História Let Me Love You-Celltista - Capítulo 2


Escrita por: ~

Exibições 40
Palavras 1.462
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hoje o capítulo vai ferver! desculpem pela demora pro novo capítulo.

Capítulo 2 - Decepções


Fanfic / Fanfiction Let Me Love You-Celltista - Capítulo 2 - Decepções

 Eu acordei e logo vi que era 7:30 AM, levantei rápido e fui ao banheiro tomar  banho e me preparar para o encontro. Eu estou muito feliz pois é muita emoção encontrar aquela pessoa que tanto faz uma diferença em você, mesmo sendo amigo ou não eu sempre vou gostar dele, eu estou muito ansioso, deu até um frio na  barriga agora. Mas depois lembrei do que aconteceu ontem, ele praticamente me deixou na ''friendzone secreta''. oque seria uma friendzone secreta? a pessoa te considera como amigo mas ela pensa que você também a considera assim,mas na verdade você ama ela secretamente. Praticamente é oque aconteceu comigo ontem! Mas ele não me vê assim, e nunca vai me ver, porquê eu sou apenas um amigo qualquer no meio de tantos e melhores do que eu.Não é drama porra! é só realismo,se ele realmente quisesse , estaríamos juntos a muito tempo. Mas... eu nunca dei sinais que eu gosto dele..PFF  AH CARA resumindo: ele não gosta de mim e eu sim. Mas,vamos lá! já estou atrasado..

Passo pela porta do quarto de Mike e ouço altos gemidos, volto para escutar denovo, e realmente eles estavam fazendo sexo...Até eles transam e eu aqui na seca a anos..depois perguntam porquê fico na bad atoa.

Sai do apartamento, e fui para o aeroporto esperar o Felipe chegar, sentado em uma das cadeiras de espera, estava mexendo no celular. Foi quando recebi dele uma mensagem:

-Hey Rafael... 

-Oi Fê! oque foi?

-Olha só, infelizmente o voo foi cancelado.

Nesta hora eu quase comecei a ficar desesperado

-Mas ''pq''? oque aconteceu pra ter o voo cancelado?

-Eu, eu acho que devo manter a distância de você.

E foi nesse momento que eu realmente confirmei tudo oque já tinha pensado sobre ele, e ainda mais um pouco. Eu preferi não responder a essa mensagem, sai chorando do aeroporto.Foi quando eu cheguei a perto do estacionamento, e senti alguém me cutucando por trás, olhei para trás e foi ninguém menos que Felipe Batista! esse idiota estava de zoação comigo, que raiva!

-Rafa! *risos* me d..Você estava chorando?-Disse Felipe preocupado

Eu fiquei surpreso ao vê-lo mas ao mesmo tempo com raiva.

-Quer saber? estava!

-Porquê cara? -Disse Felipe

-Porque? porquê eu me importo muito com você, eu sempre sonhei com este dia e eu estava totalmente ansioso..

Batista se aproxima, e fala:

-Me desculpa, eu não quis te chatear.. eu gosto muito de você.. você sabe cara, vacilei muito agora..-Disse Felipe

-E que vacilo...

Batista suspira e me dá um abraço, e logo susurra:

''para de birra rafa... vamos aproveitar juntos..''

Senti o batimento do coração de Felipe, assim como ele devia estar sentindo o meu. Era uma conexão que eu não tinha com mais ninguém, ele me transmite uma coisa boa que ninguém mais faz isso. Eu me descobri homossexual não faz muito tempo, o Felipe é bissexual, descobri isso semana passada!como eu posso ter descobrido isso semana passada sendo que a nossa amizade é de anos? NÃO SEI.

Nos afastamos e decidimos ir ao meu apartamento.

Chegando lá, estava lá Mike e Pac no sofá assistindo filme.E quando abri a porta e Mike viu Felipe, fez uma cara de ''AHH SAFADO, HOJE ROLA EM'' retribui fazendo uma de ''cala boca e se comporte'' pois é, temos uma conversa só em olhares,bem interessante.Felipe e eu sentamos no sofá e no outro sofá mike e pac, começamos a conversar todos juntos.

-Eai Batista, quais as novidades? -Disse Pac

-Hmm bom, eu estou realmente desistindo da minha vida no youtube.. tá muito complicado.-disse Felipe

-QUE? E como você ainda não me contou isso?-Eu disse

-Eu estava esperando o momento certo para te falar. Eu penso em fazer uma faculdade de Programação na área de jogos, acho que me dou muito bem neste tipo de coisa.-Disse Felipe

-Realmente, isso é muito bom pra ganhar dinheiro, e pense como você irá progredir! E já se matriculou em alguma faculdade?-Falou Mike

-Lá onde eu moro não tem esse tipo de facul, ainda estou pesquisando um lugar acessível.. Ah em falar nisso, vocês sabem se tem algo desse tipo perto da minha cidade?

-Olha,eu conheço um bem aqui mesmo em São Paulo, são 20 minutos daqui essa faculdade..-Eu disse

-Sério? e ela é boa em ensino?-Disse Felipe

-E muito, meu amigo Molusqueti faz lá, e ele diz que é uma boa.-Diz Mike

-Opa! então vou ver direitinho, acho que vou me matricular lá.-Disse Felipe

-Mas onde você vai ficar?-Diz Pac

-Ah não sei, alugo um AP qualquer aí..-Diz Felipe

-Claro que não, se você quiser pode morar com a gente! aqui todo mundo é sempre bem vindo, especialmente a você que é melhor amigo do cellbit, é muito especial pra ele, e não perderia essa chance de ajudar seu amigo,não é mesmo Rafa?-Disse Mike

-H-hã.. é claro que não, Fê sabe que eu to com ele pra qualquer momento! Mas é claro, se você quiser!-Eu disse

-É óbvio que eu quero! vou tentar ver essas coisas o mais rápido possível, eu estou muito animado com oque eu estou em mente.Obrigada pela ajuda galera, vocês são muito fodas.-Diz Felipe

Todos ficaram felizes que o Felipe provavelmente irá morar conosco.Bom,o que está acontecendo comigo é uma mistura de gritos e loucuras dentro de mim. EU NÃO ACREDITO NO QUE ESTÁ ACONTECENDO. MEU PAIZINHO!

E então eu e o pessoal saimos para curtir, em uma balada.Eu e o Felipe ficamos juntos, ele não olhava para ninguém com um olhar diferente, era algo como se apenas eu ele e o bartender existissemos, acho que para uma primeira vez ao nos vermos é uma coisa natural querermos ficar um ao lado do outro,nada além da infelizmente amizade..eu gostaria que ele enxergasse que eu o amo, eu o quero o tempo inteiro e eu não aguento mais ficar tão distante dele no amor,  eu preciso me declarar pra ele!

Em quanto estava perdido nestes pensamentos, ele falou que iria pegar mais uma bebida com o bartender, ele está demorando demais, vou procurar ele e...ME DECLARAR!

Fui até a mesa do bartender e nada dele, olhei para o lado e tinha uma parede que separava o banheiro feminino e o masculino, andei até lá e me deparei com uma cena que nunca vou esquecer. Felipe beijando outra menina, eles estavam tão concentrados naquele beijo que nem perceberam que eu estava de frente para eles com a boca aberta, mas foi quando eu deixei o copo com a bebida que eu estava na minha mão caiu e eles ouviram, eu me virei rapidamente e abandonei aquela balada totalmente decepcionado e abalado, eu não acreditei no que vi. Eu pensei que ele estava gostando da minha compania,mas pelo visto minha presença não faria nenhuma diferença pra ele.  sentado na calçada em frente a balada, eu levantei e fui para a praça em frente, e sentei a um banco e comecei a chorar.

Eu sou um trouxa. Eles não se importam comigo.Ninguém se importa.A mesma coisa foi com felps, chegamos a namorar mas quando saímos juntos, me deparei com uma cena quase igual, só que com ele foi com o Jvnq. Aqueles filhos de uma puta,e ainda fingiu amizade pra cima de mim: ''Ai amigo, parabéns pelo seu namoro, apoio muito esse casal'' palavras de jvnq. Além de me trair, me fazia sofrer todo dia com suas brigas desnecessárias..sem falar que ele me violentava, mas eu não abandonei ele em momento nenhum! eu fui fiel até o ultimo momento,mas se tem uma coisa que eu não aprendi é parar de ser trouxa. EU CANSEI! NÃO VOU MAIS CORRER ATRÁS DE NINGUÉM QUE ME FAÇA SOFRER.

Eu não conseguia parar de chorar,e acabei com a pressão abaixando e quando fui ver tudo estava escurecendo e me apaguei totalmente.

Acordei no sofá e quem estava lá? Felipe. Olhei para o relógio e era  exatamente 3:21 da madrugada, tinha passado apenas meia hora desde que apaguei.

-Você está bem Rafa?-Felipe

-Sim.-Disse curto e grosso, os meus pensamentos e lembranças estavam voltando lentamente a minha cabeça, e a raiva e a decepção estavam me contaminando pouco a pouco.

Me levantei para tomar um banho e trocar de roupa, eu queria descansar. 

Sai do banheiro pronto para dormir, e mike e pac tinham chegado e quando me viram disseram:

-Rafael! o Felipe te achou na praça desmaiado em um banco, ele pensou que você tivesse morrido! ele me ligou e eu fui correndo pra lá,vimos que seu coração ainda estava batendo e te levamos pra casa. Você deve ter desmaiado de tanto alcool né safado?-Pac

Sem expressão alguma, não havia nenhum sentimento me dominando.

-Não.-Eu disse e fui para o meu quarto e fechei a porta.

Me deitei na cama, com o barulho da chuva me relaxei mas não consegui dormir..


Notas Finais


<3 Até ao próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...