História Letters about an innocent love - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Jeon Wonwoo, Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Personagens Originais, Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi"
Tags Drama, Jihancheol, Meanie, Romance, Seoksol, Seventeen, Yaoi
Exibições 13
Palavras 1.048
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


DEMOREI MAS CHEGUEIIII
Aproveitem ♡

Capítulo 4 - New friends


"Querido amigo,


Sabe aqueles dias que você simplesmente acorda bem? Nada está te impedindo de levantar, mas também você não acorda eufórico e todo animado. Hoje eu acordei assim, o que me surpreendeu, eu não pensei em nada de triste e, assim, meu dia foi melhor que o previsto. Deixe-me contar.

Hoje o dia começou normal, às seis da manhã, pegando meu ônibus admirando a paisagem, você sabe como a primavera é bonita por aqui e notando como as flores são bonitas... São bonitas como você.  

As flores pareciam florescer lentamente só pra mim, eu estou tentando me lembrar de cada detalhe, dias bons e bonitos assim tem que ser guardados.

E por incrível que pareça, tudo parecia diferente, ninguém veio me dar uma "surra de boas vindas" ou algo assim, apenas peguei meu horário e fui pra sala. E como eu esperava, sempre foi como eu contava à você.

Eu cheguei na sala e os sussurros começaram, ouvi coisas um tanto cruéis, como "o que esse merdinha faz aqui? Ele ainda não desistiu?" Ou coisas primitivas demais como "Essa escola é apenas para coreanos de verdade". Graças à Deus eu tinha meus fones e tocava "Arm Pillow" do BrotherSu. Aquela música me acalmava.

Foi aí que meu professor chegou, Kim RyeoWook, ele parecia imparcial e justo também, ele foi o primeiro a me olhar nos olhos da mesma maneira que olha os outros alunos. E foi ai que tudo piorou, eu tive que tirar os fones e os outros tirarem suas carteiras anuais, e os sussurros começaram de novo. Será que eles não percebem que estão sendo nada discretos? Eu tenho pena de quem tem pensamentos tão primitivos, fico imaginando se existem pessoas piores e se é possível elas pararem de pensar assim.

Foi aí que tudo deu errado e os sussurros começaram de novo, eu ouvia aquilo tão nitidamente que me davam nós na garganta até que tive que ir à frente tirar meu número, seria o da minha própria carteira e eu queria ser o primeiro, já que ninguém quer ficar perto do "Estrangeiro esquisito" e assim que eu fui frente os sussurros aumentaram até eu tirar o número. 31. Um ótimo lugar perto da janela.

Mas no fundo do meu coração, Chan. Eu estava esperançoso, eu queria um amigo, eu realmente pensei em ir até lá e socializar, ou pelo menos tentar. Então eu fui, quando ouvi que alguém havia pegado o número do meu lado.

ㅡEu acho que vamos ser vizinhos! ㅡFoi tudo o que eu consegui dizer, depois de gaguejar, é claro. 

Eram duas garotas e uma delas me olhou de cima a baixo e se afastou. Senti algo me apertar um coração e forcei um sorriso para ser simpático, em vão.

ㅡVocê vai mesmo sentar perto dele? ㅡEla tentou sussurrar, mas acho que ela queria mesmo que eu ouvisse. 

ㅡAinda bem que eu não sou você! ㅡDizia a outra garota alto o suficiente, pra falar a verdade ela só não olhava diretamente pra mim.

E eu ouvi uma voz. Ela parecia ter vindo do céu, porque era algo tão iluminado que nem eu sabia como aquilo poderia ser possível. 

ㅡVocê senta ao lado do 31? Eu quero trocar com você! ㅡE de repente eu vi alguém se aproximar, era meu vizinho, o SeokMin com aquele sorriso radiante e eu não fiz nada além de corar. Odeio isso.

Foi quando ele sentou do meu lado e mais pessoas vieram depois, uma garota extremamente platinada sentou na minha frente, depois outra garota de cabelos curtos, que depois que eu notei que era um garoto. Ele era bem másculo, não sei como pude confundir. 

Depois do lado da garota loira, alguém sentou ao lado dela, um menino. Ele parecia um pouco estrangeiro e atrás de SeokMin um garoto que me chocou quando o vi. Ele se parecia tanto com você que até me assustei, quis chorar, mas eu sabia que não era você. 

E todos eles sorriram pra mim, sem exceção. SeokMin tinha o maior deles, acho que aquele sorriso pode iluminar um estádio. Fazia um ano desde a última vez que o tinha visto, ele continua radiante, mas acho que ele não se lembra de mim, só tentou ser legal eu acho. 

Ele apresentou todos os outros pra mim, a garota loira se chamava Shannon, ela sorria pra mim o tempo todo, eu sabia que ela era estrangeira. Ela é britânica e muito gentil, digamos que conversamos o dia todo. 

O garoto ao lado dela se chama JiSoo, eu ri porque JiSoo é um nome de mulher, eu senti que fui um pouco idiota e me desculpei, mas ele disse que tudo bem e que já estava acostumado, o resto do pessoal chama ele de "Padre", um dia eu entendo porque. 

O menino atrás de mim, mais parecia uma menina e eu disse isso, fui idiota outra vez. Ele riu e disse que sabia que era mais bonita que a maioria das garotas da escola e que o nome dele era Yoon JungHan. Ele é bem intenso e muito divertido. 

ㅡJá te disseram que você é a cara do Leonardo Dicaprio? ㅡEle disse olhando fundo nos meus olhos, eu apenas discordei e discordo, eu não sou bonitão, nem um pouco. ㅡÉ que você é muito boni...SEOKMIN! ㅡFoi isso o que ele conseguiu dizer até Seok (ele me pediu para chamá-lo assim se quisesse, eu uso só para não ficar repetitivo) dar um soco em seu braço e todos riram. Eu também ri e descobri que JungHan é gay, não que fosse surpresa, mas eu fiquei aliviado em saber, como você sabe... eu também sou.

Ah, e o garoto que parecia com você se chama Kwon SoonYoung, ou simplesmente Hoshi. Quando ele sorri eu sinto saudades suas, mas ele é tão único. Ele e SeokMin são muito unidos, na verdade, Hoshi, SeokMin e JungHan são amigos desde a infância e a relação entre eles é bonita à primeira vista. Eu fiquei feliz em conhecê-los, me parecem pessoas boas e me disseram que posso contar com elas, principalmente Seok e Shannon, eles realmente foram receptivos comigo e eu realmente espero que sejamos bons amigos. 



PS: Estou ouvindo uma música em looping esta semana, ela se chama "The Way" e é muito bonita, queria escrevê-la para você mas a carta ficaria muito grande, quem sabe outro dia.


Com amor,

Vernon."


Notas Finais


Comentem ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...