História Let Me Love You - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Camreng!p, Laureng!p
Visualizações 1.603
Palavras 1.837
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Policial, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 44 - 44


Fanfic / Fanfiction Let Me Love You - Capítulo 44 - 44

 

POV'S CAMILA

 

- A Chloe fica acordando a noite toda -minha amiga reclamou

- O Lorenzo fazia a mesma coisa, mas calma, é só agora no começo, com o tempo isso passa -falei afim de tranquiliza-la

 

Meu filho estava emburrado em meu colo, com a cara fechada, morrendo de ciumes da Lauren com a Chloe 

 

- Não precisa ficar com ciumes bebê -disse rindo

 

Assim que Lauren soltou Chloe, Lorenzo praticamente correu até ela, me virei voltando a conversa com Mani

 

- Você pretende ter outro filho amiga? -ela perguntou de repente

- Não, você pretende? -perguntei de volta

- Eu não sei, é cansativo, mas é tão lindo -ela disse sorrindo

 

Eu entendia perfeitamente o que Mani estava sentindo, ter um filho é um momento único, é algo tão especial e lindo...

 

- Bom, eu concordo que é lindo, mas eu estou muito feliz em ter o Lorenzo, não sinto vontade de ter outro -falei sincera

- Mas você está tomando pílula? -ela me olhou de um jeito estranho

- Não... -respondi com certo receio

- Porque pelo chupão no seu pescoço, as coisas entre você e a Lauren estão bem quentes ultimamente -disse sugestiva

 

Peguei meu celular, abri a câmera frontal e olhei diretamente pro meu pescoço, vendo a marca ali

 

- Se não tomar cuidado vai acabar engravidando... -falou

- Nem fala isso... -guardei o celular de novo

 

Fiquei conversando com Normani por mais um tempo, era tarde quando resolvi ir embora

 

Ao chegar na minha casa, Lorenzo já dormia, Lauren foi leva-lo para o quarto dele, voltando pro meu logo depois

 

- A gente pode conversar, sobre o seu aluguel atrasado? Eu posso te ajudar com isso, eu quero te ajudar -ela disse

- Não leve na grosseira o que vou te dizer, mas eu não preciso do seu dinheiro 

 

Assim que falei em voz alta, percebi o quão grosso soou

 

- Olha, eu só atrasei o aluguel porque eu fiz algumas dividas, e aí vieram os juros, e eu fiquei toda embolada, mas eu já ajeitei tudo, e as coisas vão voltar ao normal -expliquei- Eu pago o aluguel e crio o Lorenzo sozinha desde que ele nasceu, eu consigo dar conta

- Me desculpa, eu sei que você é independente, eu não quis dizer o contrário, eu admiro você Camila, admiro a mulher que você se tornou -ela disse

- Não vamos mais tocar nesse assunto financeiro, tudo bem? -pedi

- Ta bom, mas se você precisar...

- Se eu precisar eu falo com você, pode ficar despreocupada -cortei sua fala

 

Lauren se aproximou, se sentando na cama ao meu lado, um barulho alto de trovão soou do lado de fora

 

- Acho que vai chover... -ela comentou

- É... -concordei

 

A olhei, me tocando do clima estranho que tinha se instalado

 

- Vai dormir aqui hoje? -perguntei

 

Já que Lauren dormir em casa estava se tornando algo frequente

 

- Eu posso? -perguntou de volta

- Claro -respondi- Eu só vou tomar um banho e já me deito -avisei

 

Peguei meu pijama entrando no banheiro, tomei um banho rápido e quando sai, os raios e trovoadas estavam mais fortes, assim como a chuva que caía do lado de fora

Ao entrar no quarto, não encontrei Lauren, andei até a sala encontrando-a sentada no sofá, olhando para um ponto qualquer

 

- Lauren? -chamei por ela

 

Ela virou a cabeça pra mim lentamente, seus olhos estavam cheios d'água

 

- O que aconteceu? -questionei preocupada

- Eu não sei... -uma lágrima escorreu por seu rosto- Eu fiquei aqui pensando, e me toquei do que seria de mim se eu nunca te reencontrasse 

 

Me sentei no sofá, ficando próxima a ela

 

- Eu ainda seria uma pessoa horrível, e talvez eu nunca encontrasse alguém -ela chorava

 

Desde que Lauren voltou, já vi ela chorar por todas as vezes que ela não chorou quando namoramos pela primeira vez

 

- Você faz eu querer ser uma pessoa melhor -disse- Eu sinto muito por tudo que eu te fiz Camila, você não merecia nada disso, eu sinto muito mesmo

 

Acariciei seu rosto olhando em seus olhos

 

- Ei, não precisa chorar por isso, é passado, o que importa é quem você se tornou agora -assegurei 

 

Dei um beijo lento nela, sentindo suas lágrimas entre o beijo

 

- Para de chorar -pedi

- Você é a melhor coisa que aconteceu na minha vida -declarou emocionada

 

Me sentei de lado no colo dela, deitando a cabeça em seu ombro.

Lauren e eu ficamos naquela posição por longos minutos, enquanto a chuva caía forte do lado de fora

 

Naquela noite, fiquei apenas pensando na diferença da Lauren de antes pra Lauren de agora.

A todo momento ficava vindo em minha cabeça o fato de ter mentido para os meus pais 

 

Logo você mentindo Camila?

 

Minha mente me acusava a noite toda. 

Sempre odiei mentiras, então cheguei a conclusão de que contaria a verdade para os meus pais no dia seguinte

 

Acariciava o braço da Lauren devagar, enquanto sentia as caricias dela nos meus cabelos, ficamos mais de meia hora assim

 

- Acho melhor a gente ir dormir -sussurrou com sua voz rouca

- Estou com preguiça de me levantar, está tão bom aqui -confessei

 

Está tão bom ficar aqui, em seus braços...

 

Soltei um grito surpresa quando Lauren se levantou comigo em seu colo, ela me levou até o quarto me deitando na cama

 

- Eu preciso de um banho, é rapidinho -avisou

 

Ela beijou minha testa antes de entrar no banheiro.

Me virei na cama, puxei o travesseiro abraçando-o, e então um sorriso bobo se formou em meu rosto

 

Lauren saiu do banheiro usando a blusa e uma cueca

 

- Onde tem um shorts? -perguntou

- No guarda roupa -respondi

 

Ela andou até o meu guarda roupa, abrindo a primeira gaveta

 

- Hum, achei suas calcinhas... -ela se virou pra mim com uma das minhas calcinhas na mão

 

Ela guardou, pegou outra se virando pra mim outra vez

 

- Meu Deus Camz! -exclamou surpresa

 

A olhei pra entender do que a mesma estava falando, Lauren estava com um um fio dental meu nas mãos

 

- Como eu vou conseguir dormir sem imaginar você usando isso daqui? -perguntou  

 

Tentei segurar a risada mas não consegui, Lauren as vezes age como uma adolescente

 

- Você não ia pegar o shorts? -arqueei a sobrancelha

 

Ela riu, pegou o shorts colocando-o e vindo se deitar comigo.

Quando ela se deitou, me aproximei, ela me abraçou, deixando um beijo em meus cabelos

 

Ali, junto com ela, eu sentia emoções que a muito tempo estavam esquecidas dentro de mim, sentimentos que eu nem lembrava mais que podia sentir.

 

 

 

POV'S LAUREN

 

Deixei Lorenzo na creche dele, dirigia na direção da minha casa devagar por conta da chuva forte, quando parei em um semáforo, olhei para o lado e vi uma coisa que me chamou atenção

 

Era um cartaz das forças especiais, falando sobre o recrutamento que estavam fazendo, lia tudo atentamente quando ouvi uma buzina atrás de mim, me trazendo de volta a realidade

 

Continuei o caminho até chegar em minha casa, estacionei o carro saindo do mesmo.

Hulk estava todo encolhido no chão da garagem, provavelmente com frio, me bati mentalmente por ter deixado ele passar a noite toda no frio.

 

- Vem com a mamãe Hulk -chamei

 

Olhei pra entrada da minha casa e vi que as cortinas estavam abertas, diferente de como deixei ao sair, peguei minha arma que ficava debaixo do meu banco no carro, e voltei a andar até minha  casa

 

Deslizei a porta devagar, vendo que a mesma estava aberta, ouvi um barulho na sala, me virei rapidamente com a arma em punho

 

- Meu Deus Lauren! -meu irmão exclamou

 

Abaixei a arma devagar, soltando todo o ar que tinha preso

 

- Ótimo jeito de me receber de volta Lauren -ele riu

- Que susto Chris -falei sincera

 

Guardei a minha arma na calça, olhando pro meu irmão

 

- Você some por tanto tempo e volta assim, de repente -falei

 

Chris tinha praticamente ido morar com Ariana, depois que a mesma o ajudou a arrumar um emprego no mesmo lugar que ela

 

- Acabei de chegar de uma viagem -ele disse sorrindo

 

Chris se aproximou de mim, abraçando o meu corpo, retribui o abraço

 

- Senti sua falta maninha -disse

- Eu também senti falta de você deitado no meu sofá o dia todo -respondi rindo

 

Nos afastamos, me sentei no sofá e ele se sentou ao meu lado

 

- Recebeu alguma notícia dos nossos pais? Faz tanto tempo que não falo com eles -meu irmão perguntou

- Não, e nem quero receber -respondi

 

Eu não entendia o porque do meu irmão ainda se importar com nossos pais, depois de tudo que passamos 

 

- Eu vou ir tomar um banho, depois a gente conversa mais -avisou

- Ta bom, vai lá -respondi

 

Hulk subiu no sofá, se deitando encima de mim

Fiquei alguns minutos apenas acariciando meu cachorro, quando o telefone fixo começou a tocar, com muito esforço, empurrei meu cachorro do colo, sentei no chão pegando o telefone na mesinha de centro

 

- Alô? -atendi a ligação

- Alô filha, aqui é a mamãe -disse, eu revirei os olhos

- Oi Clara -respondi- O que foi?

- A gente pode se encontrar pra conversar amanhã? -perguntou, não tive tempo de responder- Aconteceu uma coisa...

- O que foi? -questionei

- Eu preciso te contar, mas tem que ser pessoalmente -respondeu

 

Não estava afim de ver minha mãe, mas queria saber o que tinha acontecido de tão importante

 

- A gente se encontra amanhã -falei

- Ótimo -comemorou do outro lado

 

Marquei o horário e o local com minha mãe, encerrando a ligação logo depois.

 

Chris e eu passamos algumas horas conversando, ele me contava animado sobre suas viagens com a Ariana, meu irmão parecia estar realmente feliz com ela, e isso me deixou mais feliz ainda.

 

...

 

Acordei, tomei um café da manhã e dirigi até o local de recrutamento que estava marcado no cartaz que vi no dia anterior

Entrei andando até um balcão, atrás dele tinha um homem usando um uniforme todo preto

 

- Em que posso ajudar? -perguntou

- Eu vim me retrucar -respondi

 

Ela me olhou de cima a baixo, analisando cada detalhe meu

 

- Você tem algum currículo? -perguntou

- Eu sou da polícia da Nova York

 

Ele me falou algumas instruções, tudo que eu precisava fazer e o horário que deveria estar no local onde seria avaliada no dia seguinte.

 

Fui até a creche do meu filho, entrei na sala dele pegando-o

 

- O que você fez hoje filhote? -perguntei colocando ele na cadeirinha 

- Blinquei -sorriu largo

 

Dei a volta me sentando no banco do motorista, olhei para o meu filho

 

- O que acha da gente ir no cinema? -sorri pra ele

- Eu quelo -respondeu brincando com os próprios pés

 

Dirigi até o shopping, Lorenzo e eu almoçamos lá, depois passamos a tarde toda comprando roupas, brinquedos, e passeando pelo shopping.

 

 

 

 

 


Notas Finais


No próximo capítulo vai ter a conversa da Camila com os pais dela, e vocês vão saber um pouco mais da história de vida da Lauren.
Vai entrar um personagem novo, mas ainda não sei quem escolher, deixem nos comentários algum famoso ou famosa que vocês querem que entre na fic. Obs; ele ou ela vai ser uma pessoa do bem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...