História Let's make a baby? - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Junjou Romantica, Sekaiichi Hatsukoi
Personagens Akihiko Usami, Misaki Takahashi
Tags Junjou Romantica, Misaki, Mpreg, Onodera, Romance, Takano, Usami
Visualizações 519
Palavras 640
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi!
Voltei, e espero que gostem do capítulo!

[Eu sei que o Usami meio que ~não gostava muito~ do Mahiro e tals, mas pensem que ele está bem desesperado, hein!]
[Muito obrigada pelos favoritos e comentários! ❥]

Capítulo 4 - O pequeno Mahiro.


Capítulo 3 ─ O pequeno Mahiro.

 

No fim do expediente, Misaki já dava glórias; o dia seguinte era sábado, o dia de seu merecido descanso. Após quase passar a estação por estar dormindo no metrô, ele chegou em casa, tirando o sapato mordido para pôr numa sapateira também mordida por Hachiko.

Da sala, ele conseguia escutar os resmungos do Usami, pensando que ele estava tentando cozinhar. Mas as reclamações vinham do escritório, então Misaki foi até lá ver o que estava acontecendo.

Abrindo a porta, quem sentiu vontade de gritar foi o Takahashi, já que os livros e documentos estavam todos espalhados, sendo que ele tinha os organizado no dia anterior. Estava preparado pra atacar o marido quando viu que este tinha um Mahiro agitado em seu colo, e um Hachiko possesso mordendo sua canela.

─ Mahiro?

─ É ─ Usagi assentiu, entregando o bebê para Misaki que, o embalando e chacoalhando levemente, conseguiu fazê-lo se acalmar. ─ Eu contei sobre os nossos planos de ter filhos para o seu irmão, e ele sugeriu que ficássemos uma semana com o Mahiro pra testar.

─ Akihiko, nós não temos planos de ter filhos ─ Misaki contra-atacou, devolvendo Mahiro para Usagi.

─ Mesmo assim, dê esse descanso para seu irmão e sua esposa, eles merecem! ─ devolveu o bebê.

─ Mas essa ideia de jerico foi sua! ─ deu Mahiro novamente para Akihiko. ─ E você nunca gostou tanto assim do Mahiro!

─ Pois agora eu gosto! E ele é seu sobrinho! ─ e deu a criança novamente. Mahiro riu com a movimentação, fazendo os dois pararem de discutir. O Takahashi mais velho o observou com aqueles olhos brilhantes, parecendo mais calmo e feliz.

─ Tudo bem, nós passaremos essa semana com ele, mas não pense que vamos ter filhos por isso! ─ Misaki se deu por vencido, pegando o neném no colo, empinando o nariz e partindo como uma bala até seu quarto.

Usagi-san riu.

A cada risada infantil, uma fada realmente nascia. 

 

×××

 

No dia seguinte, o casal acordou cedo para arrumar as coisas. Na noite anterior, enquanto assistiam Procurando Nemo encolhidos no sofá, eles decidiram que iriam à praia, apresentar o mar ao pequeno Takahashi. Enquanto Usagi-san arrumava o carro e fazia a rota, Misaki arrumava as bolsas. Precavido, ele estava levando tudo o que se podia imaginar. Cangas, toalhas, protetor, salgadinhos e refrigerantes, além de várias bujingangas que ele nem sabia mais que tinha.

Com cuidado, tirou o sonolento da caminha improvisada e o enfiou numa sunga, enquanto tacava-lhe mais e mais protetor solar. Os dois Takahashis foram até Usami que já os esperava na garagem, e Misaki pôs o sobrinho na cadeirinha que seu irmão deixara.

Se acomodando ao lado do motorista, ele ligou o rádio bem baixinho para não acordar o bebê que mal se encostara e já dormia. Prontos, eles partiram para a praia mais próxima, a batida de uma música sul-coreana pulsando no rádio, para abafar o som do coração de Usagi-san que batia rápido e feliz por ver Misaki se habituando com a ideia de ter um filho.

 

Chegando na praia, eles estenderam as cangas e armaram o guarda-sol, Mahiro ainda hipnotizado com o movimento e o som das ondas. Misaki passou mais protetor em si mesmo e no sobrinho, enquanto Usagi-san se negou a ficar grudento e preferiu ficar debaixo da sombra para não se queimar.

Na beira do mar, Misaki e Mahiro fizeram castelinhos e bichinhos de areia, cavaram buracos e se sujaram inteiros. Misaki o lavou e o deixou com Usami, para que pudesse ir dar um mergulho rapidinho.

Quando voltara, porém, somente Akihiko e seu fiel caderno de rascunhos estavam lá; Mahiro não estava em nenhum lugar ali, ou perto. Nem escondido no meio dos brinquedos, ou debaixo da canga, ou atrás de Usagi.

Mahiro tinha sumido.

─ USAGI-SAN!!!


Notas Finais


Espero que tenham gostado, e deixem suas opiniões nos comentários!


[Alguém viu o debut do Wanna One? Apenas meus novos filhinhos. ❥]


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...