História Let's Not Fall In Love - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias CL (Chaelin Lee), G-Dragon, Jay Park
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, Jay Park, Lee Chaelin "CL", Personagens Originais, Seungri, T.O.P, Taeyang
Tags Bigbang, Daesung, D-dragon, Ecchi, Hentai, Incesto, Kwon Ji Yong, Musical, Romance, Seungri, Taeyang, Top
Exibições 28
Palavras 1.588
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpas por ter demorado MUITO para postar. Perdão.

Capítulo 6 - Loser


Fanfic / Fanfiction Let's Not Fall In Love - Capítulo 6 - Loser


                  2 ANOS DEPOIS

O BIGBANG está tendo um sucesso incrível, sou o líder e estamos MUITO bem de vida. Sou o terceiro mais rico da Coréia do Sul e depois da música decidi também adicionar outras experiências, como designer e muitos outros.

Lori... Esse é um nome que não ouço há um ano, foi tão recente a perda dela que eu ainda não superei. Fui um idiota mas o orgulho fala mais alto, posso ter a mulher que eu quiser então pra que uma irmã?

-Pare de ser orgulhoso Yong, isso irá acabar com tudo que você tem. 'Young-Bae'

-Não sou orgulhoso, só acho que se ela pode ir pra cama com outro homem, eu também posso.

-Não se esqueça que ela só ficou com outro porque VOCÊ levou uma puta para casa, ligou bêbado pra ela falando que era para ela ir no seu apartamento te ajudar com não sei o que e ainda a humilhou. 'Kang'

-Ah fodase, agora já foi. Ela está feliz sem mim.

-Espero. Eu gostava muito dela. 'Lee'

Meu sangue ferve toda vez que esse maknae fala dela ,ele fala em um tom completamente apaixonado e isso me irrita.

-Vou para casa.


-----------------------------------------------------------------


Me sento na cama e jogo minha cabeça para trás, as cenas de seu corpo despido e se movimentando de um jeito bem sexy voltam com tudo contra a minha sanidade e psicológico, não aguento mais. A quem quero enganar? Ficar longe dela é uma tortura sem tamanho. Não importa se ela é minha "irmã" ,penando bem ela é irmã adotiva então não é de sangue e isso é mais um motivo para irmos a diante, pelo menos era.


*Flashback*

Bêbado e sem controle de meus atos ligo para Lori.

Ligação

-Alô? 'Lori'

-Amor. 'Falo com uma voz vem embriagada'

-Ji-Yong? Você bebeu? 'Lori'

-Só um pouquinho haha, será que pode vir aqui? Preciso de ajuda.

-Tá bom. 'Lori'

-Te amo.

-Eu também. 'Lori'

Fim da ligação


Tinha acabado de comer uma loira que conheci em uma boate qualquer, ela estava apenas com um roupão. Ela dançava de um jeito sensual enquanto eu jogava notas em dólares para ela.

A peguei pela cintura e joguei a mais nova na cama, fiquei por cima e começamos um beijo quente. A porta do quarto é aberta revelando Lori com os olhos marejados.

-Será que eu estou atrapalhando o casalzinho ae? 'Lori cruza os braços'

-Amor, venha cá participar também. 'Tomo um gole da champanhe'


-Me esquece Ji-Yong. 'Lori sai'

-Lori! Espera! 'Corro atrás dela'

-O QUE VOCÊ QUER?! 'Lori'

-Porque está assim?

-Cretino. 'Lori abre a porta'

-O que você queria? Eu não sou de uma, sou de todas! Nós nunca tivermos nada, apenas transas que aproveitei até o último segundo.

-Desgraçado! 'Lori me acerta um tapa'

*Fim do Flashback*


-Oque eu fiz? 'Levanto e saio'

Vou me acertar com ela o mais rápido possível. É tarde eu sei mas vou tentar mesmo assim. A fama me subiu e acabei esquecendo de quem me ajudou, me apoiou e me amou de verdade durante essa jornada.


-----------------------------------------------------------------


Bato na porta e sou recebido pela mesma que me olha surpresa.

-O que faz aqui? 'Lori'

-Podemos conversar?

-Não tenho nada pra falar com você Ji-Yong. 'Lori'

-Por favor.

Ela respira fundo e abre a porta.

-Entra. 'Lori'

Ao entrar em sua casa observo cada detalhe com atenção, guardando cada parte em minha memória ,pode ser que depois dessa conversa eu nunca mais a veja.

-Diga. Seja breve. 'Lori senta no sofá'

-Em primeiro lugar eu quero pedir perdão por tudo que te fiz naquele dia. Em segundo lugar quero pedir desculpas por ser criança e não vir aqui antes. Desculpa mesmo, estou arrependido.

-Eu te perdôo com uma condição. 'Lori'

-Pode falar.

Meu coração por algum motivo acelera de um jeito inexplicável. Meu cu está na garganta. Não sei porque estou nervoso e com uma sensação que algo ruim vai acontecer.

-Quero que suma de vez da minha vida. 'Lori'

Ela desvia o olhar do meu. Não pode ser, ela está mentido, ela não quer isso! Eu sinto que Lori está mentido, anos de amor, carinho, amizade verdadeira, ótimas lembranças. ELA NÃO PÔDE TER ESQUECIDO TUDO EM UM ANO!

-Por mais que doa, eu vou. 'Levanto e vou até ela'

Ela suspira pesado e me olha, seus olhos estão marejados mas firmes.

-Posso pelo menos ter um último abraço?

Ela assente e a abraço como se a minha vida dependesse disso, passo pra ela toda a minha saudade e amor.

-Adeus Lori. 'A solto e me viro'

Ao abrir a porta escuto sua voz.

-Adeus Yong. 'Lori'

Aquilo foi como uma faca em minha garganta, meu coração se despedaça em mil.

Entro no carro totalmente revoltado por ter sido um idiota egoísta, um canalha, um cretino. Em alta velocidade avanço todos os sinais, vou para a casa dos Bang's.


-----------------------------------------------------------------


Toco a campanhia e sou recebido por Kang que me olha preocupado. Me jogo no chão totalmente desesperado e chorando como uma criança.

-Que barulho é esse? 'Young-Bae chega na sala'

-Não chore Ji, pelo menos ela te perdôo e agora vocês podem viver suas vidas sem peso algum nas costas. 'Choi'

-Vou fazer um chá pra ele. 'Young-Bae'

-Eu quero... morrer! 'Choro ainda mais'

Eu a perdi, eu perdi tudo! Sou um idiota; um babaca!

-Vamos levar ele pro quarto. 'Lee'

-Não! Eu estou bem, vou para o estúdio. 'Me levanto'

-Kwon, pare. Você não está bem, não faça nada com cabeça quente. 'Kang'

-Já disse que estou bem, preciso escrever alguma coisa se não vou explodir.

Vou para o estúdio e me tranco lá, provavelmente ficarei até conseguir escrever algo que me agrade.

Passei horas sem comer e chorando, ao reler o que escrevi no papel levemente amassado me senti orgulhoso pois consegui em um momento desses expressar os meus sentimentos e botar tudo pra fora usando as palavras e não o choro e a força física.


(Letra)

Loser oetori

Sen cheokhaneun geopjaengi

Mosdoen yangachi

Geoul soge neon

Just a loser

Oetori sangcheoppunin meojeori

Deoreoun sseuregi geoul soge nan

I’m a

Soljikhi sesanggwa nan eoullin jeok eopseo

Holloyeossdeon naegen sarang ttawin beolsseo

Ijhyeo jinji orae jeo sigan soge

Deo isangeun mot

Deutgesseo huimangchan sarang norae

Neona nana geujeo gildeuryeojin daero

Gakbon soge norananeun seulpeun ppiero

Nan meolli wabeoryeosseo

I’m coming home

Ije dasi doragallae eoril jeok jejariro

Eonjebuteonga nan

Haneul boda ttangeul deo baraboge dwae

Sumswigijocha himgyeowo

Soneul ppeotjiman geu nugudo nal jaba jujil anhne

I’m a

Loser oetori

Sen cheokhaneun geopjaengi

Mosdoen yangachi

Geoul soge neon

Just a loser

Oetori sangcheoppunin meojeori

Deoreoun sseuregi geoul soge nan

I’m a

Banbokdoeneun yeojadeulgwaui nae silsu

Harusbameul saranghago hae tteumyeon silhjeung

Chaegimjiji mot hal naui igijeogin gippeum

Hana ttaeme modeun geosi manggajyeobeorin jigeum

Meomchul jul moreudeon naui wiheomhan jilju

Ijen amureon gamheungdo jaemido eopsneun gibun

Na byeorang kkeute honja issne

I’m going home

Na dasi doragallae yejeonui jejariro

Eonjebuteonga nan

Saramdeurui siseoneul duryeowoman hae

Uneun geosjocha jigyeowo

Useobojiman geu amudo nal arajujil anhne

I’m a

Loser oetori

Sen cheokhaneun geopjaengi

Mosdoen yangachi

Geoul soge neon

Just a loser

Oetori sangcheoppunin meojeori

Deoreoun sseuregi geoul soge nan

I’m a

Paran jeo haneureul wonmanghaji nan

Gakkeum naeryeonohgo sipeojyeo

I want to say good bye

I girui kkeute banghwangi kkeutnamyeon

Budi huhoe eopsneun chaero du nun gameul su issgil

Loser oetori

Sen cheokhaneun geopjaengi

Mosdoen yangachi

Geoul soge neon

Just a loser

Oetori sangcheoppunin meojeori

Deoreoun sseuregi geoul soge nan

I’m a

Loser

I’m a loser

I’m a loser

I’m a loser


(Tradução)

Perdedor, solitário

Um covarde que finge ser durão

Um delinquente ordinário

No espelho, você é

Apenas um perdedor

Um solitário, um otário coberto de cicatrizes

Lixo imundo

No espelho, eu sou um

Honestamente, eu nunca me encaixei neste mundo

Eu sempre estive sozinho

Já faz muito tempo que esqueci o amor

Não consigo ouvir canções de amor cheias de esperança

Você e eu, nós dois

Somos apenas palhaços tristes, domados e manipulados

Eu cheguei tão longe

Estou voltando para casa

Eu quero voltar

Para os dias da minha juventude

Em algum momento

Eu comecei a olhar mais para o chão do que para o céu

É difícil até mesmo respirar

Eu estendo minha mão, Mas ninguém a segura

Eu sou um

Perdedor, solitário

Um covarde que finge ser durão

Um delinquente ordinário

No espelho, você é

Apenas um perdedor

Um solitário, um otário coberto de cicatrizes

Lixo imundo

No espelho, eu sou um

É um ciclo de garotas e erros Eu as amo por uma noite

E as odeio quando o sol nasce

Não consigo aceitar, Por causa do meu prazer egoísta

Tudo está sendo arruinado

Não consigo parar esta corrida veloz e perigosa

Agora não tenho interesse, nada parece divertido

Eu estou de pé, sozinho, na beira de um precipício

Vou para casa, Eu quero voltar

A ser como era antes

Em algum momento

Passei a ter medo de olhar nos olhos das pessoas

Estou cansado de chorar, então tentei sorrir

Mas ninguém me reconhece

Eu sou um

Perdedor, solitário

Um covarde que finge ser durão

Um delinquente ordinário

No espelho, você é

Apenas um perdedor

Um solitário, um otário coberto de cicatrizes

Lixo imundo

No espelho, eu sou um

Eu amaldiçôo o céu azul

Às vezes eu quero acabar com tudo

Eu quero dizer adeus

Quando eu parar, vagando no final desta estrada

Espero poder fechar os olhos sem arrependimentos

Perdedor, solitário

Um covarde que finge ser durão

Um delinquente ordinário

No espelho, você é

Apenas um perdedor

Um solitário, um otário coberto de cicatrizes

Lixo imundo

No espelho, eu sou um

Perdedor

Eu sou um perdedor

Eu sou um perdedor

Eu sou um perdedo


Saio do estúdio e vejo todos os Bang's sentados no corredor.


-Preciso da ajuda de vocês. 'Sorri'

-----------------------------------------------------------------

----------------------------------------------

-Quer que nós cantemos essa música no show em Busan? 'Young-Bae'

-Sim. Minha expectativa agora é mostrar tudo o que sinto para Lori ,assim que ela ver que estou arrependido vou ir para a segunda parte do plano.

-E qual é a segunda parte? 'Kang'

-Tirar ela do marido. O plano consiste em três partes.

-A terceira seria? 'Lee'

-Recuperar o tempo perdido com ela, quero tudo de volta e dessa vez vou fazer a coisa certa.

-Tenho que admitir que esse é um ótimo plano. 'Choi'

-Também. 'Young-Bae'

Sorri e me despedi deles dizendo que ia esfriar a cabeça e pensar.

Peguei meu carro e fui, tem um lugar onde eu gosto muito de ir para pensar e refletir.

//

Após chegar lá, saio de meu carro e vou para cima do grande prédio. No terraço ,sento no pequeno muro olhando para os meus pés em cima dos carros, finjo chuta-los quando escorrego.


Notas Finais


Devo continuar?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...