História Let Me So Only For A Moment - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Aquarius, Aries, Câncer, Carla (Charle), Crux (Kurukkusu), Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gemini, Gildartz, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Lector, Levy McGarden, Loki, Lucy Heartfilia, Lyra, Makarov Dreyar, Metalicana, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Orga Nanagear, Rogue Cheney, Rufus Lore, Scorpio, Sting Eucliffe, Tauros, Wendy Marvell
Tags Acnologia, Dragões, Lucy Heartfilia, Nalu, Natsu Dragneel
Exibições 58
Palavras 1.520
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


DESCULPEM PELA GRANDE DEMORA
MAS voltarei a postar com mais regularidade
kisses

Capítulo 15 - Capitulo 14


...Floresta perto de Magnólia...

Lucy - Acordei com o sol a bater-me na cara, alevantei-me da cama e fui tomar um banho demorado. Ao tirar a roupa vi que tinha uma marca de um dragão vermelho. -Mas porque raio tenho uma marca de dragão vermelho? -começai a pensar mas não dei muita importância para a marca, tomei o meu banho, fiz a minha higiene pessoal e vesti uns calções pretos, um top azul escuro as minhas botas pretas e para finalizar pus a minha capa e fiz um rabo de cavalo alto com a franja a tapar o olho. Saí do quarto e fui à procura da Yami. -Yami?!

Yami - Estou aqui mama! -hoje tinha acordado cedo e como ainda eram 7 da manhã fui treinar.

Lucy - Yami vamos tomar o pequeno almoço. -fui em direção à cozinha e fiz o nosso pequeno almoço, Yami logo apareceu e ajudou. Tomamos o pequeno almoço e fomos para o quarto arrumar a nossas coisas para irmos para Fiore, a cidade da Sabertooth.

Yami - Mama já acabei de arrumar as minhas coisas então vou tomar banho.

Lucy - Ok, não demores. -avisei, saí do quarto e fui até ó escritório do meu pai, entrei lá e sentei-me na poltrona, peguei no medalhão que o meu pai me deu com a nossa foto e com as dos meu pais que já faleceram, não minto quando digo que tenho saudades deles mas agora tenho a Yami e o meu pai Acnologia que eu tanto adoro. Alevantei-me da poltrona e peguei na lácrima que tinha em cima da mesa, liguei para o meu pai e ele logo atendeu.

#Ligação on#

Lucy - Pai daqui a pouco vou para Fiore.

Acnologia - Tabém filha, está tudo bem?

Lucy - Sim, quando é que eu vou poder ir a Dragon?

Acnologia - Não sei filha, mas quando poderes vir cá eu digo-te.

Lucy - Ok, pai tenho te perguntar uma coisa.

Acnologia - Pergunta.

Lucy - Hoje de manhã reparei que tinha uma marca de dragão vermelho a cima do meu seio, o que significa.

Acnologia - Filha estão a precisar de mim sayonara. -e desligou

#ligação off#

Lucy - Mas porque raio ele não quis dizer o significado da marca. -ficai mais algum tempo a pensar, até que me lembrei da Yami. Saí do escritório e fui até ao quarto.

Yami - Mama já estou pronta vamos. -peguei na minha mala e fui em direção da mama.

Lucy - Sim. -peguei na minha mala e teletransportei-nos para a estação de trem.

Yami - Vamos de trem? -perguntei curiosa e surpreendida.

Lucy - Sim, estou com saudades de andar de trem. -comprei os nosso bilhetes e usei o Troia em mim para não enjoar. 

...Quebra de Tempo...

Lucy - A nossa viagem tinha durado 2 horas, saímos da estação e fomos diretos até à guilda Sabertooth. Pelo caminho vimos um exeed com fato de sapo e era tão kawaii, parecia que ele estava a chorar, fomos até ele para ver o que se passava. -O que se passa pequeno sapo?

Frosh - Frosh perdeu-se princesa-san. -disse chorando.

Lucy - Princesa-san? -perguntei confusa.

Frosh - Aye, Frosh viu a princesa-san no baile da flor branca.

Yami - Frosh nós vamos ajudar-te a voltar para a casa, mas onde vives? -perguntei calmamente.

Frosh - Frosh faz parte da Sabertooth.

Yami - Então vamos os três para o mesmo lugar.

Lucy - É. -peguei no Frosh e na Yami e eles ficaram no meu colo, andei em direção à guilda e passado pouco minutos já estava-mos à frente dela, como não tinha braços para abrir a porta dei um chute nela. -Yo.

Frosh - Rogue-kun. -saltei dos braços da princes-san e fui a correr até ao Rogue-kun.

Rogue - Frosh. -abraçai-o.

Sting - Mas quem é que chutou a porta? -perguntei inervado.

Lucy - Eu, porque algum problema. -disse friamente e com um sorriso sínico.

Sting - P-Princesa Lucy. -ajoalhei-me e abaixei a cabeça. -Desculpe.

Lucy - Alevanta-te. -ordenei.

Sting - Aye.

Rogue - Princesa obrigada por me trazer o Frosh. -agradeci.

Lucy - Tudo bem e chama-me de Lucy.

Rogue - Aye.

Lucy - Gostava de falar com o mestre.

Rogue - Ele está lá em cima.

Lucy - Ok. -teletransportei-nos (eu e a Yami) e bati na porta que tinha o nome do mestre "Jiema". Ouvi um "entre" abafado e entrei. -Eu e a Yami gostava-mos de entrar na guilda. -fui direta.

Mestre - E quem és?

Lucy - Sou Lucy Dragnologia, princesa dos dragões e dos dragon Slayers e está como eu disse é a Yami minha filha. -disse.

Mestre - Então as meninas gostavam de entrar na guilda. Tudo bem, onde querem a marca e de que cor.

Lucy - Eu quero a marca nos pescoço preta com as bordas azuis.

Yami - Eu quero a marca na pata roxa com as bordas azuis também. -o mestre colocou as nossas marcas e levou-nos para um palco.

Mestre - Minna, temos novas 2 nakamas, apresentem-se.

Lucy - Yo meu nome é Lucy Dragnologia tenho 18 anos, sou filha do rei dos dragões Acnologia. -apresentei-me

Yami - Yo minna, sou Yami filha da Lucy ,e sou uma exeed que utiliza armas e espadas.

Todos - Bem-vindos! -gritaram.

...Em Magnólia...

Natsu - Eu estava marcado, eu já pertencia a alguém, mas quem? Esta pergunta acompanhou-me o dia todo, Happy e os outros da guilda olhavam para mim preocupados, pois não estava a fazer a algazarra que faço todos os dias.

Erza - Natsu está tudo bem? -Natsu desde manhã está muito quieto.

Natsu - eu estou bem, não se preocupem. -levantei-me da cadeira e saí da guilda, Happy preferiu ficar disse que era melhor eu estar sozinho e eu também acho. Vou contra alguém, olho para essa pessoa, vi que era uma rapariga loira.

Natsu - Desculpe. -pedi

Rapariga - Não faz mal.

Natsu - Aquela rapariga, parecia-se com alguém... Mas quem? Visões de uma linda rapariga loira de olhos achocolatados vieram-me à cabeça. O meu coração começou a acelerar, e o sitio onde tinha a marca começou a arder, era ela quem me tinha marcado e eu a ela. Mas o que será que aconteceu para eu não me recordar dela? Tentei lembrar de mais alguma coisa mas a minha cabeça começou a doer, a única coisa que eu consegui me lembrar foi a primeira letra do seu nome L, o seu nome começava por L.

...Quebra de Tempo...

Em Fiore

Lucy - Eu e a Yami fomos ao mercado comprar comida, após de compra-mos tudo fomos em direção à nossa nova casa, pelo caminho encontrei o Rogue, Sting, Lector e Frosh.

Frosh - Mama. -corri até a minha mamã e abraçei-a.

Lucy - Frosh. -abraçei-o de volta, reparei que a Yami ficou com ciúmes, peguei nela e abraçai também junto com o/a Frosh.

Sting - Blondie já encontras-te casa? -peeguntei curioso.

Lucy - Sim a casa é suficiente grande para nós vivermos. -disse com um sorriso de satisfação.

Frosh - Frosh quero conhecer a casa da mama. -fiz beicinho.

Lucy - Sim todos nós vamos conhecer a nossa casa nova. -olhei para o Rogue, e ele continuava calado com a sua famosa cara poker-face. Seguimos em direção para a nossa nova casa, pelo caminho tentei conversar com o Rogue mas sempre que me aproximava ele se afastava. -Chega-mos. -paramos em frente da casa e vi que todos exceto eu e a Yami estavam de boca aberta.

Sting - Blondie...parece que vamos ser vizinhos. -comentei com um grande sorriso.

Lector - Lucy sabes cozinhar?

Lucy - sim sei porquê? -peeguntei com um pouco de receio.

Lector - Então podes cozinhar para nós, a comida que o Sting e o Rogue fazem é horrível.

Lucy - Por mim tudo bem desde que paguem os ingredientes para eu cozinhar. -todos acenaram que sim. -Bem vou tomar banho se quiserem entrar podem ficar na sala. -abri a porta e ficai de boca aberta, a casa tinha ficado linda, olhei para os lados para ver se encontrava a Virgo para agradecer e logo vi ela a vir na minha direção. -Virgo domo arigato. -abraçei a Virgo e vi ela a corar um pouco.- O que queres com recompensa pelo o trabalho que tiveste ?

Virgo - Hime com recompensa eu quero uma punição.

Lucy - Sem ser punição Virgo. -disse com uma gota na cabeça.

Virgo - Gostava que a Hime se lembra-se do seu dragão. -disse com um pequeno sorriso, mesmo depois de Lucy usar a magia de perda de memória, vi que ela sorria muito menos. -tenho que ir sayonara.

Lucy - Meu dragão? -pensei. -Bem vou tomar banho meninos, se alguém entrar no meu quarto essa pessoa fica sem os mini júniores que vocês têm.

Todos exceto a Yami e o Frosh - A-Aye.

Lucy - Fui para o meu quarto e entrei no banheiro, despi-me e olhei de novo para a marca que tinha no peito. Visões de uma pessoa com cabelo rosa invade os meus pensamentos, o sorriso dele era reconfortante... Mas quem é ele?


Notas Finais


Comentem se poderem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...