História Let Me Love U - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, G-Friend, Got7
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Eunha, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Mark, Rap Monster, Sehun, SinB, Sowon, Suga, V, Yerin, Yugyeom, Yuju
Tags Bts, Colegial, Drama, Romance
Exibições 73
Palavras 3.008
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiii gente!!! Primeiro, quero me desculpar por não postar ontem! Eu tinha muito trabalho da escola, e eu tinha que gravar várias coisas, mas enfim, tá mais um capítulo pra vcs >.<
Espero q gostem :3

Capítulo 10 - Você me quer?


Fanfic / Fanfiction Let Me Love U - Capítulo 10 - Você me quer?

POV Rose

               - Obrigada, Kook. - Dou um sorriso e lhe dou uma selinho rápido. Ele cora e bota a minha franja para trás da minha orelha, de um modo muito fofo. Coro na hora e abaixo a cabeça, com um sorriso fofo. Ele levanta minha cabeça lentamente. Meus olhos se fixam nos dele. Ele me encara com seus olhos calmos e serenos. Seu olhar para na minha boca e ele se aproxima e me beija, lentamente. Fecho meus olhos por instinto e ele leva suas mãos até meu rosto delicadamente, fazendo carinho nele. Solto um leve suspiro e coloco minha mão direita em sua nuca, puxando um pouco dos fios do seu cabelo, fazendo que apronfunde mais o beijo. Sinto sua língua macia entrando lentamente na minha boca e na hora, esqueço de tudo. Do Tae, Yoongi, Jimin, Lisa... Agora é só ele e eu. Kook vai subindo em cima de mim, fazendo que eu me deite na cama, meio desajeitada. Nosso beijo calmo, agora está mais para selvagem e excitante. Os beijos de Kook foram descendo até meu pescoço fazendo eu arfar seu nome.

               - K-kookie... - gemi seu nome baixinho fazendo que sinto seu membro ficar exitado, enquanto ele está em cima de mim. Mordo meu lábio para não gemer de novo quando ele beija meu seio em cima da mimha blusa.

                - Eu estava louco pra tirar essa blusa suada de você... - Ele diz rouco fazendo que eu sinto uma inquietação... Lá embaixo. Estico meus braços para cima facilitando que ele tire minha blusa. Suas mãos arrancam brutalmente a minha blusa e ele a joga para o outro lado. - Rose... - Ele me chama e eu olho. Ele para de beijar e senta. O que aconteceu? Eu fiz algo se errado? Fico envergonhada e me sento, observando Jung brincar com seus dedos em silêncio. - Antes que você pense alguma coisa. Eu quero Rose. E quero muito. Mas não agora. Não é porque você gosta do Tae e do Suga também. Mas, eu acho que nós devíamos esperar um tempo... - Ele diz e olha para mim. Dou um sorriso e passo minhas mãos nos seus cabelos bagunçado, e os ajeito um pouco.

                  - Kook, tá tudo bem! Eu quero muito também e eu posso esperar... Não se preocupe, eu não vou te deixar por causa de sexo! - Dou um sorriso sincero e ele resmunga algo baixo. - O que foi?

                  - Eu sou virgem Rose... Por isso eu não quero transar com você agora. Eu sou muito inexperiente nisso, e eu acho que eu deveria aprender algo sobre sexo e depois fazer, não é? - Ele fala quase sussurando. Porque ele está com vergonha? Todos já foram virgens uma vez na vida! Todos, até mesmo o V. Seguro sua mão e ele olha pra mim.

                    - Jungkook! Não fique assim! Todos nós já fomos virgens. Você não tem que se culpar por isso. Você só está esperando a pessoa certa. Porque pra você é especial né? - Dou uma risadinha e percebo que seus olhos brilham. Acho que ninguém nunca disse isso pra ele. - Eu esperava a pessoa certa Kook. Mas acho que não deu muito certo... - Dou um sorriso e o cora.

                      - A-acho melhor você vestir a sua blusa, ou vai rolar sem mesmo eu ter experiência hein! - Ele diz gargalhando mas de um jeito malicioso.

                      - Calma menino! Tá muito pervetido. - Sorrio pra ele e me levanto pra pegar minha blusa no chão. Boto ela e ajeito a mesma.

                     - Só sou com você... - Ele morde o lábio tentando parecer sensual, me causando uma risada alta. Alguém bate na porta do quarto e abre.

                    - Parece que vocês estão se divertindo - minha mãe diz pervertida como sempre.

                    - Só estamos rindo e conversando. - Koon diz dando um olhar cúmplice pra mim.

                    -  Eu vou sair pra manicure e fazer meu cabelo. Vou voltar um pouco tarde, mas nem tanto. Pode ficar a vontade Kook! - Ela dá um sorriso pra mim.

                     - Obrigado Mary, você é muito gentil. - Digo educado e ela acena para nós. Assim que ela fecha a porta, ouvimos sua voz de lá fora.

                      - Esqueci de avisar! Tem sorvete de creme pra vocês lá embaixo, se quiserem isso como uma "sobremesa" podem ir lá comer. -

                     - Okay mommy. Nós comemos depois.

                     - Só se vocês quiserem é claro! A não ser que já comeram a sobremesa no quarto... - MEU DEUS! ELA PENSOU QUE NÓS ESTÁVAMOS FAZENDO COISA?

                   - O-omma!! - Ela exclama constrangida e nós ouvimos a risada de Mary do outro lado da porta. Olho pra ela e a mesma ri.

                   - Você quer a sobremesa? - Digo pervertido e a mesma fica igual a um pimentão.

                    - Quero, mas o sorvete. - Ela diz e ri da minha cara de desapontado. Nós descemos até a cozinha que era bem fofa. Ela abre a geladeira e tira o sorvete de lá. Abre o pote e pega uma colher dentro da gaveta. Uma colher só! E pra mim? Ela enfia a colher no pote, tira e come deliciosamente.

                      - Ei! Eu também quero! - Digo indiginado quando ela come mais duas colheradas. Meu deus, ela é mais rápida que o Flash!

                      - Nananina não! É só pra mim! - Ela agarra o pote e abraça ele de um modo muito engraçado. Gargalho de novo. Quando menos vejo, ela não está mais na cozinha. Onde essa garota se meteu? Antes de tudo, pego uma colher e vou atrás dela. Rodo a sala toda e vejo ela atrás do sofá comendo o sorvete.

                       - YA!! - Grito e enfio a colher ali e como rapidamente. Saio correndo e subo as escadas, indo direto pro quarto dela. Entro e fecho a porta, trancando-a.

                       - Kook! Abra a porta por favor!! Eu só quero meu sorvete. - Ela resmungava alto. Dou uma risada maligna.

                      - Só tenta! - Falo malignamente e começo a comer a sorvete de novo. Ela ficou em silêncio mas agora o sorvete era o importante.

                        - K-kook... V-vai por favor... E-eu só q-quero... - Ela gemia pedindo o sorvete, e isso foi golpe muito baixo. Por má sorte, eu já estava duro. Termino o sorvete igual a um louco, jogo ele na lixeira de seu quarto e abro a porta. O sorriso dela se abriu e ela se aproxima de mim, procurando o sorvete. - Onde ele está? - Ela pergunta confusa. Pego sua cintura e a puxo para mais perto de mim, lhe dando um beijo. O gosto de creme era perceptível. - Eu queria o conteúdo, não apenas o gosto. - Ela diz se separando do beijo, cruzando os braços brava.

                         - Isso não conta? - a puxo de novo e ela não se move. Me aproximo e dou beijo em seu pescoço, fazendo ela ficar arrepiada e suspirar.

                         - Sim... - Ela diz com a voz rouca e puxa meu rosto e sela nossos lábios. Seus braços entrelaçam meu pescoços, fazendo nossos corpos ficarem mais próximos. Sua língua dançava com a minha, deixando nosso beijo com gosto de creme.

POV Hoseok

                           - Onde esse garoto se meteu merda? - Jin hyung exclamava irritadado assim como todos. Depois do ensaio, Jungkook praticamente sumiu. Ninguém sabe onde ele está! Ninguém. E o miserável nem avisa.

                          - Não é melhor ligar pra polícia? - Yoongi diz tentando parecer interessado.

                            - Não, ele vai aparecer... - Jimin diz coçando a cabeça. Sabe quando você tem uma ideia brilhante e aparece aquela lâmpada em cima da sua cabeça? Então, isso acabou de acontecer comigo.

                           - Gente, será que ele não está com a Rose? - digo animado. Todos olham para mim confusos. - Ele pode estar na casa dela! A gente nem falou com ela. - falo e Yoongi pega seu celular.

                          - Vamos ligar pra ela. - Ele diz e logo liga pra ela.

                          - Bota no viva voz. - Jimin fala. Suga bota e o celular começa a chamar.

"Alô?" Rose diz no outro lado da linha.
"Oi Rose, aqui é o Yoongi." Suga diz calmo e ouvimos uma risada no outro lado.
"O-oi Suga!" ela diz com a voz engraçada. "cala a boca Kook" ouvimos do outro lado Rose falar baixinho. Eu já esperava isso. Jimin se levanta, pega o celular da mão de Yoongi e encerra a chamada.

                             - Vamos, ele está lá. - Jimin fala e já vai saindo. Nos levantamos e fomos até a porta, saindo correndo até a casa da Rose.

              Quebra de tempo-

Corremos por 25 minutos e chegamos lá igual a uns porcos. Jin hyung se direciona na frente e bate na porta. Em segundos, Rose atende a porta e nos olha surpresa.

                              - Oi meninos. - Ela diz dando um sorriso sincero. Ela estava usando um short bem pequeno, mas escondido por causa de sua blusa branca bem longa. Ela estava calçada e com os cabelos presos. Ela estava uma deusa! - O que aconteceu? - Ela enrola os fios de cabelos com o dedo. Meu deus.

                             - O que aconteceu é que o Jungkook sumiu, não avisou a ninguém e agora sabemos que ele está aí com você. - Jimin fala curto e grosso. Rose revira os olhos e logo sorri.

                          - Você poderia ser mais gentil Jimin. - Ela sai da frente da porta, deixando nós entrarmos. Assim que entram Rose fecha a porta. - Eu vou chamar ele lá em cima. - Rose diz e sobe nas escadas.

                         - VOCÊ FALOU PRA MIM QUE TINHA AVISADO PRA ELES, SEU IDIOTA! - Ouço Rose gritar lá encima provavelmente com o Jungkook. Olho pra Nam e nós dois damos risada. Olho pra Suga e percebo que ele está bufando.

                       - Está com ciuminho Yoongi? - Digo provocando ele e o mesmo olha pra mim com raiva.

                       - Não enche Hoseok. - Ele murmura. Dou uma risada e Nam olha pra mim rindo também. Olho pra escada e vejo Jungkook. Mas algo chama a atenção de todo mundo. Eles estavam de mãos dadas e Kook estava com um roxo no pescoço. Meu deus! Aquilo era um chupão? Ele olha para o Yoongi,  que estava com os olhos cheios de fúria.

                           - Seu idiota! Porque não ligou pra gente avisando? - Jin fala furioso e bate na cabeça do Jungkook, causando risos baixos na Rose.

                           - Desculpa hyung. Eu esqueci... - Kook abaixa a cabeça.

                           - Desculpas aceitas. - Jin fala e sorri para Kook. O mesmo levanta a cabeça e retrebui o sorriso. Jungkook aperta mais a mão de Rose, fazendo a mesma corar. Olho para Jimin que está com o olhar fixado na Rose.

                           - Princesa, você ainda vai na festa né? - V se pronuncia pela primeira vez. Ela assenti e sorri pra ele.

                           - Mas é claro! Já até comprei um vestido. - Ela se gaba e olha pra Yoongi, que está mudo. Ele estava com um olhar frio.

                            - A gente pode conversar Rose? - Yoongi se pronuncia e Rose assenti. Ela solta a mão de Kook e eu consigo ver o olhar de todos aliviados, menos o Kook é claro. Suga vai pra cozinha junto com Rose e nos deixa lá.

                          - Vocês transaram? - Jimin pergunta cruzando os braços, causando risada no Tae.

                          - Me poupe Jimin! Você acha que a Rose e o Jungkook transaram? HAHAHAHAHA - V gargalhava malignamente. Todos olharam para ele e o mesmo não parava de rir.

                         - A gente transou sim. Eu não sou mais virgem, satisfeito? - Kook diz fazendo todos ficarem quietos e boquiabetos. Vejo os olhos de Tae em fúria, assim como os Jimin. Porque Jimin estava com tanta raiva?

                         - Eu não acredito seu filho da puta! Para de mentir. - V se levanta e segura a gola do Jungkook.

                          - Eieieiei! Vocês podem parando! - Nam diz se levantando e afastando o Tae de perto do Kook.

                          - Acredite no que quiser Tae. Mas é verdade, não está vendo isso? - Ele aponta pro chupão do seu pescoço. - Isso foi de uma coisa de milhares que ela fez comigo, aliás ela é muito boa na cama sabia? - Não, agora ele pegou pesado. Vejo as veias do pescoço de Taehyung saltar e ele voa pra cima do Jungkook, acertando a cara dele em cheio. Na mesma hora, Jungkook cai pra trás e Yoongi e Rose entram na sala.

                           - O que aconteceu? - Yoongi fala e vai ajudar o Jungkook, fazendo todos o olharem confusos.

                           - Eu acho que você não entendeu Yoongi. O V bateu no Jungkook porque ele e a Rose transaram. - Jimin diz calmamente. Yoongi para de andar e olha pra Rose. Os dois começam a rir feito loucos. Eu perdi alguma coisa?

                         - Vocês piraram? É claro que não! Eu nunca durmi com o Jungkook. Quem disse isso pra vocês?  - Rose diz e ajeita o cabelo.
Todos apontam pra Jungkook, até mesmo eu. Ela na mesma hora arregala os olhos. Rose se aproxima do Kook e ajuda ele a se levantar. - Eles estão brincando né Kook? - Ela pergunta e o mesmo fica quieto. - Porque você mentiu? - Rose fala decepcionada. Kook abaixa a cabeça e suspiro.

                         - Porque eu quero que eles tenham inveja de mim Rose. Eu quero ser o primeiro que você vai gostar, o primeiro que você vai confiar, o primeiro que vai dizer que "eu te amo"... - Ele murmura baixo, mas todos ouvem. Ela dá um sorriso e que sorriso.

                          - Você não tem que mentir pra ganhar essas coisas Kook. Você tem que conquistar isso Kook, não importa como. Mas a mentira não é uma das opções. - Kook levanta a cabeça e dá um sorriso. - Eu não estou com raiva de você, mas você não deveria mentir, tudo bem? - Ele assenti e dá um abraço nela.

                         - Assim o Yoongi fica com ciúmes... - Falo sussurando mas pelo visto, Yoongi ouviu. Ele olha pra mim com um olhar mortal e eu engulo o seco.

                       - Vamos Kook? Já está ficando tarde. - falo e o mesmo confirma com a cabeça. Ele sobe rápido e volta com a sua mochila nas costas.

                      - Obrigado por tudo Rose. - Ele diz e dá um beijo na sua bochecha. A mesma cora e balança a cabeça negativamente.

                      - Não tem nada pra agradeçer Kookie. - Ela sorri e o mesmo bagunça seus cabelos, os deixando mais soltos. Ela toma a liderança, ficando na frente e abrindo a porta pra gente. Sou o primeiro a passar, dando um abraço nela. Depois o Nam, que dá um abraço e um aceno. Depois Jin que dá um beijo em sua bochecha. Kook só bagunça seus cabelos. Tae passa dando um abraço e um beijo no canto de sua boca (tarado). Jimin passa olha pra ela e a mesma solta uma risada.

                         - Foi bom te ver sem você me insultar Jimin. - Ela diz entre risos e o mesmo revira os olhos.

                        - Até mais Rose. - Ele diz e passa pela porta. Yoongi, que foi o último abraçou ela, deu um beijo em sua testa e murmurou algo em seu ouvido, fazendo ela dá uma risada e afirmar com a cabeça.

                        - Tchau meninos! - Ela acena pela última vez e nós também, e em seguida fecha a porta.

                        - Eu estou apaixonado por ela. Não tentem nada com ela, ou vão se ver comigo. - Suga frio como sempre, diz de costas e sai andando. Nossa. Coitado do Tae e do Kook (e talvez do Jimin). Nós damos de ombro e fomos andando até a nossa casa.

POV Rose
Depois que eu desci, Yoongi disse que queria falar comigo e isso me deixou muito nervoso. Não é todo dia que Min Yoongi quer falar a sós com você. Entramos na cozinha em silêncio e ficamos segundos assim.

                         - O que você queria falar comigo? - Digo curiosa. Suga olha pra mim e vem na minha direção. Vou andando pra trás até bater na parede. Suga olha pra mim e ri soprado.

                        - Eu não vou te estuprar se você acha. - Ele diz sério fazendo eu soltar um riso. - Você... Você já se apaixonou? - Ele diz olhando para os lados.

                         - Sim, só uma vez. Por que? - digo calma e o mesmo dá um sorrisinho de canto.

                         - Porque eu acho que o Jungkook está apaixonado por você. Mas o problema é que eu também estou. - Aquelas palavras do Suga não tinha sentido. Ele se apaixonou por mim? Como? Eu não sou ninguém especial. E cono assim o Jungkook também?

                        - C-como assim Yoongi? - Tremo só de pensar num futuro que eu esteja namorado ele.

                         - Você é diferente de todas as garotas Rose, e você é a única que não percebeu isso até agora. Você consegue ver o meu lado bom, uma coisa que ninguém consegue. Você é única! - As palavras deles ecoavam na minha cabeça e ficavam rodando. As borboletas no meu estômago cresciam dentro de mim. Meu coração batia cada vez mais rápido e eu começo a respirar pesado.
 
                          - M-m-mas a gente se conhece em menos de um mês Suga... - o mesmo chega mais perto e acaricia minha bochecha com seu polegar.

                          - É tempo o suficiente para eu me apaixonar Rose. - Ele chega mais perto de mim, me deixando sem ar. Sua respiração era pesada e seus olhos olham para minha boca fixamente. Eu quero muito beijá-lo nesse momento. Muito mesmo. - Todo dia eu me apaixono cada vez mais por você. - Ele diz e dá um beijo molhado no meu pescoço causando arrepios por todo meu corpo.

                         - Mas- Ele me corta me dando um beijo. Sua língua estava bem molhada e preparada pra procurar a minha. Quando nossas línguas se tocam, sinto um choque elétrico entre elas, fazendo eu suspirar.

                         - Me responda Rose... Você me quer?


Notas Finais


E aí? Gostaram da Rose e do Kook? JEUEHEEEHYEYE vou deixar vcs muito iludidas ainda, esperem e vejam KKAKAAKKA
Amanhã eu vou tentar postar pq vai ser dia das crianças( ou melhor, hj) mas talvez poste outro hj as 23 da noite!! Mas não confirmo nada com vcs! Bjs do Suguinha ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...