁÁÁ COMO VCS TÃO???
Espero que gostem do cap, bjss até as notas finais.

Capítulo 6 - Chapter Five


Fanfic / Fanfiction Let me fall in love - Capítulo 6 - Chapter Five

                                                                                      Quarta-feira, 12 de junho de 2016, 23pm

-Robert? Esqueceu alguma coisa?

-Não, quer dizer sim (desarranjado)

-E o que foi?

-O que eu esqueci?

Assenti

-Não que eu tenha esquecido é que eu não tive coragem  

O olha confusa

-Eu queria –Pausou

-Queria?

-Te chamar para sair

 -E então aceita?

-E quando seria?

-Quando quiser

-Você estará de plantão na sexta?

-Não, ai meu deus meu plantão

Se desespera ao se lembrar de seu plantão

-Então até sexta (rindo)

-Até

Despido novamente do Dr, acenando e ele da partida em seu carro.

                                                                         {...}

 A semana passou bem rápida, o clube esteve bem movimentado nesses últimos dias, O amigo de Justin foi ontem a aula, já Justin não apareceu nenhum dia, fico me perguntando se é pelo o que aconteceu, ou se é porque ele é ocupado de mais afinal ele é um cantor famoso, eu não sei como me sentiria se o visse novamente, mas eu gostaria de revelo de saber o porquê de tanta grosseria, do porquê de me ignorar por todos esses anos, de não responder nenhuma carta, não dar nenhum sinal, eu queria não ligar, não pensar nele mais é inevitável.

A companhia tocou, fui atender me deparando com

-Robert???

O que ele faz aqui? Marcamos as 20pm ainda faltam 30min  

-Oi

-Oi nossa como voo já é sexta feira

-Voo? Pareceu uma eternidade, não via a hora de te ver.

-Desculpe não quis ser indelicado

Quem pede desculpa por ser bonito e charmoso?

-Eu que me desculpo por não te chamar para entra, entre

-Não estou pronta ainda

-Não eu que me adiantei, queria ver sua avó

-Claro, você já sabe onde fica o quarto

Fui me vestir, cheguei na sala logo após, mas não encontrei ninguém, caminhei até o quarto assim que cheguei pararam o assunto.

-Vamos?

Assenti

-Juízo hein, tenham uma boa noite

-Teremos

-Obrigada

-E onde vamos?

-Você decide

-Nada disso você quem convidou

-Ok então eu escolho dessa vez

-E onde vamos?

-Surpresa

-Não vale, me fala?

-É em um lugar que eu frequentava na época da faculdade

O silêncio permaneceu até chegarmos no tal lugar

Era um bar estava bem movimentado parecia ser bem animado, mas ele é o tipo de cara que parece levar as mulheres para restaurante chic não um bar.

Entramos e sentamos em uma mesa, ela era perto de um pequeno palco.

-Passei a maior vergonha da minha vida nesse palco

-Sério?

-Sim

Comecei a rir

-O que aconteceu?

-Eu estava bêbado e subi lá e comecei a cantar

 

-Bêbados tem coragem para tudo

-Você nem bêbada conseguiria

-Está duvidando de mim? Eu iria até sã

-Duvido

Pov Justin*

DROGAAAAAA

PORRAAAAAA

MERDAAAAAA

AQUELA VADIA

Ela estava comigo não tinha o direito de dá para ele

IDIOTAAAAA, ele sabia que eu estava com ela

Quer saber FODA SE vou para qualquer bar encher a cara até cair, pegar todo mundo.

Vesti um moletom cinza puis a touca dele, entrei no primeiro bar que vê, estava cheio, ótimo ninguém notara minha presença.

Pedi uma dose de whisky, fiquei um tempo bebendo, não sabia se era a bebida criando ilusões ou se era ela, Emily, entrando pela porta com um rapaz, parei de beber e fiquei a observando ela estava ainda mais linda que da última vez, ainda lembro dela no estacionamento chegando sorrindo e saindo chorando.

Sinto uma mão sobre o meu ombro, era uma mulher, ela se sentou ao meu lado puxando assunto, belíssima, paguei a uma bebida, ficamos conversando.

Até que eu ouço aquela voz, aquela doce voz, inconfundível, sinto uma certa paz que não sinto a muito tempo, ela cantava lindamente, partes das letras me faz ter meras lembranças de nossa infância.

Pov Emily *

-Não duvide de mim

Levantei e fui em direção ao palco, gelei, e foi ai que percebi que não deveria ter feito aquilo tinha muita gente, e eles não estavam lá para me ver cantar e sim para beber.

Tinha um homem no teclado eu pedi para ele tocar, estava nervosa, fechei o olho e comecei a cantar.


           Nobody sees, nobody knows

Ninguém vê, ninguém sabe

We are a secret, can't be exposed

Nós somos um segredo, não podemos ser expostos

 That's how it is, that's how it goes

É como isso é, é como isso será

 Far from the others, close to each other

Longe dos outros, perto um do outro

That's when we uncover, cover, cover

É quando nós nos revelamos, revelamos, revelamos

 That's when we uncover, cover, cover

É quando nós nos revelamos, revelamos, revelamos

 My asylum, my asylum is in your arms

Meu refúgio, meu refúgio é em seus

 When the world gives heavy burdens

Quando o mundo traz fardos pesados

I can bear a thousand times

Eu posso suportar umas mil vezes

On your shoulder, on your shoulder

No seu ombro, no seu ombro

 I can reach an endless sky

Eu posso alcançar o céu infinito

 Feels like paradise

Sentir como no paraíso

Put two and to-gether, for-ever will never change

Junte dois mais dois, para sempre nunca irá mudar

 Two and to-gether will never change

Dois mais dois, nunca mudar

 Nobody sees, nobody knows

Ninguém vê, ninguém sabe

We are a secret, can't be exposed

Nós somos um segredo, não podemos ser expostos

 That's how it is, that's how it goes

É como isso é, é como isso será

Far from the others, close to each other

Longe dos outros, perto um do outro

That's when we uncover, cover, cover

É quando nós nos revelamos, revelamos, revelamos

That's when we uncover, cover, cover

 É quando nós nos revelamos, revelamos, revelamos

We could build a universe right here

Nós poderíamos construir um universo aqui

All the world could disappear

O mundo todo poderia desaparecer

Wouldn't notice, wouldn't care We can build a universe right here

Eu não notaria, eu não me importaria nós podemos construir um universo aqui

The world could disappear I just need you near
O mundo poderia desaparecer eu só preciso de você por perto

 

Suspirei e ouvi vários gritos e aplausos, desci do palco, Robert me ajudou a descer os degraus, me puxando para um abraço, que logo se transformou em um beijo quente e molhado.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...