História Let me in - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Jimin, Jungkook
Tags Alfa, Baekyeol, Chanbaek, Hunhan, Jikook, Kaisoo, Kookmin, Namjin, Taoris, Xiuchen
Exibições 501
Palavras 2.183
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura <3

Capítulo 2 - Second Night


Fanfic / Fanfiction Let me in - Capítulo 2 - Second Night

“Meu vício vem de seu aroma adocicado, seu desespero, e o medo visível em teu olhar.”

01:15AM.

O alfa pôs-se em posição de ataque, surpreendendo os dois vampiros.

Este apenas olhou para a lua cheia que brilhava em tons cintilantes, uivando de forma alta e firme, fazendo com que os dois lobos atrás de si uivassem acompanhando-o, com potência.

– Droga. – Cochichou o moreno – Jimin, eles estão chamando os outros, estão chamando a matilha!

– Baek-

– Faça-o. – Olhou para o irmão, vendo mesmo relutar. – Faça-o agora!

Jimin sentiu sua pele já fria, tornar-se gelo puro, conforme usava o máximo de seu dom. Sentia suas unhas tornarem-se gigantescas, dando lugar a garras afiadíssimas. Seus dentes, antes naturais e assemelhantes a de um humano, tornaram-se presas preparadas para estilhaçarem qualquer um que ousasse chegar perto. Seu rosto, antes sem imperfeições e belo, tornou-se rachado em ambos lados. Seus lábios esticaram-se rasgando parte de sua pele com intensidade, expandindo-se em seu rosto.

Este eram os vampiros. Belos e sutis por fora, porém assassinos sem piedade por dentro. Jimin, assim como Baekhyun, não era diferente. Ambos sabiam que suas existências foram feitas para causar a morte, desespero, medo e agonia em suas vítimas.

Por mais que Jimin odiasse ser assim, odiasse ver o sangue de suas vítimas escorrendo, odiasse ver seus batimentos cardíacos antes acelerados, parando aos poucos. Isso apenas motivava Jimin a contrariar sua especie e sua linhagem. Mesmo que isto significasse tomar sangue de bolsas e animais pelo resto de sua vida.

Já Baekhyun era diferente, este aceitava o fato de ser predador, e de certo modo amava todas as coisas da qual Jimin odiava.

Mais lobos se aproximaram, surgindo por entre as árvores, logo abaixo dos irmãos, e todos rosnavam com o ódio igualmente visível.

Um homem aparecerá entre todos os lobos, este cercado de lobos a sua frente, e também atrás de si.

Foi então que os vampiros o reconheceram. Namjoon, o líder da matilha inteira. O lobo negro podia ser líder, mas não da matilha toda, talvez só de uma região.

O homem loiro sorriu sutil para os irmãos, lançando um olhar para cada lobo a sua volta, como se conversasse mentalmente com todos.

Logo este levantou uma das mãos fazendo com que todos os lobos em sua volta recuassem, e apenas dois um de cada lado, o acompanhasse. Estes já conhecidos, o lobo negro e o lobo branco.

– Vejo vocês dois. – Disse sorrindo de forma simples, mas Baekhyun sabia que este no fundo era ameaçador. – Oque fazem em minha terra? Sabem que esta é a propriedade dos lobos, e que nenhum de sua espécie jamais ousará atravessar nossos caminhos.

– Estávamos de passagem, deixem-nos ir, e dou minha palavra de que jamais nos verão novamente. – Disse Baekhyun, segurando nas mãos do irmão que se mantinha em pose de ataque.

Todos os lobos rosnaram, mas fora um rosno diferente, como se rissem da situação, ou caçoassem a situação. Mesmo que não aparente, Baekhyun sentia isso. Estes eram assustadores demais para serem vistos de outra forma, a não ser a defensora.

– Creio que isto não sera possível, senhor Byun Baekhyu, e Byun Jimin.

– Como sabe nossos nomes? – Perguntou Jimin, levantando o olhar.

– Nós sabemos tudo sobre vocês, talvez mais do que vocês próprios.

– Nós também sabemos sobre vocês. – Desafiou Baekhyun. – E sabemos sobre suas fraquezas.

– Ora, parece que estamos quites, não é mesmo? – Riu achando a situação engraçada, e logo fechando a expressão, dando espaço a uma mais séria.

Olhou para os lobos a sua volta, se comunicando novamente. E por mais que os irmãos quisessem ouvir a conversa, ambos não podiam ler os pesamentos dos lobos, a não ser que estes o convidem ou aceitem o convite dos vampiros.

– Certo, foi um prazer conhecê-los, Byun Baekhyun e Byun Jimin. Iremos nos reencontrar em breve. Talvez mais breve do que vocês imaginem. – Sorriu de forma não muito amistosa, deixando soar como um aviso. Logo saindo acompanhado de sete lobos, um de cada lado. Ambos enormes.

Mas os três lobos que foram os primeiros a vê-los continuavam ali, em conjunto com mais quinze lobos, todos cercando a árvore, mas o três estavam um passo a frente, como se fossem superiores a estes.

“Park, acabe com eles.” – Disse um dos lobos direcionando o olhar ao lobo negro, mais conhecido como alfa, e Baekhyun foi capaz de ouvir, já que este parecia ser novato em se expressar por pensamentos.

Descuidado – Pensou Baekhyun.

“Jungkook, tente não estragar tudo dessa vez, Namjoon está contando com você, já que sempre você se exaltou nisso.” – Dessa vez Jimin que ouviu o mesmo lobo dizendo, direcionando seu olhar ao lobo branco.

“E Kai, cuide de Jungkook, certifique-se de que este não faça nenhuma merda, e arranque as pernas daquele sangue suga magricelo.” – Olhou para Baekhyun, vendo o mesmo esboçar um semblante furioso, não era o momento para rir, mas Jimin acabou por se render rindo soprado, e logo voltando a realidade ao ver, um dos lobos atrás dos três, pular em direção a árvore de forma extremamente alta, quase alcançando os irmãos.

Jimin segurou-se de forma mais precisa no galho, vendo o irmão pular para o outro.

– Jimin! – Gritou e o outro o seguiu.

[…]

Quanto mais galhos pulavam, mais lobos se aproximavam de ambos, pois mais dentro da floresta ficavam, e mais profundo era o território.

Os lobo negro haviam sumido, Jimin e Baekhyun haviam pulado tantos galhos, que acabaram por perdê-los de vista.

Em um piscar de olhos o lobo branco pareceu irritar-se, chocando-se contra a árvore com força, fazendo com que Baekhyun e Jimin quase caíssem.

O lobo em tons de mel, logo se juntou ajudando o outro, e logo vários lobos cercavam a mesma árvore.

Baekhyun pensou em pular, mas estava cercado, agora haviam mais de trinta lobos. Todos cercando as árvores ao redores dos vampiros.

Um lobo resolveu pular e tentar abocanhar a perna de Baekhyun, que foi mais rápido e chutou o rosto do lobo, vendo o mesmo choramingar em dor, e voar com brutalidade batendo as costas contra outra árvore próxima.

Outros lobos pularam, uns de cada lado. Outro tentou arranhar Jimin, que pulou ágil desviando.

Desta vez, o lobo branco também sumiu, Jimin olhou em volta impaciente a procura do mesmo, mas tudo que viu foi mais lobos se aproximarem, e mais lobos tentarem alcançá-los.

Jimin ouviu passos se aproximando, sentiu duas presenças. Mas antes mesmo de pensar em avisar o irmão, o mesmo fora prensado contra o galho da árvore.

Baekhyun foi prensado por um garoto tão alto quanto si, com os olhos ferozes e uma expressão fria. Este tinha os cabelos tingidos em um vermelho escuro, suas vestes eram pretas, e sua expressão ameaçadora.

E em um piscar de olhos o maior apertava o pescoço de Baekhyun com força, o obrigando a retirar seus pés do chão, já que a força imposta nos braços musculosos do maior eram demasiadas extremas.

Rachaduras iam se formando pela pele pálida do loiro, e isso fez o maior sorrir de canto com uma expressão ainda mais fria.

Jimin já iria enfiar suas garras nas costas do maior, mas fora empurrado com brutalidade, por um garoto pouca coisa mais alto que si, de cabelos morenos que parecia indiferente. Ainda sim com ódio, mas não tanto quanto o de cabelos vermelhos.

Este lhe empurrou, fazendo com que apenas o galho que segurava com firmeza, não o fizesse cair, com vários lobos abaixo de si, que agora pulavam cada vez mais alto para alcançar Jimin, que tentava se reerguer.

Jimin segurava o galho com as duas mãos, rezando para não cair.

E a essa altura, este pedia socorro em silêncio, rendido ao desespero.

– Me solte, cão! – Gritou Baekhyun se debatendo, e isso fez com que o maior apertasse ainda mais seu pescoço, fazendo mais rachaduras formarem-se por seu rosto.

Vampiros não obtêm sangue circulando em suas veias, muito menos um coração batendo em seus peitos. Estes são frios e imortais, já os lobos obtêm a temperatura elevada, dez vezes mais quente que um humano, sangue percorrendo em suas veias, e um coração. Algo que os vampiros invejam. Porém o sangue de um lobo, jamais será bom como o de um humano. O sangue de um lobo pode corroer o organismo de um vampiro por inteiro.

Baekhyun, sentiu sua boca rasgar e se expandir, fazendo com que suas presas aparecessem, e suas garras afiadas também. Perfurou o estômago do ruivo a sua frente, vendo-o cuspir uma bela tonelada de sangue, e recuar para trás soltando o pescoço do menor.

– Chanyeol! – O moreno que ameaçava pisar nos dedos de Jimin, para que este soltasse o galho e caísse, correu rosnando alto, com a intenção de atacar Baekhyun, e atacaria se Chanyeol não tivesse feito um sinal com as mãos para que este retornasse com o que fazia.

– Cuide daquele garoto, Jungkook. Eu cuido deste. – Ordenou, fuzilando o loiro com o olhar.

– Não, fique longe dele! – Gritou com desespero Baekhyun, tentando correr em direção ao irmão, recebendo um empurrão de Park que agora parecia dez vez mais disposto a matá-lo.

– Aonde pensa que vai, demônio!? – Segurou o loiro pela camisa, sacudindo-o com força – Me responda!

– Salvar meu irmão! – Se debateu, recebendo uma mordida no ombro coberto pela blusa. Baekhyun gritou agoniando em dor, e puro desespero. Sentindo cada membro de seu corpo tensionar e corroer. Chanyeol havia arrancado fora um pedaço em carne do ombro de Baekhyun. Oque o fez deslizar de dor pela árvore.

Baekhyun foi sentindo sua visão ficar turva, mas este não se renderia com facilidade. Mesmo com a mordida de um lobo, não se renderia.

Jimin se desesperava, tentando a todo custo levantar-se. Mas Jungkook fora mais rápido, ameaçando pisar nos dedos do imortal.

Baekhyun tentava se levantar porém todas suas tentativas foram em vão.

Estava fraco demais, estava machucado demais, e estava cansado demais.

Chanyeol riu de escárnio.

– Desistiu? – Riu – Era oque se esperar de um vampiro fraco como você. – Praticamente cuspiu as palavras. – Levante-se e lute.

Baekhyun levantou-se cambaleando quase caindo da árvore, segurando com uma mão livre o ombro com uma cratera. Olhando ferozmente para Chanyeol, com as presas já para fora de sua boca.

E antes mesmo de Chanyeol dizer mais qualquer coisa, Baekhyun avançou em sua direção, Chanyeol desviou de primeira, mas na segunda vez Baekhyun fora mais rápido, e perfurou Chanyeol na perna desta vez, quando este recuou, foi a deixa para perfurá-lo na outra perna. Chanyeol ajoelhou-se, rosnando baixo. E quando Baekhyun estará pronto para perfurá-lo mais uma vez, Chanyeol saltou com as calças rasgadas e ensanguentadas nas coxas, e com a rapidez de um vampiro, pôs-se a retornar do lado de Baekhyun, o jogando com força contra uma árvore abaixo da que estavam.

Baekhyun havia caído, e Chanyeol estará pronto para matá-lo.

Jungkook observou Jimin por míseros segundos, este que olhou diretamente nos olhos de Jungkook fazendo suas pupilas dilatarem.

– Você não quer me derrubar. – Disse com firmeza, Jimin sabia que hipnose não funcionava com lobos, mas vampiros de gerações passadas eram capazes de executá-lo. Assim como Yifan e Tao. E desde então o ruivo vem treinando com os híbridos, empregados da casa. Não é a mesma coisa, mas ainda assim ajudava.

E o que Jimin não esperava aconteceu, Jungkook recuou para trás, com o olhar congelado em si. Como se obedecesse cada palavra de Jimin.

Sabia que não iria durar muito, mas também sabia que se tivera surgido efeito, seria porque provavelmente o lobo era recém transformado.

Talvez a uns três anos atrás. – Pensou.

– Me tire daqui! – Ordenou com desespero, já que Jungkook poderia retomar a consciência a qualquer segundo.

Jungkook se ajoelhou no galho da árvore, estendendo a mão para Jimin, este que rapidamente tentou alcançar a mão de Jungkook.

Quando as mãos iam se apertar, Jungkook balançou a cabeça negativamente com um sorriso de canto, totalmente galanteador e debochado ao mesmo tempo.

– Pensa que pode me hipnotizar, demônio? – Riu – Não sou humano.

Agora Jimin entendia o sentido da frase “Jungkook, tente não estragar tudo dessa vez, Namjoon está contando com você, já que sempre você se exaltou nisso.”

Jimin tentou pular, preparando-se para ir para outra árvore, porém quando preparado para pular, Jungkook pulou com força no galho o qual Jimin segurava, fazendo-o partir-se em um ato rápido.

Jimin havia caído, e ao seu redor vários lobos rosnavam. Jungkook pousava de forma suave ao seu lado, com um sorriso de canto, e com os olhos esboçando sua forma predadora.

Este deu um pulo, e em ato rápido, as vestes do moreno rasgaram-se virando trapos, caindo assim sobre a terra. Toda sua pele transformou-se em um pelo liso e esbranquiçado, seu tamanho amentou, e seu nariz deu-se encontro a um focinho enorme. Seus lábios antes semelhantes a de um mero humano, expandiram-se assustadoramente, dando lugar a uma boca ameaçadora com caninos gigantes e afiados.

Seus antes braços e pernas, tornaram-se patas gigantes e potentes. As orelhas gigantes pareciam atentas a qualquer movimentação do mesmo.

Assim como rabo gigantesco, que também se fez presente.

Jimin nunca havia visto um lobo se transformar em sua frente. Era incrível e belo, porém assustador.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...