História Let Me Love You - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Exibições 8
Palavras 1.494
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - I Love You


Pov. Mila

Acabei escutando uma conversa de Jason com sua mãe falando que não estávamos juntos, juntos e que ele iria sair com Lexi no final da tarde, bom eu ignorei ele o resto do dia e ele aceitou isso numa boa achando que era pelo o que aconteceu comigo, quando ele saiu desci com minha mala depois de receber uma mensagem de Ethan falando que tudo estava seguro na nova casa, Pattie e Erin decidem me acompanhar pra me ajudar a arrumar a casa e Ethan nos levou até a mesma que só falta ajeitar tudo em seu lugar, depois de arrumarmos tudo tive de assinar um papel dando a guarda dos meus sobrinhos para o meu pai para que eles pudessem realmente ficar seguros e tive de me despedir dos mesmos pois teria de ficar uns meses sem falar com eles e Erin e Pattie me consolaram, Pattie teve um compromisso com o filho e teve de ir embora, aqui estava eu sentada no sofá cansada e junto com Erin, a mesma suspira falando

- Estou tão cansada de morar na mesma casa que a atual e a ex do meu ex marido, é tudo tão exaustivo e eu não tenho voz lá.

- A mansão do lado também é minha e eu não pretendo usá-la, só a tenho para controle do próximo vizinho... 

Ela me olha arqueando a sobrancelha sem entender nada e eu falo

- Caso queira se mudar, posso colocar seu nome nela como se você a tivesse comprado, para caso seu ex marido queira entrar com uma ação a querendo não que eu ache que ele fará isso, você pode ficar lá com as crianças e ela tem fácil acesso a minha casa também então não vai estar tão sozinha e se precisar de ajuda fácil estarei bem aqui, vai ser bom aliás ter alguém conhecido por perto.

- Eu jamais poderia aceitar, por mais tentador que fosse... até porque Jeremy nunca acreditaria, eu nem trabalho.

- Isso não é problema, você não é formada em Direito? Eu posso te tornar sócia de uma empresa aqui perto, você ajudaria eles.

Depois de mais um pouco de conversa ela acaba cedendo e eu peço para uns seguranças que busque as coisas dela e das crianças enquanto peço para arrumarem tudo na outra mansão para eles imediatamente só por mensagem, continuamos a conversando por mais umas duas horas até que tudo ficou pronto e eu levei ela para mostrar tudo lá e ela fica maravilhada, quando ela vê suas coisas já arrumadas em seus quartos e que tudo estava perfeito, a mesma me olha surpresa e eu sorrio para ela seguindo com a mesma até o escritório que agora era dela explicando para ela tudo que prestava atenção atentamente e eu entrego um envelope para ela falando

- Assine e tudo aqui se tornará seu que conquistou depois do divórcio e ah, você acaba de ser contratada.

Ela me agradece me abraçando e quando nos soltamos ela assina tudo, sorrio e abro o cofre da casa onde coloco os documentos lá dentro já assinados, onde também tinha dinheiro e cartões de débito já com o nome dela e das crianças caso ela precise de dinheiro, até porque meu pai biológico quando meu doou ele deixou muito dinheiro pra mim e a cada perda mais pessoas deixavam, mais o meu trabalho desde criança, eu tenho de sobra e é bom compartilhar as vezes, principalmente com alguém que merece muito tudo isso.

Bom no final de tudo aqui estava eu colocando os pequenos pra dormir enquanto ela discutia com o pai deles, quando eles adormecem levo eles para suas camas os cobrindo e depois de um beijo de boa noite saio dali descendo as escadas vendo Jason perguntando de mim assim que Jeremy saí, quando ele me vê o mesmo fala que vai me esperar do lado de fora, depois de eu dar boa noite para Erin saio da casa fechando a porta, passo por ele seguindo até a minha casa e o mesmo passa a me seguir até que ele fala 

- Saí de casa sem se despedir de mim e logo depois rouba os meus irmãos e minha madrasta?

- Eu roubei eles? Ela está infeliz naquela casa, tem noção do que é ver seu ex pai de seus filhos com outra pessoa que mora na mesma casa que você? Ela sabe disso, sua mãe sabe disso, tem noção do quão doloroso é isso? Sua mãe tem condição de sair dali e ir pra qualquer lugar e ela saí, até então ela tem outra casa por causa disso, eu simplesmente dei uma outra chance dela poder voltar a respirar sem estar na sombra de alguém, ela está livre, tem uma casa, comida, emprego, ela pode conhecer outra pessoa e ser feliz. Eu fico feliz pelo seu pai ter encontrado o amor novamente, agora é a vez dela e eu quero muito que ela seja feliz, então não fale pra mim sobre o que eu fiz.

- E como você sabe o que elas sentem?

- Meu ex namorado me traiu com minha irmã a engravidou e morou na mesma casa que eu por um tempo, mas eu segui minha vida porque encontrei um cara no qual eu achei que fosse o certo pra mim, porém ele fala para todos que continua solteiro, livre, que ele pode fazer o que bem quiser com quem quiser, que é fofo comigo uma hora e na outra deixa de ser essa pessoa, eu também estou exausta.

- Eu falava isso, nesta tarde fui encontrar Lexi para pedir pra ela parar de me ligar e conversei com meus amigos sobre você.

Olho para ele suspirando e volto a andar seguindo até minha casa, entro na mesma e ele logo em seguida falando

- Eu achei que confiava em mim então não precisaria avisar sobre o que eu ia fazer. O que pensou que eu faria, trocaria você?

- Eu fiquei com medo Jason, porque no momento você é a única coisa que me resta e eu achei que estava perdendo você igual eu perdi todos, até mesmo Paulina se afastou e eu estou realmente cansada, eu fiquei com medo porque eu amo você e quero você comigo.

Ele me olha surpreso quando falo que amava ele e eu deixo uma lágrima cair falando

- Eu amo você e eu não tenho medo ou vergonha de falar isso, mas eu tenho muito medo de te perder e vergonha de ter ciúmes.

Ele se aproxima lentamente com medo de me tocar, toco seu rosto acariciando o mesmo e beijo ele, quando paramos o beijo e o momento romântico passa o mesmo me fala que está com fome, rio falando que tem pizza no balcão e depois que ele come subimos as escadas ficando no telhado na parte coberta e arrumadinha, ele senta no sofá tocando guitarra com seu cigarro e eu fico sentada no tapete fofinho abraçando suas pernas, quando vejo Ryan se aproximar o mesmo pega o celular para tirar foto (1) e se prepara, olho pra foto a hora e logo depois ele faz barulho chamando a atenção de Jason, volto a fechar os olhos curtindo as pernas de Jason e o Ryan fala

- Está tão carente a ponto de abraçar a perna do Jason?

- Se eu tivesse carente estaria abraçando outra coisa agora, só estou desfrutando da perna quentinha dele.

Falo de olhos fechados e escuto Jason rir, abro os olhos olhando para os mesmos sentados e arqueio a sobrancelha falando

- Você não tinha um encontro com a Paulina hoje? Essa hora vocês deviam estar fazendo algo divertido, não acha?

O mesmo explica que Paulina deixou pra trás para poder ir para uma boate com Lexi então ele veio cortar o nosso momento de amor porque se ele não tivesse um, nós também não teríamos, então eles passaram a jogar videogame e eu fiquei cochilando abraçada com a perna de Jason por um longo tempo, para falar a verdade eu caí no sono ali mesmo depois de ouvir os dois fofoqueiros conversando.

Pov. Jason

Ela adormece abraçando minhas pernas, sorrio levantando pegando ela no colo e desço as escadas logo a levando ela pra cama, Ryan já tinha ido embora, depois que eu desliguei o videogame e as luzes da área no telhado, voltei para o quarto e meu celular apitou tinha recebido uma foto do Ryan, quando vejo a mesma sorrio e mando para minha mãe que mandou várias mensagens perguntando se eu estava bem com a legenda '' estou mais do que bem '' logo em seguida recebendo milhares de corações, suspiro e me deito ao lado da minha garota, a mesma desperta sonolenta e se aconchega encostando em mim logo adormecendo e eu também, sentindo o cheiro de frutas de seu cabelo, ouvindo sua respiração, abraçando minha garota e depois de pensar em milhões de coisas, obviamente dela.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...