História Let Me Love You - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Fanfics Do Jb, Fanfics Do Justin Bieber, Justin Bieber
Exibições 76
Palavras 1.164
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie Amores! 💕
A história está chegando ao fim! Sim, ela vai acabar. Falta pouco menos de vinte capítulos pra terminar, e isso passa rapidinho. Queria agradecer imensamente a vocês por todo o carinho e incentivos que recebo aqui!
Quando eu comecei essa história, foi só para saber como era escrever para pessoas que eu não conhecia, para ter uma "experiência". Mas eu nunca imaginei que chegaríamos a 3.185 visualizações em 19 capítulos. Temos mais de 80 comentários, em tão pouco tempo. E eu prometo que sim, terá a segunda temporada e dessa vez mais organizada e mais profissional que essa.
E a notícia que eu tenho é que a fanfic não acabará com um final feliz como todos anseiam. Eu sinto muito mas será necessário para a segunda temporada.
Obrigada por tudo. Amo vocês demais! ❤
Boa Leitura, Beijos 🍃💓

Capítulo 22 - Mandy and... Ian?!


 Justin Bieber P.O.V 

 Se eu fiquei puto com aqueles dois em cima da Cassie? Sim, eu fiquei com ciúmes. Porra, eu gosto pra caralho dela, eu a amo. Eu sei que eu errei feio, mas eu não  tinha consciência dos meus atos. Fazia tempo que eu não ficava com várias, desde que a May veio morar comigo. 

Agora eu estou mais do que disposto a fazer de tudo por ela. A fazer de tudo para reconquistar a garota que eu amo, a única que eu verdadeiramente amei. 

Eu chamei o Ryan aqui no escritório. Vou conversar com ele sobre a Cassie. Sinto que a amizade que ele sentia por ela se tornou em outra coisa. E eu não vou deixar isso acontecer, por que a Cassie é minha, e eu anseio que seja assim. 

- Bieber? - Ouvi a voz do Ryan atrás da porta. 

- Entra. 

Ele entrou se sentando na cadeira na minha frente e suspirou fundo, parecia já saber do que se tratava o assunto.

-Fala.

- Eu quero que você me diga a verdade - disse entre dentes - o que você realmente sente pela Cassie?

- Eu não vou mentir pra você, Bieber. Cara, vomiNHé meu irmão. Mas eu amo a Cassie. Eu não sei se algum dia eu já amei alguém de verdade mais eu amo a Cassie, e não é um amor de amigos. E eu sinto muito dizer isso sua cara, mas, se é a verdade que você quer, eu vou te dizer - suspirou - eu sei que eu posso cuidar e amar da Cassie muito melhor do que você. 

Na hora que ele disse aquilo, eu havia esquecido que era o Ryan na minha frente. Eu ame atirei em cima dele e comecei a distribuir socos no seu rosto. Chutei o pé do estômago. O mesmo soltava gemidos de dor e tentava se soltar. 

Eu dava mais e mais socos no rosto de Ryan. Quando a porta abriu, Cassie entrou desesperada gritando o Christian. 

- SAI DE CIMA DELE, SEU LOUCO. - ela gritou me empurrando pro lado e indo até Ryan, que estava desmaiado (RYAN ESTÁ DESMAIADO. desculpa não aguentei ��)

- CHRISTIAN! - ela gritava até que ele e o Twist apareceram e me lançaram um olhar de decepção. 

Eles pegaram o Ryan e levaram pra um quarto. Provavelmente a Cassie iria cuidar dele. Ótimo, mais uma merda. 

Cassie chorava desesperadamente. Antes de sair da sala ela olhou pra mim com os olhos ainda marejados e sussurrou:

- Porque você fez isso? Seu monstro! 

Ela saiu com dificuldade da sala. Me deixando ali no escritório, até Chaz entrar e se sentar ao meu lado.

- Vacilou, brow. - ele disse seco

Chaz era o pior da gangue. Não, não era eu. Ele era o torturador. Eu sabia; Chaz não era bom pra ninguém, ele não ligava pra ninguém. Podia acontecer o pior, ele sempre estava dando um jeito de ser ruim e sarcástico. 

- Vai a merda, Chaz. - disse e ele riu

- Bieber, Bieber. Tá querendo enganar a quem? Sabemos bem que esse showzinho de vocês, foi por causa da Cassie. Essa mulher esta deixando vocês dois loucos. - ele disse e riu outra vez saindo do escritório 

Sentei novamente na minha cadeira e fumei; maconha. Lembro que Cassie odeia maconha, não queria que eu ou o Chris fumássemos. Ri de meus pensamentos. 

 

 Narradora P.O.V

 

Cassie não estava chorando desesperadamente só por causa do incidente com o Ryan. Mais também por decepção. Cassie estava disposta a perdoar seu grande amor. Justin havia dominado por completo a garota. Os dois se amavam. Mais Justin destruiu isso por um simples ciúme bobo.

Agora, Cassie está no pé da sua cama chorando, ao ver Ryan naquele estado, e ainda mais por saber que a culpa era dela. 

 O telefone de Cassie tocava desesperadamente, ela não queria atender, só queria que o Ryan acordasse. Mas, a insistência do ser do outro lado da linha foi tanta que Cassie atendeu: 

- Alô? -Cassie disse ainda com a voz falha

- CASSIE! Sou eu, Mandy. Que saudades da minha melhor amiga! - Mandy gritava do outro lado

 - Mandy? Pensei que ainda estivesse me odiando. - Cassie disse ainda com a voz cansada - também estou morrendo de saudades.

- Eu estou namorando, amiga! Aonde você esta? Estou indo ver você AGORA!

- Na casa do Justin Bieber.

 

Mandy não deu tempo da garota terminar de falar e desligou o telefone. O namorado misterioso de Mandy sabia onde era a casa do tão temido Bieber, e Bieber não perde por esperar.

{...}

Cassie tratou de se arrumar rapidamente para ver a amiga que ela não via a tanto tempo. Ela achava que a amiga ainda estava chateada com ela por causa da exposição na boate. E ainda tinha dúvidas se ela estava namorando um homem ou uma mulher, mas não haveria problemas quanto a isso. Ela só queria a amiga dela de volta.

Então Cassie saiu de seu closet só de roupão, o tirou para trocar de roupa, que estava em cima da cama. Cassie colocou a sua lingerie preta e dançava, sua felicidade transbordava. Então ela ouve alguém rir baixo, e então ela olha para trás e vê Ryan já acordado. 

- Seu pervertido! - ela disse batendo nele 

- Ai !-  ele solta um gemido de dor

- Ai meu Deus! Te machuquei?  - Sua voz de preocupação fez Ryan gargalhar ainda mais

- Idiota - murmurou e saiu para trocar de roupa

 {...} 

Todos já estavam na sala esperando a amiga de Cassie, a mesma já estava nervosa com a demora da mesma. 

Pouco tempo depois o segurança anuncia a chegada dos convidados. Cassie deu pulinhos até a porta fazendo todos rirem com a sua infantilidade.

Quando ela abriu a porta, Mandy entrou lhe abraçou forte, a saudade que ela sentia da amiga...

 - E então, esse é meu namorado. - ela fala e o rapaz entra

Automaticamente todos os garotos levantam as armas e apontam para ele que ri faz sinal de rendição. 

Então, Chaz faz com que vai atirar e Mandy aparece em sua frente defendendo o amado. 

- Ótimo, matar dois canalhas é ainda melhor - Chaz fala sarcástico 

Cassie aparece na frente do dois e diz: 

- Ninguém vai matar ninguém aqui até me explicarem o que está acontecendo. - ela fala com a respiração ofegante

- Esse Ian aí atrás é um meliantezinho que é inimigo nosso ha anos. Explicado? -Chaz se pronuncia como se matar fosse uma coisa fácil, aliás, para ele, era.

- E você ia matar a Mandy também? Ou até a mim, Chaz? Já ouviu falar em pensar em nossos atos? - a garota fala com uma certa tristeza em sua voz

- Eu não me importo. Se não quiser morrer, sai da minha frente. - ele disse sec

- Não. - ela disse pondo as mãos na cintura

- Ok. Você quem pediu...

 

 

 


Notas Finais


OMG 😱❤🍃


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...