História Letter From The Sky - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Holland Roden, Justin Bieber
Personagens Holland Roden, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber
Visualizações 43
Palavras 663
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hellou, its me!
Tudo bem com vocês, sweeties?
Esta não é a minha primeira fanfic, mas sim a primeira que resolvi não abandonar, pois para quem sabe do que se trata, essa história é muito importante para mim e, com isto estou realmente ansiosa e ao mesmo tempo insegura sobre ela.
▶️ Primeiramente, gostaria de agradecer as pessoas que me ajudaram e me incentivaram a postar esta história, pois cada uma delas sabe o meu real motivo de estar postando aqui e agora e que realmente, Letter from the Sky, é muito importante para mim.
▶️ Segundamente, plágio é crime e não hesitarei em denunciar.
▶️ A história será uma short-fic, com apenas cinco capítulos. Anteriormente, iria ser apenas uma oneshot, mas quis prolongar o relacionamento do Justin e da Skylar, e também o tema que envolve.
▶️ Sem mais enrolação, espero que gostem, e aproveitem a leitura!

Capítulo 1 - Prologue


Fanfic / Fanfiction Letter From The Sky - Capítulo 1 - Prologue

“A luz brilhava no olho do cavalinho de balanço, e também no olho do ratinho, quando Tolly o tirava de sob o travesseiro para admirá-lo. O relógio fazia tiquetaque e, no meio do silêncio, ele pensou ouvir o som de pezinhos nus correndo pelo chão, depois risadas e cochichos, e então um ruído como se alguém estivesse folheando as páginas de um grande livro.”

━ Lucy M. Boston, As crianças de Green Knowe

 

Chovia naquela noite, as finas gotas deixadas pela murmurante e pequena chuva estavam a escorrer na janela lentamente, deixando o lugar ainda mais melancólico. Naquela mesma data, a poucas horas atrás, acontecera a despedida dela, mas foi covarde demais para dizer adeus pessoalmente. Apenas queria acordar desse pesadelo, onde parecia não ter hora para acabar.

Naquele momento, só queria, de alguma maneira, um fim para sua dor, e logo.

Olhou para o pequeno anel feito de flores cultivados na clareira perto do refúgio deles, um lugar de grandes lembranças inesquecíveis, e nada poderia atrapalhá-los. Tal menção de algo relacionado a Skylar deixou seus olhos transbordarem a saudade de quando tinha ela em seus braços.

Simplesmente esqueceu ou não importantando-se que a vizinhança que a esta hora, poderia estar provavelmente descansando de uma sexta-feira corrida, não o impediu de gritar a plenos pulmões e seus sons eram meros comparado ao barulho de carros constante, por morar em uma rua com grande movimento.

Suas súplicas de socorro pareciam estar tão distantes, menos a imagem de sua namorada na qual prevalecia em sua mente e isto deixava-o furioso, ao ter que lembrar inconscientemente de seu passado, precisamente, a primeira vez que se encontraram e que a partir daquele dia, Justin se apaixonou pelo lindo par de olhos verdes de Skylar Bartoli, repletos de encanto e mistério.

Naquela mesma época, Justin era um badboy de primeira, pisava nos corações das moças de sua escola, como se fossem meros objetos, onde podia trocar a qualquer momento de embalagem, tratava isto com a maior naturalidade e calma. Mas, tudo mudou quando se esbarraram na correria da igreja ao terminar a palestra, e foi naquele dia, que Justin descobriu o que era ser amado por outra pessoa que não compartilhasse o mesmo sangue que o dele. Queria proteger a todo custo ela e cuidar até os fins de seus dias. Tal sensação estranha e totalmente nova para o Bieber.

Balançando a cabeça, tentou afastar seus pensamentos ao ouvir um pequeno som, logo percebendo-se tratar da campainha, e aos poucos, foi se recompondo para ver do que se tratava e naturalmente, cantarolou uma música, mas não era uma música comum, era a música deles.

Enquanto andava pouco a pouco, pensava em que muitas portas abriram para ele quando Skylar estava ao seu lado. Tomou decisões precipitadas; decisões impuras que o levaram ao precipício. Três simples palavras, faltavam em seu vocabulário, e para ele, não havia no dicionário de Justin Bieber esta expressão. Não pelo fato de não ter realmente amado alguém, mas sim de ter medo. Medo de perder alguém próximo. A mesma sensação que lhe ocorreu quando sua mãe partiu.

Ao abrir a porta com extrema força irritado pelo constante toque da campainha, avistou a pessoa do lado de fora, que ao notar pelas roupas, era um entregador.

— Você é Justin Bieber? — perguntou-lhe com o cenho franzido, mas logo mantendo sua postura de antes. Justin apenas balançou a cabeça em sinal de afirmação. Assim, fazendo com que continuasse. — Preciso que você assine aqui, para poder lhe entregar.

Atordoado e confuso, se perguntando sobre o que estaria dentro daquela caixa, decidiu não questionar, assinando em seguida. Finalizando, entregou-o novamente o pequeno papel para o mensageiro e, por fim, pegou a tão esperada encomenda.

Não pensou duas vezes e abriu com extrema rapidez, repetindo a si mesmo o que diabos era. Ao perceber do que se tratava, seus olhos se encheram de lágrimas, mas desta vez, após muito tempo, um pequeno sorriso surgiu nos lábios de Justin Drew Bieber.


Notas Finais


Bem, sweeties, o capítulo ficou bem triste, mas é esta a minha intenção, rs. Pelas descrições já sabem o que aconteceu, não é? Caso tenham alguma hipótese, e quiserem falar para confirmar, falo é nada, sem spoilers u-u
Sobre as atualizações, eu não tenho uma data para atualizar, mas sei que vai ser um capítulo por mês. Eu sei, eu sei. É um tempo longo, mas a fanfic irá ser uma short fic de apenas cinco capítulos e não quero prolongar e/ou acabar esta história muito rápido.
Bem, é isto! Até o próximo capítulo, sweeties!

▶️ Teaser: https://www.youtube.com/watch?v=7dBHOaURhdc


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...