História Let's Cheers To This - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pierce The Veil, Sleeping With Sirens
Personagens Kellin Quinn, Vic Fuentes
Tags Kellic
Exibições 70
Palavras 897
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Lemon, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaaaaa, bem, é tecnicamente minha segunda fic, comecei a escrever uma, exclui mas pretendo continuar com ela, chega de falar Nicole ~ moon face ~ até lá em baixo ❤

Capítulo 1 - Um dia... Normal?


Acordei com o corpo totalmente quebrado e dolorido, depois de passar a noite toda abrindo cortes em minha pele, como é difícil ser eu... 

A piada do colégio e da minha família, apenas pela minha condição sexual, isso mesmo, condição. São ridículos os termos "opção sexual" ou "orientação sexual". Opção é quando  escolhemos algo, e orientação é o que nos ensinam a ser. Bom, não escolhi ser gay muito menos me ensinaram a ser. 

É algo que vem de dentro, e não há como fugir. Desde a 4ª série eu percebi que era diferente dos outros garotos, mas dois anos atrás eu realmente assumi e aceitei minha homossexualidade, doeu, não no sentido figurado, eu e meu irmão somos gays e meu pai nos espancou por isso, disse que criou dois filhos homens para serem homens e não para ficarem de quatro para outros homens, essas palavras não saem da minha cabeça. Desde então moro com minha mãe e meu irmão mais novo e temos uma ordem de restrição contra meu pai. 

Pisquei meus olhos tentando me acostumar com a claridade que transapassava pela cortina clara de meu quarto, e depois de alguns segundos me levantei indo até o banheiro, tirei meu pijama e entrei embaixo do chuveiro sentindo uma certa ardência pelos cortes recém feitos em minha pele. Saí enxugando meus cabelos e me digirindo até meu armário, é segunda e infelizmente  ainda não terminei o colegial, coloquei uma camiseta do Green Day, uma caixa skinny preta, meus companheiros all star preto clássico e um moletom preto. Desci as escadas encontrando meu irmão, Michael, na cozinha. 

_Bom dia! - ele falou assim que me viu, com um largo sorriso no rosto. 

_Bom dia! - dei um sorriso amarelo. Admirava Michael por sua força, passamos por tantas coisas e ele sempre tão determinado, tenho orgulho de ser irmão dele, ele sempre está com um sorriso no rosto. 

_Preparado para mais um dia? - ele falou se sentando colocando uma caneca à minha frente. 

_Preciso. - disse inexpressivo. 

_Está se cortando de novo não é? - ele falou como se fosse óbvio - Vic, precisa parar com isso, olha... 

_Mike - o interrompi - outra hora falamos disso, já estamos atrasados. 

_Não vai poder fugir do assunto. 

Apenas assenti. Tomamos o café em silêncio e caminhamos até a escola em silêncio também. Minha mãe não estava em casa, saiu cedo para trabalhar, o que explica o porquê de nunca ter percebido que seus dois filhos são gays. 

"E o Nobel de mãe do ano vai para, Vivian!" 

Ótimo, Vic! Quanta criatividade, quase ri. 

Chegamos na escola e Michael fez questão de me acompanhar até a sala de aula, apesar de insistir que não precisava. O problema de ter irmão mais novo que é maior que você é esse, ele se acha o super protetor. 

Adentrei a sala e sentei na última carteira da segunda fila, não faria diferença sentar na frente ou não, ninguém percebia minha presença. Saí de meus devaneios quando vi Kellin Quinn entrando na sala. Sou apaixonado por ele desde que o vi pela primeira vez, na 4ª série, foi aí que comecei a perceber minha  homossexualidade. Éramos amigos até eu assumir isso, depois, ele se afastou, acho que porque faria mal à reputação de super machão de Quinn. Ele se sentou ao meu lado, mas não liguei muito, até sentir a mão de Justin Hills se chocar contra a minha testa.

_Sai daí princesa, por favorzinho. - Fez uma reverência idiota, sem exitar passei para a carteira ao lado.

Ouvi o sinal bater assim que me sentei, não demorou muito e vi o professor de educação física entrar na sala afobado, pedindo para nos sentarmos. 

_Bom dia classe. Ok, eu serei breve, terão que fazer um trabalho sobre a obesidade, comidas que fazem mal a saúde, enfim, trazer vídeos, fotos, tudo para deixar a aula ainda mais interessante. Isso é para daqui um mês, podem formar quartetos para isso, tudo bem? Qualquer dúvida podem perguntar depois, agora formem as equipes. 

Bem, não tenho amigos, nem colegas, nem nada, sinto que esse trabalho vai ser um tremendo fracasso até que vejo senhor Jones vindo em minha direção. 

_Já tem equipe, Victor? 

_Não. - respondi o óbvio. 

_Isso não pode ficar desse jeito. Kellin, pode vir aqui? - vi Kellin se aproximar - Victor, está sem equipe, será que...

_Professor - o cortei já prevendo o que viria a seguir - eu posso fazer com outr... 

_Não meninos, eu peço que façam juntos, o que está acontecendo? Vocês não eram amigos? Insisto que façam juntos. - Jones cortou-me. 

_Mas professor, as equipes são de quatro integrantes, eu, Justin, Nick e Gabe já formamos nossa equipe, deve haver alguma que não esteja completa. - Kellin disse. 

_Eu abro uma excessão desta vez, tudo bem? - Senhor Jones disse. Ele queria me matar? Vi ele se afastar e Justin se aproximar. 

_Qual é Kells? O viadinho vai fazer esse trabalho com  gente? - Justin vociferou. 

_Deixa Justin - Kellin disse - isso pode até ser divertido. Na minha casa depois da aula. 

Apenas assenti e vi todos saírem da sala para a quadra esportiva. Apesar de achar que eles iriam me espancar eu iria. Afinal, isso pode até ser divertido. Mas, por que Kellin teria dito aquilo? Isso pode ser interessante. 

***Mas nem tudo é o que parece ser***

 


Notas Finais


Olaaaaa novamente, deixem comentários, opiniões, ideias, críticas, tudo é bem vindo, estrelinha na testa de todos vocês e fiquem com Deus ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...