História Let me tell you a story -- l3ddy -- S2 - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Felipe Z. "Felps", Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Rafael "CellBit" Lange
Personagens Felps, Lucas "LubaTV", Lucas Olioti, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange
Tags 34 Pra Caralho, Cactus, Cellps, Destruição, Frankirias, Galinha, Gente Filha Da Puta, L3ddy, Let Me Tell You A Story, Mais Sangue, Morte, Nihsham, Sangue, Viadagem Jurássica
Exibições 35
Palavras 1.450
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Slash, Sobrenatural, Super Power, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


PUTA QUE PARIUUUUUUUUUYY
DEPOIS DE UM FUCKING MÊS EU VOLTEI
eu realmente consegui me passar.
Acreditem eu tive bons motivos. E AGRADEÇAM A NADIB3AR QUE ELA ME FEZ LEMBRAR VOCÊS EXISTEM E QUE EU ME IMPORTO COM VOCÊS. <3
MINHA NEGADA EU SENTI TANTA FALTA MAS TANTA FALTA DE VOCÊS.
ESSE CAPÍTULO É TIPO O COMEÇO DE TODA A PUTARIA. A COBRA VAI FUMAR.
MAS É AQUELE DITADO NÉ,
E EU TENHO UMA COISA A FALAR
NÃO DIGO NADA
E DIGO MAIS!
SÓ FALO ISSO.
UMA FODENDA ÓTIMA LEITURA PARA CADA UM DE VOCÊS ATÉ AS NOTAS FINAIS NEGADA

Capítulo 4 - Back again


Fanfic / Fanfiction Let me tell you a story -- l3ddy -- S2 - Capítulo 4 - Back again

Alexia pov.

É AGORA!

Rahsham está fazendo o feitiço para que o novo vampiro possa andar no sol. Agora é a oportunidade perfeita para que eu siga com meu plano.

Entrarei em uma conexão com o plano deles, este feitiço, na verdade qualquer um, serve de portal, mas só para os atentos o suficiente que conseguem pegar a oportunidade.

Folhas voam pela sala, ouço gritos, palavras em latim e choros.

Eles não são capazes de me ver, porem, estou lá. E consigo ver a todos.

O procuro, ele não está na sala, mas consigo sentir sua presença no recinto.

- Ah! aí está você! - Digo, entretanto ele não me escuta, mas outro alguém sim.

Vince pov.

Estava chorando, pois não sabia o que estava acontecendo, por que Rafinha estava desesperado? Por que Felps estava inconciente?

Ele não pode ter morrido...

De repente vejo Nicholas com olhos arregalados, parece que ele viu um fantasma, mas ele não diz nada, como se não quizesse que ninguém ouvisse...

Minha respiração fica falha.

Comesso a soluçar loucamente, é como se toda a minha energia estivesse sendo sugada de mim, como se eu estivesse... deixando de existir?

Uma dor se instala no meu peito, e Nicholas somente me encara sem expressão, como se... estivesse se livrando de mim, e apreciando isso.

Eu ouço uma risada semelhante a de Annelyn, porem maligna. 

E derrepente tudo fica escuro.

Alexia pov.

- Você não vai contar pra ninguém, né querido? - Pergunto a duplicata que eu mesma trouxe de volta

- Meus lábios estão selados.

- Bom. Não gostava mesmo dessa criança, não é?

Ele apenas olha para baixo sem dizer uma palavra sequer. Mas posso sentir que ele não se arrepende.

- ESTÁ PRONTO! - Rahsham grita - O feitiço está pronto. - Ele completa a frase suando e ofegante - Quando Felps acordar, ele se tornará um vampiro capaz de andar sob a luz do sol. Seu único problema, Rafinha, será lidar com a personalidade intensamente indignada de Felps. - O príncipe assentia com a cabeça enquanto chorava abraçando o corpo do outro rapaz. Porque eu fui me meter em uma história que todo mundo é viado? Puta que me pariu.

- Tio Rahsham, o que aconteceu? - Pergunto fazendo a linha fina

- Nada querido, nada. Vai ficar tudo bem. Por quê você não vai lá na cozinha e pega um daqueles brownies que deixam você calminho que o tio fez, hum? Vai lá, é mó bom.

- Rahsham, é um daqueles brownies especiais que você me dava quando eu me exaltava intoleravelmente? - Rafael pergunta

- Sim.

- EU TAMBÉM QUERO. - Ele berra

- Vai lá buscar. - Rahsham fala e ele sai correndo

- Que suspeito. - Nicholas fala.

- Shhh.

T3ddy pov.

- Já faz 84 anos que eu não saio contigo. - Falo para Luba enquanto tento me equilibrar nos patins de gelo.

- Pois então né. Tu nunca mais me chamou pra sair.

- Ah coitado dele, tadinho dele, o trancafiado, o mantido em cativeiro, nunca mais viu a luz do sol ele, coitada dessa alma.

- Vai se fuder e me ajuda a colocar essa merda. - Ele fala enquanto tenta colocar os patins. Me aproximo para o ajudar, mas, um homem que trabalha lá chega antes de mim.

- Se me da licença. - Ele sorri para Luba e põe o patins nele. O olho com desgosto. 

- Obrigada... "Seunome."

- Brian. Meu nome é Brian. - TA FUDENDO COM A MINHA CARA NÉ PALHAÇO.

- Obrigada Brian. - Consigo ouvir Luba gargalhar mentalmente

- Em sua desposição. - Ele. Pisca. Ele. Acabou. De. Piscar. E foi embora.

- T3ddy não. Não. Não faça. - Luba ri enquanto se levanta

- Eu não mereço uma coisa dessas Lucas. Agora todo Brian é gay e da em cima de nós dois. Ta brotanto Brian até do esgoto nessa merda. Não da mais, não posso. Quer saber? Eu não vou matar esse cara. - Suspiro -  O SEU NOGENTO! VOCÊ AI MESMO SEU MERDA! BRIAN! SIM, VOCÊ! FICA LONGE DESSE MERDA AQUI, PORQUE ELE É CASADO E TEM UM FILHO AFRODECENDENTE MARAVILHOSO DE 10 ANOS COMIGO AQUI, TA? SEU PROJETO FÉRTIL DE SATANÁS, SE TU CHEGAR A TRÊS METROS DE DISTÂNCIA DELE CORTO TEU PÊNIS FORA E TE ENTERRO NO MEU PORÃO COM OS OUTROS BRIANS. - Grito tudo de uma vez.

Tinha uma criança na minha frente.

- Que micão. 

Vince pov.

Tudo escuro. Tento chamar por meus pais, mas nenhum som sai pela minha boca.

Não sei onde estou.

Uma tela toda escura. É tudo que vejo, como se estivesse no vácuo.

Inspiro intencificamente.

O cheiro me é familiar...

OS BROWNIES SUSPEITOS DO RAHSHAM!

Corro pelo espaço, porém, quanto mais corro, mais perdido fico.

Escuto vozes.

- Aléxia, você conseguiu?

- Consegui, Rubens.

Meu deus. São os personagens da história do papai!

- Está pronta para continuar com o Olioti?

- Nunca estive mais pronta.

- Sabe que a criança dele pode morrer, não é?

- Ele estava na lista dos prometidos para Hades. Ele irá morrer. E seu assassino será Olioti.

- Ele já está perturbado o suficiente?

- Sempre esteve meu caro Rubens... Só que agora ele está mais. Muito mais. HAHAHAHAHA. Ele só precisa de um impurrãozinho, e ai, tudo pronto, sua falta de controle será tão estrondosa que ele matará seu próprio filho. E adivinha quem o matará?

- A duplicata.

- Exatamente. HHAHAHAHAHAHAHAHHAHA

NÃO!!

PAPAI!

NÃO!

EU TENHO QUE AVISA-LO! ELE VAI MORRER!

ELE VAI ME MATAR!

PAAAAAAAAI!

Tento gritar o mais alto possivel.

Mas mesmo assim, nenhum som sai de minha boca.

Brian n°3 pov.

A minha vingança contra esse casal do inferno será concretizada.

Por todos os Brians que eu conheci na convenção de Brians, que ja deram encima deles e acabaram mortos e enterrados no porão, eu me sacrificarei, e caçarei esses dois. Nem que seja a ultima coisa que eu faça.

Por que infernos eu quero isso?

Porque Vladmir me pediu...

Quem diabos é Vladmir? E o que ele fez com a minha cabeça?

Rafael pov.

Escuto um bater de coração vindo de Felps.

Ele acorda puchando todo o ar por seus pulmõezinhos.

- PUTA QUE PARIU AMORSINHO TEM UM CARA COM UM TACO DE BASEBOL ATRÁS DE MIM... Ué, onde é que eu to. AAAAH EU LEMBREI!

- Vish.

- AMORSINHO VOCÊ ME MATOU!

- MAS FELPS EU SÓ TE MATEI PRA VOCÊ FICAR VIVO!

- ESSA FRASE NÃO FAZ SENTIDO! 

- EU NÃO FAÇO SENTIDO TAMBÉM. FOI A FRANKY QUE DISSE.

- EU TO BEM BRABO. SABE O QUE EU VOU FAZER?!? 

- O QUE?

- VOU FAZER UMA COISA OFENSIVA.

- EU NÃO ACREDITO! NÃO OUSE FAZER O QUE EU ACHO QUE VOCÊ VAI FAZER!

- EU IREI. EU VOU TE XINGAR EM RUSSO.

- NÃO ACREDITOOOOOO!

- TY GLUP (SEU BOBO)

- FELPS MAS QUE BOCA SUJA!

- E DIGO MAIS!  KHUY! (BOCÓ)

- FELPS SEU, SEU, SEU CHATÃO! VOCÊ É UM CHATÃO!

- EU SOU FELPS!

- HEY NÃO ME XINGUE NO SEU IDIOMA RESTRITO!

- TARDE DEMAIS! JA XINGUEI.

- FELPS MAS QUE PUTARIA É ESSA NÓS TEMOS FILHOS!

- VOU LEVAR ELES PRA RUSSIA! ELES VÃO VIRAR MISTICOS QUE NEM EU.

- VOCÊ NÃO É MAIS MÍSTICO COMO COSTUMAVA SER!

- AAAAAAAH! RETIRE O QUE DISSE!

- NÃO. CALA A BOCA JA MORREU QUEM MANDA NA MINHA BOCA SOU EU.

- Eu vou me embora daqui.

- FELPS NÃO VÁ!

- Sashay away.

- NÃO!!!! NÃO SE VÁ!

Ele foi.

Franky pov.

- Velho inútil da desgraça, só causa problema, só bebe da minha bebida, não faz nada, trabalha no meu recinto só de cao porque não faz é porra nenhuma, agora dorme no meu sofá e baba, vai pra merda seu inferno. - Empurrei ele do sofá.

- MEU DEUS EU EXPLODI O CARBURADOR DA DONA JOANA, Franky?

- Não to aqui pra fazer perguntas, vai secar o Niágara que tu criou no meu sofá 

- É meu sofá também.

- NÃO É TU QUE PAGA AS CONTA O SOFÁ É MEU. 

Zacarias ia se pronunciar, entretanto é interrompido pela campainha.

Ele me encara.

Eu o encaro.

Ele permancece parado.

- Seu inútil. - Falo e caminho até a porta.

Com passos lentos chego até a entrada e abro a porta calmamente.

Meus olhos se arregalam pelo susto de rever aquela mesma face que tanto me amedrontou. 

Fiquei em choque.

- Vla-Vla-Vladmir? - Engulo a seco

- Olá Franky. Só passei aqui para dar um oi... Dizer que consegui me livrar das amarras que Zacarias colocou em mim lá nos anos passados... E , para te ganhar de volta.


Notas Finais


CARALHOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
MEU DEUS QUE PORRA FOI ESSA
QUEM É VLADMIR?!
ja contei quem ele era. Ele ja apareceu em capítulos passados. Só não citei o nome dele, foda-se quero especulações, viajem.
Bom cheguei meio neide, venho falo pouco e observo, então eu vou deixar vocês aqui com uma frase filosofica profunda pra refletir.
Será que você já bebeu o leite da mesma vaca duas vezes?
PAM
VEJO VOCÊS NOS COMENTÁRIOS :D :P
SAUDADES <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...