História Let's Not Fall in Love - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Bang, G-Dragon
Personagens Cl, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Personagens Originais, Sandara Park, Seungri, T.O.P, Taeyang
Tags 2ne1, Bigbang, Kwon Ji Yong
Exibições 265
Palavras 1.164
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei pessoal! Correndo!
Fiquem com o Capítulo 35!
Boa Leitura!

Capítulo 35 - Just a Chance


Fanfic / Fanfiction Let's Not Fall in Love - Capítulo 35 - Just a Chance

Depois de algumas horas de viagem até Busan Ji Yong, YoungRin e Haru chegaram. Ji Yong havia alugado um apartamento frente a uma das praias do local. A vista era linda, mas já estava à noite e Haru já dormia.

- Espero que goste de passar o fim de semana aqui comigo. - Disse Ji Yong aproximando-se de YoungRin que olhava a vista da praia pela janela.

- Acho que vou gostar sim… - Respondeu timidamente sem encará-lo.

- Você está bem? - Perguntou preocupado.

- Sim, porque?

- É que evitou qualquer tipo de contato comigo, parecia com os pensamentos longe. - Comentou.

- Ah, não é nada demais, são apenas bobagens… - Respondeu o olhando rápido e depois olhando para a vista.

Ji Yong por instinto tocou na mão de YoungRin a fazendo arrepiar-se pelo contato e seu coração disparar.

- Young… - Chamou Ji Yong tocando em seu queixo levemente e a fazendo olhá-lo. - Se for por aquela noite, me desculpe, não quero que pense que quero te forçar a algo. Sei que te causei muita dor e compreendo se não me perdoar. Eu mereço, mas só queria que não se fechasse comigo e que me desse uma chance de pelo menos tentar te provar e mostrar que eu mudei…

- Ji Yong, eu não sei… Eu tenho medo de tudo isso… Realmente ainda me dói, mesmo que eu não queira pensar no passado ele vem e me atormenta. - Disse ela sinceramente o olhando nos olhos.

- Eu sei. Te causei muitas coisas negativas, mas eu mudei YoungRin… Me deixa te mostrar…

- Eu não sei…

- Não estou pedindo que se abra, que aceite que nos beijamos, ou coisa do tipo. Até porque isso não é cabível por agora. Não da pra continuarmos de onde paramos e eu compreendo isso. E se iniciarmos de forma diferente?

- Como assim? - Perguntou confusa.

- Como de início. Seremos amigos e só avançaremos para mais alguma coisa se você se sentir confortável com isso, tudo bem? - Disse ele acariciando a face de YoungRin carinhosamente. - Só quero que me dê uma chance de te mostrar que mudei… Pode me dar essa chance? - Pediu a olhando nos olhos a fazendo respirar profundamente.

- Tudo bem Ji Yong, eu te dou essa chance… - Respondeu sorrindo levemente recebendo um sorriso largo de Ji Yong.

- Está com fome? - Perguntou preocupado. - Eu estou, vou pedir comida, tudo bem.

- Estou sim… Tudo bem… Enquanto isso vou dar uma olhada na Haru que está dormindo… - Disse timidamente.

- Acha que ela acorda ainda hoje? - Perguntou pegando o celular no bolso.

- Não, está bem tarde, só amanhã de manhã que provavelmente ela acorde, mas vou olhá-la, pode estar precisando que troque a fralda. - Respondeu indo para o quarto onde Haru dormiria com ela.

Ji Yong fez o pedido de comida para os dois e depois foi para seu quarto onde pegou uma muda de roupa na mala e foi tomar um banho e YoungRin fez o mesmo, mas em seu quarto.

Depois de 30 minutos a comida havia chegado e Ji Yong recebido.

YoungRin foi a cozinha do apartamento e pegou pratos e talheres e se juntou ao mais velho na sala.

Arrumaram tudo na mesinha de centro da sala e sentaram-se no chão.

- Ji Yong, depois que você voltou, nunca te perguntei isso, mas… Como está GaHo? - Perguntou ela o fazendo sorrir.

- Vai bem. Meu grande companheiro… - Respondeu sorrindo. - Acha que se Haru vê-lo ficaria com medo? - Perguntou.

- Com toda certeza, não. Minha irmã tem uma cachorrinha e ela não teve medo, porém de gatos ela tem.

- Isso será um problema. Tenha um gato em caso. - Disse preocupado.

- Com o tempo ela se acostuma… - Disse o encorajando.

YoungRin e Ji Yong jantaram juntos e começaram a ver um filme qualquer que passava na televisão, porém não paravam de se olhar pelo canto dos olhos. O clima era estranho e ao mesmo tempo engraçado o que faz YoungRin rir e logo depois a Ji Yong também.

- O que foi? - Perguntou Ji Yong rindo.

- Isso é tão estranho… - Comentou rindo. - E você, porque está rindo?

- Pelo mesmo motivo…

- Idiota… - Comentou jogando uma almofada nele enquanto ria.

- Hey! - Jogou a almofada de volta nela rindo.

- Chega, cansei de rir… - Disse deitando-se no chão ainda rindo, mas agora suavemente.

Ji Yong deitou-se ao lado dela e encostou a cabeça na dela.

- Você excluiu todas as suas redes sociais? - Perguntou ele pra quebrar o gelo.

- Só tenho o Weibo, o canal, o blog e o Snapchat. Até pensei em voltar com o Instagram e o Twitter, mas sei lá… Só mudei o nome do Blog e do Canal e mais nada…

- Você deletou as redes sociais mais importantes? Vamos resolver isso agora… - Disse ele. - Cadê seu celular?

- Nossa filha quebrou ontem… - Respondeu e fechou os olhos. - E não tive tempo de comprar outro…

- Compraremos um amanhã sem falta… Pelo menos o quebrado tá com você?

- Sim, na bolsa, mas não da pra fazer nada… - Respondeu lentamente.

Percebendo que YoungRin parecia cansada, Ji Yong levantou-se do chão e a fez levantar-se do chão. Deitou-se no sofá e a fez deitar consigo.

YoungRin deitou a cabeça em seu peito e o abraçou. Ji Yong a envolveu em seus braços e fechou os olhos. Se sentia tão bem assim com ela.

Acabaram por adormecer juntos.

Eram 5 da manhã e os dois acordaram em um susto com o choro de Haru.

YoungRin levantou-se rápido do sofá e foi correndo ver a filha que estava sentada no berço. Young Pegou sua filha no colo e Haru encostou sua boca próximo a um dos seios da mãe indicando que queria mamar.

- Suspeitei desde o princípio… - Disse a mãe, sentando-se da cama e se recostando na cama e logo amamentando a pequena.

- Está tudo bem? - Perguntou Ji Yong da porta.

- Sim, ela só queria mamar mesmo… - Respondeu.

- Entendo, então vou voltar pra sala pra não incomodar vocês, qualquer coisa me chama.

- Ji Yong…

- Sim?

- Fica aqui… - Pediu num fio de voz e antes que ele pudesse abrir a porta colocou uma fralda de pano tapando seu seio.

- Você está bem? - Perguntou entrando e sentando-se na cama e se recostando ao seu lado.

- Sim, eu só… Quero que fique aqui… - Disse ela timidamente.

YoungRin terminou de amamentar sua filha e depois de tudo estar bem deitou-se ao lado de Ji Yong com Haru em cima de si e dormindo com a cabeça em cima de seu seio. Por instinto Ji Yong envolveu seu braço em YoungRin o que fez abraçar ambas e assim dormiram de novo.


Notas Finais


OH MEU DEUS QUE COISA MAIS FOFA!
O que vocês acharam? Será que Ji Yong conseguirá desfazer os fantasmas do passado e então reconquistar YoungRin?
NÃO ESQUEÇA DE COMENTAR!
Até o Próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...