História Let Me Love You - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Exibições 6
Palavras 1.820
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 25 - Idiot


Pov. Mila

Semanas depois e eu continuei me encontrando com Vincent tivemos momentos incríveis, porém no mesmo dia já no segundo mês que isso estava rolando que eu ia apresentar ele ao meu filho, acabamos brigando porque descobri que ele estava noivo e depois de todos esses dias afastada de todos só vendo meu filho nos tempos que estou longe dele ele acaba abrindo o jogo, mesmo trabalhando que nem louca, meu pai acabou vindo me ver no trabalho perguntando se tinha acontecido algo para eu estar afastada de tudo e todos, se era grave.

Então aqui estou eu, em um karaokê com pista de dança como sempre com a família McCann e a minha claramente, fingindo estar feliz enquanto duas mesas depois Vincent estava com sua noiva e seu irmão acompanhado de sua mulher, a namorada de Jason reclamava algo para o mesmo e Jaxon fala que estava com tédio, sorrio fraco para o mesmo perguntando se ele queria me acompanhar até a doceria, o mesmo assente e eu olho para Erin que fala que tudo bem, levanto jogando dinheiro e vou com o mesmo até a doceria.

Voltamos para o karaokê rindo segurando um monte de sacolas cheias de brinquedos, algumas roupas e sacolas com doces, seguimos até a mesa onde todos ainda estavam ali já que eles sempre ficavam horas aqui neste lugar, pelo jeito Vincent também porque continuava ali com sua família que se multiplicou ali, quando chegamos até nossa mesa tendo a atenção de na verdade todos por ali, sorrimos como se nada tivesse acontecido e eu coloco as sacolas no canto ali me sentando, ele senta no meu colo e Erin fala

- Vocês saíram por uns 30 hora só pra ir comer um doce diferente e voltaram com uma loja, o que fizeram neste tempo?

- Fomos ao shopping, no parque, tomamos sorvete e compramos coisas para acampar também.

Fala Jaxon nos dedurando depois de tomar um gole da água do irmão, eles nos olham pasmos e eu rio falando 

- Em minha defesa, a doceria estava fechada e o shopping era uma quadra depois, mas acabamos vendo uns brinquedos novos que fazem loucuras e paramos pra ver, acabamos comprando, depois compramos umas roupinhas estilosas e então eu tinha que comprar um carregador novo então fomos a loja da Apple, mas estava fechada devido a falta de produto então fomos ao mercadinho lá dentro e como dá última vez que eu fui acampar e ele veio comigo faltava algumas coisas, aproveitei e comprei tudo o que precisávamos, depois fomos ao parque, só por alguns minutinhos, tomamos um sorvetinho e apostamos corrida até aqui, acabamos caindo nesta calçada, foi divertido.

Eles nos olham sem acreditar que fizemos tudo isso em pouco tempo e lá vai o Jaxon sorri fofo me olhando, Erin fala

- Você precisa parar de fazer todas as vontades dele, é por isso que ele prefere você do que a Becky.

Fico surpresa pelo comentário dela enquanto a namorada de Jason se engasga, todos voltam a me olhar e eu pergunto

- Acha que eu faço tudo isso para conquistar o menino para ele gostar mais de mim do que dela?

Olho para a mesma com lágrimas nos olhos, super chateada com esse comentário e o próprio Jaxon fala para todos

- Eu amo a Mila porque ela me faz sentir bem, ela é divertida e porque ela é a melhor menina deste mundo, ela vai nos meus jogos, nas reuniões da escola, nas minhas apresentações, porque ela gosta de mim e porque ela é super legal, porque mesmo meu irmão tendo partido o coração dela ela continua perto de todo mundo e trata todos bem, ela não deixou de me tratar bem só porque ele a magoou.

Sorrio fraco deixando uma lágrima cair olhando para o mesmo agradecendo o mesmo pelo passeio incrível, beijo sua bochecha e levanto deixando ele sentado no meu lugar, aviso que todas as sacolas eram dele, o garçom se aproxima com a conta, assino a mesma e o mesmo agradece a todos pela nossa presença ali logo saindo dali, Erin levanta me chamando e eu dou as costas saindo dali escutando a mesma me chamar, saio dali ouvindo mais alguém me chamar, porém sigo correndo por aquela rua agitada, sem rumo, chorando.

Pov. Jason

Aqui estávamos todos na festa de aniversário da Paulina, no qual estava triste por sua melhor amiga não ter aparecido, este lugar estava lotado e tinha pessoas comendo, se divertindo, conversando, Paulina estava na décima dose de tequila sentada na mesa aqui com todos enquanto Becky falava pra ela de algumas novidades sabe se lá quais, eu estava com Camila em meus pensamentos, até que algo chama a atenção de todos, sigo os olhares dos mesmos até a direção em que levava até a própria que estava incrivelmente bela, a mesma vem andando em direção a essa mesa e quando a mesma se aproxima estende a mão para a amiga enquanto a música muda.

 Paulina entre lágrimas segura a mão da amiga, as mesmas riem tirando os saltos indo correndo para a pista de dança onde todos que estavam dão espaço para as mesmas, elas começam a dançar livremente ali, apenas as duas se divertindo, começa a cair penas do teto e eu arqueio a sobrancelha, as mesmas comemoram e eu acabo recordando de Mila falando que o melhor dia da sua vida, foi um momento com Paulina, elas estavam tristes por causa de algo e essa música começou a tocar, elas começaram a dançar já que faziam isso sempre que estavam tristes e começou a cair penas de um caminhão que transportava penas para uma fábrica de travesseiros.

Mila acaba me olhando enquanto dançava com sua amiga, sorrio para a mesma que continua dançando, quando a música acaba elas se abraçam, desvio o olhar das mesmas e outra música começa a tocar, todos voltam a dançar enquanto as mesmas saem dali uma abraçada com a outra, um dos seguranças dela se aproxima com uma menininha em seu colo com um grande laço em sua cabeça, Paulina olha pasma para a amiga não acreditando, depois de alguns minutos as mesmas se aproximam com a criança e Paulina parecia a pessoa mais feliz do mundo, Camila tinha aquele sorriso incrível em seu rosto de felicidade, mesmo estando chorando ao mesmo tempo

- Quero apresentar a vocês, minha filha Melissa na qual tenho tentado adotar faz um ano e acabo de ganhar a guarda.

Todos levantam para conhecer a pequenina, Ben é o primeiro a pegar no colo e Mila se despede da amiga

- Você me deu o melhor presente do mundo, sua presença e acaba de realizar meu maior sonho, eu te amo muito, obrigada por ser minha família, por tudo, obrigada por ser a melhor irmã deste mundo, obrigada de verdade, eu te amo muito muito mesmo, irmã.

Mila sorri beijando o rosto da amiga e ela saí dali na mesma hora que Erin chama a mesma, suspiro e meu celular apita me avisando que era hora de treinar, levanto me despedindo de todos, pergunto se Becky vai querer me acompanhar e a mesma nega, saio dali vendo a mesma tirando o salto alto, me aproximo lentamente da mesma que para pra me olhar, sorrio observando a mesma e eu falo 

- Você nunca tira o salto alto, isso é algo novo.

- Não dá para correr de salto alto, não enquanto treino pelo menos. Você nunca deixou uma festa, tudo tem sua primeira vez. Por mais que você tenha vindo de moletom para a mesma e de fone de ouvido, você nunca saiu de uma festa para ir treinar aliás.

Fala a mesma amarrando o cadarço do tênis que acaba de colocar, sorrio mais ainda e falo

- Você nunca deixou um momento especial para sua melhor amiga e escolheu treinar no mesmo horário. 

- E ficar numa festa onde a maioria das pessoas me odeiam? Para que alegrar tanto as pessoas assim? Até porque eu preciso manter a forma, então é a melhor desculpa para ficar longe daqui, mas não se preocupa, não falarei pra ninguém que está fugindo deles.

Pov. Mila

Levanto olhando para o mesmo e sorrio colocando o fone de ouvido, dou alguns passos para trás ainda olhando para o mesmo que ri me observando, pisco para o mesmo e me viro saindo correndo dali sabendo que ele me seguiria, quando chego até o calçadão da praia que tinha alguns casais passeando diminuo a velocidade para não trombar em ninguém sem querer, paro em um quiosque para comprar uma água, peço a mesma e a moça vai buscar na geladeira, tiro dinheiro do bolso e sinto as mãos de Jason em minha cintura, a moça me entrega duas águas pelo jeito Jason também fez seu pedido, pago antes que ele pague, entrego uma água para o mesmo me soltando dele, coloco o outro lado do fone de ouvido e sigo correndo bem rápido, fico fora da vista do mesmo e paro encostando em uma árvore, vejo o mesmo se aproximar olhando em volta me procurando, sorrio bebendo um gole da minha água e eu falo chamando atenção dele

- Não acho que seguir a ex namorada seja bom a saúde, sua namorada tem cara de maluca e pode fazer uma loucura.

Ele me olha rindo e o mesmo se aproxima encostando seu corpo no meu falando

- Ex namorada.

- Você sempre convida sua ex namorada para te acompanhar enquanto treina? Porque eu nunca fui convidada. 

Ele sorri de lado me observando e o mesmo fala 

- Ela terminou comigo no mesmo dia em que Erin falou aquilo para você, porque eu não defendi o comentário dela, eu chamei ela para me acompanhar ao treino, porque ela me acompanha em todos desde que nos conhecemos, porque ela estuda educação física e nutricionismo, pergunte a Paulina que já nos acompanhou em vários treinos, mas ver que isso se afeta ainda, é tentador, Srta. Jenner.

Sorrio aproximando meu lábio do mesmo que esperava que eu começasse um beijo, sorrio mais ainda e falo

- Eu não me importo com mais nada, você deixou bem claro o que queria e não era a mim. 

Mordo seu lábio e beijo o mesmo lentamente em um selinho, afasto meu rosto do dele olhando em seus olhos e falo

- Eu não sou igual suas outras ex, não sou uma vadia e não é só porque me seguiu que eu vou me deixar levar por você. Você partiu meu coração e sua família quebrou o resto que sobrou dele, por mais que eu ame você com todas minhas forças, mesmo tendo ficado com outras pessoas para tentar te esquecer, não significa que vou deixar tudo para trás e ficar com você, eu sou muito inteligente para isso.

Sorrio e saio dali seguindo correndo até minha casa, o deixando ali sem palavras.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...