História Let Me Love You - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Camreng!p, Laureng!p
Visualizações 1.562
Palavras 1.903
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Policial, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - 15


Fanfic / Fanfiction Let Me Love You - Capítulo 15 - 15

 

POV'S LAUREN

 

Enquanto Hailee se aproximava ainda mais, pedia paciência pra não dar um sono na cara dela no momento que ela chegasse até mim.

 

- O que você quer? -ergui a cabeça arqueando a sobrancelha

- Você é mãe do Lorenzo, e infelizmente tem direito de ficar com ele, mas eu não quero você próxima á Camila, eu quero você longe dela entendeu? -disse grossa, apontando o dedo na minha direção

 

Contei mentalmente pra não perder o controle, não queria bater nela, não na frente do meu filho.

 

- Em primeiro lugar, abaixa esse dedo, e segundo, eu falo com a Camila a hora que eu quiser, e não é você que vai me impedir -falei baixa, com calma mas totalmente séria

 

Coloquei Lorenzo no chão, me aproximei mais dela

 

- Já está avisada, é melhor você tomar cuidado -ela respondeu

 

Dei mais um passo em sua direção, deixando minha boca próxima ao seu ouvido

 

- Você está me ameaçando? -sussurrei em seu ouvido antes de soltar uma risada sarcástica- Acho que você se esqueceu que está conversando com uma policial

 

Me afastei o suficiente, levando meu copo com vinho até a boca

 

- É melhor você tomar cuidado! -repeti o que ela tinha me dito minutos atrás

 

Passei por ela indo até Bea, que estava com meu filho no colo, ela e meu irmão babavam por ele.

 

- O que a sua amiguinha queria? -Bea perguntou com ar de riso

- Ela me ameaçou, acredita? -respondi rindo- Essa mulher é louca

- Mas a louca tá com a mulher que você quer, não você -Chris retrucou

- Obrigada, você é um ótimo irmão -ironizei

- Então você está assumindo que realmente quer ela? -Bea perguntou

- Argh! -resmunguei- Vocês estão me deixando louca já!

 

Bea e Chris riram de mim, e mesmo sem entender o que estávamos falando, Lorenzo também riu

 

- O seu filho concorda com a gente -Bea falou

- Eu preciso resolver uma coisa, fica com ele pra mim? -pedi, Bea e Chris assentiram positivamente com a cabeça- Não falem besteira perto do meu filho, entenderam? 

- Pode deixar mamãe urso -Chris respondeu

 

Revirei os olhos me afastando deles, andava na direção que vi Camila sair minutos atrás, quando fui parada por Alycia, que não parecia nenhum pouco sóbria

 

- Lauren! -falou se pendurando em mim

- Oi Alycia -respondi em suspiro

- Arrumei uma amiga pra você -disse embolado 

- Eu não quero ficar com ninguém hoje Aly -respondi

- Qual é Lauren? Ela é uma gata! -exclamou indgnada

- Eu preciso ir Alycia -disse

 

Tirei o braço dela de cima do meu ombro, andando até onde eu queria. Alycia bêbada é um verdadeiro saco.

Avistei Camila sentada em um banco de madeira, andei devagar até ela, que mantinha a cabeça abaixada.

 

- Oi -falei baixo e com calma

 

Me sentei ao seu lado no banco de madeira, Camila ao me ouvir, nem ao menos olhou em minha cara, pelo contrário, ela se levantou do banco começando a andar

 

- Ei, espera aí -me apressei em pedir, segurando em sua mão

 

Ela me olhou nos olhos, com seu olhar sério e frio, me fazendo abaixar a guarda, sue olhar se dirigiu até a minha mão que segurava a sua, quando ela me olhou de volta, soltei sua mão rapidamente

 

- A gente pode conversar? -perguntei, com medo da resposta

- Não -ela respondeu, curta e grossa

 

Camila se virou, voltando a andar em direção á casa, até sumir totalmente da minha vista.

Apoiei meus cotovelos em meu colo, enterrando meu rosto entre as mãos, bagunçando meus cabelos.

 

Não queria assumir, mas estava começando a achar que Bea tinha toda razão, eu estava começando a gostar da Camila, o jeito que ela me trata, diferente de antes que eu não dava a mínima, agora me afeta completamente.

 

 

 

POV'S CAMILA

 

A noite parecia ficar cada vez pior, e quando avistei Lauren, cheguei a conclusão de que pior do que estava não poderia ficar.

 

- O que ela está fazendo aqui Camila? -Hailee perguntou irritada

- Eu não sei! -respondi no mesmo tom

- E você vai mesmo deixar o Lorenzo nas mãos dela desse jeito? -me mantive quieta- Camila? 

 

Bufei irritada me levantando do sofá, fui até o quintal de trás, aonde estava com Ariana a horas atrás. Me sentei no mesmo banco respirando fundo.

Talvez o problema fosse eu...Hailee só estava tentando me proteger, eu entendia o ódia dela pela Lauren, sabia que ela não estava fazendo por mal. Talvez eu estivesse sendo grossa e impaciente demais.

 

Fiquei sentada por longos minutos, apenas pensando, até chegar a conclusão de que eu tinha que mudar, não podia ignorar tudo que Hailee falava.

 

Estava de cabeça baixa quando senti alguém se aproximar, ela se sentou ao meu lado no banco, virei o rosto a olhando.

 

- Me desculpa -pedimos ao mesmo tempo

- Não, eu quem devo pedir desculpas, sabe, eu sei que sou um pouco ignorante, mas Camila, não acho certo ela voltar depois de tudo que fez você passar, não acho certo ela ficar assim grudada com o Lorenzo, como se estivesse com ele desde sempre -ela suspirou- Eu te amo, e amo o Lorenzo, eu queria que vocês fossem minha família, eu posso, e quero cuidar do Lo como se fosse meu filho também.

 

Ouvi atentamente tudo que ela disse, e no final de tudo, eu já estava chorando.

 

- Eu prometo mudar, não vou mais surtar desse jeito, só me deixa me aproximar mais, me deixa fazer parte da família -ela pediu

 

Peguei na mão da Hailee entrelaçando nossos dedos, me virei pra ela e sorri 

 

- Me perdoa, eu ando muito impaciente mas a culpa não é sua, minha vida tá uma bagunça e eu acabo descontando em você -falei baixo

 

Ficamos em silêncio por alguns minutos, até que Hailee se levantou estendendo a mão na minha direção

 

- Você vem? 

- Vou ficar mais um pouco aqui, daqui a pouco eu vou -respondi sorrindo

 

Ela deixou um beijo no meu rosto, antes de andar até a casa e sumir da minha vista.

Tombei a cabeça pra trás respirando fundo.

 

"Você está estragando um relacionamento depois de tanto tempo sozinha Camila, para com isso, para de descontar sua raiva nos outros" -minha mente brigou comigo mesma

 

- Oi -ouvi uma voz rouca

 

Ela se sentou ao meu lado, me levantei sem ao menos olhar em sua cara

 

- Ei, espera aí -segurou em minha mão

 

Olhei em seus olhos verdes, arqueei a sobrancelha, voltei a olhar pra sua mão que segurava a minha e ela rapidamente soltou

 

- A gente pode conversar? -perguntou

- Não -respondi 

 

Me virei, voltei a andar indo na direção da casa, assim que entrei, me aproximei da Hailee, abracei sua cintura deitando a cabeça em seu ombro, ela me abraçou de lado acariciando minhas costas, enquanto conversava com suas amigas. 

Estava decidida a mudar, tentar voltar a ser como a garota de anos atrás, mais atenciosa, mais fofa, carinhosa, a garota que eu era antes de ter meu coração partido.

 

...

 

Acordei sentindo beijos por todo meu rosto, sorri ainda de olhos fechados, apertei a mão da minha namorada que estava junto a minha.

 

- Finalmente você acordou -disse com ar de riso

 

Abri meus olhos devagar, vendo Hailee, ela me olhava sorrindo, sua mão livre acaricia meu rosto. 

Levei minha mão até o seu rosto, acaricie, ela se inclinou pra me beijar, mas eu virei o rosto.

 

- O que foi? -perguntou confusa

- Eu ainda não escovei os dentes -respondei me sentando na cama

- Sério? -perguntou rindo

 

Hailee se levantou indo até o banheiro, assim que ela saiu, entrei em seguida, escovando meus dentes e arrumando meu cabelo

 

- Pronto -me aproximei dela- Agora sim

 

Me aproximei ainda mais, me sentando no colo dela, que estava sentada na minha cama

 

- Eu posso te beijar agora? -perguntou rindo e eu assenti positivamente com a cabeça

 

Abracei seu pescoço, fechei meus olhos ao sentir nossos lábios se tocarem, abri minha boca dando passagem para sua língua que agora explorava cada canto possível. Não foi um beijo apressado, foi um beijo calmo.

Respirava ofegante quando o beijo foi encerrado. Hailee me encarava com um brilho no olhar.

 

- O que foi? -perguntei ainda tentando controlar a minha respiração

- Você é linda -ela acariciou meu rosto

 

Antes que pudesse responder, ela colou seus lábios nos meus outra vez. O beijo durou um pouco menos que o anterior.

 

- Lorenzo ainda está dormindo? -perguntei 

- Acho que sim, vou lá ver -ela respondeu

 

Sai do seu colo e ela se levantou saindo do quarto, andei até a cozinha, e comecei a fazer panquecas. Não demorou muito até Hailee aparecer na cozinha com Lorenzo no colo

 

- Ele estava acordado junto com esse boneco, ele gosta muito dele -falou mostrando Woody que Lorenzo segurava- Eu troquei a frauda dele porque a outra tava cheia, tá certo? 

 

Coloquei as panquecas no prato, andei até Hailee e analisei a frauda que Lorenzo usava

 

- Está certa sim -falei e ela sorriu orgulhosa de si mesma

 

Puxei uma cadeira me sentando, Hailee colocou Lorenzo na cadeira dele, se sentando ao lado do meu filho.

 

- Ele come sozinho? -perguntou me olhando

- Ele tenta -respondi rindo

 

Lorenzo está começando a se achar independente, de uns tempos pra cá, não gosta mais que eu alimente ele, faz birra e vira a cara pra comer sozinho.

Tomamos café da manhã juntos, após termina, fomos até a sala, onde me sentei no sofá debaixo das cobertas, enquanto Lorenzo estava sentado no chão brincando com seus brinquedos.

 

- Tem planos de fazer alguma coisa hoje? -ela perguntou

- Tenho, ficar em casa, aqui sentada debaixo das cobertas, aproveitando meu dia de descanso -respondi rindo

- Ótimos planos -Hailee riu- Eu posso ficar com você?

- Que pergunta idiota Haiz, claro que pode -respondi me aproximando

 

Ao ouvir minha resposta, ela sorriu se sentando ao meu lado no sofá, se cobrindo junto comigo.

 

- Você é minha namorada, pode ficar comigo quando quiser -falei 

- Passei tantos anos da nossa amizade imaginando como seria namorar você, e agora que aconteceu, parece mais um sonho -ela falou e eu sorri

- Não sabia que você gostava de mim a tanto tempo assim -respondi sincera

 

Hailee gargalhou me deixando confusa, ela me olhou ainda rindo

 

- Me desculpa te falar mas você é bem lerda Mila -ela disse

- Ei! -dei um leve tapa em seu braço, mas acabei rindo junto com ela

- É sério, todo mundo já sabia que eu gostava de você, só você que não notou -ela completou

 

Encostei minha cabeça no encosto do sofá, me virando e olhando pra Hailee.

 

- Acho que eu não tinha olhos, nem cabeça pra nada relacionado a romance, ou relacionamentos -expliquei 

- E agora você tem? -perguntou

- Sim -olhei em seus olhos- E eu acho que podemos ser muito felizes juntas

- Por mim nós vamos ser sim, porque eu vou lutar muito pra isso -ela respondeu- Você só tem que confiar em mim, acreditar que eu sou capaz de fazer você e o Lo felizes, que eu posso cuidar dos dois -ela terminou de falar

 

Aproximei nossos rostos, colando nossos lábios em um selinho demorado. Me afastei voltando a olhar nos olhos dela.

 

- Eu confio em você!

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...