História Letters for you - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Dakota, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Lynn, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Rosalya, Viktor Chavalier, Violette
Tags Amor
Exibições 12
Palavras 865
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá >.<
Sejam bem vindos a fanfic!
Essa história eu tive a idéia ouvindo Closer! Super recomendo!
Então, sem mais delongas!
Boa leitura *-*

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Letters for you - Capítulo 1 - Prólogo

“O amor é um sentimento

Que aos poucos pode se tornar

algo perturbador.”

— Lá onde você vai morar tem cavalos? — a loira ergueu sua mão para seu amado, enquanto se equilibrava para andar em um caminho de pedras.

— Não. Mas tem bastante coisa interessante.

— Tipo... Garotas? — mordeu o próprio lábio apreensiva deixando os olhos azuis bastante aflitos.

— Hahahaha, não senhorita! — pegou a menina pela cintura a puxando para si, fazendo com que seus corpos se colasse.

— L-Lysandre! — reclamou corada, mesmo gostando dos carinhos de seu namorado. — Não brinque com a mente de uma  garota de 16 anos. — sorriu olhando no fundo dos olhos heterocromáticos.

— Shh... — ele colocou o dedo indicador nos lábios rosados dela, pedindo silêncio. — Eu sou apaixonado por você. — disse e a loira franziu o cenho. —  O que? Não acredita em mim? — fez carinha de cachorro abandonado.

— N.. Não é isso. — a loira entrelaçou seus braços no pescoço do platinado. — Tem mesmo que ir embora?

— Infelizmente sim. Meus pais nunca irão entender eu e meu irmão. — suspirou. — Mas prometo te ligar sempre.

— Enviará cartas?

— Claro. — sorriu se inclinado para depositar um beijo nos lábios de sua garota. — sempre. — colocou uma mão na nuca da loira e com seus dedos puxou os fios dourados, lhe arrancando um beijo quente e apaixonado, como se não fosse solta-la nunca mais e muito menos deixa-la.

Quando se afastaram, Lysandre viu lágrimas descendo pelos olhos de sua namorada. Triste, ele passou o polegar enxugando-as.

— Não chore. Eu vou voltar. Apenas terminarei meus estudos. — disse tentando reconforta-la. — Eu vou voltar.

— Prometa.

— Eu prometo.


Primeiro dia

Sentada no sofá ao lado do telefone, ou até mesmo de olho na janela observando atentamente a caixa de correio. Alice, já sentia a grande falta repentina de Lysandre na fazenda. Depois que ele foi embora com Leigh para a cidade grande, se viu completamente e irrevogavelmente sozinha. Mesmo apaixonada.

— Querida, chegou uma carta para você. — a mãe entrou na sala de estar com o papel em mãos. — Vem de Amoris.

A loira deu um pulo do sofá correndo em direção a mãe arrancando a carta das mãos da mesma. A cumprimentou com um beijo no rosto e em seguida, saiu correndo para fora.

Sentada em cima da cerca branca da fazenda, ela abria cautelosamente a carta bem arrumada e fechada. Quando abriu, seu coração se acelerou ao ver a letra bem feita de seu amado escrita com tinta preta, típica de pessoas da era vitoriana. Como sempre, ele dava o melhor de si para sair tudo perfeito.

“Querida Alice, desde que me mudei está tudo nos conformes. Você precisa conhecer Amoris, é tão bela, mas não tanto quanto você. Leigh conseguiu sua própria loja de roupas, e está namorando Rosalya, ela é bonita, agradável e me faz lembrar você. Me matriculei em uma nova escola e, amanhã será meu primeiro dia. Confesso que sem você as coisas ficam estranhas, sinto sua falta. Amo você.

Lysandre...”

Quando terminou de ler, abraçou a carta com vontade derramando lágrimas de seus olhos. Sorriu, olhando para o céu azul.


Quinto dia.

- Oi meu amor.

- Lysandre, como você está?

- Eu estou bem. E você?

- Melhor agora, estou com muitas saudades.

- Eu também. Como vai a escola?

- Está tudo ótimo. Você iria adorar aqui, é tão calmo.

- Fico muito feliz!


1 semana.

- E então eu conheci o Castiel, estamos formando uma banda juntos.

- Sim, aposto que com o seu talento irão longe. Mas, você parou de mandar cartas.

- É..., Eu estou ocupado essa semana. Mas prometo lhe enviar em breve.

- Tem muitas meninas bonitas nessa escola?

- Tem algumas jovens sim, mas nada que me interesse.

- Aham, Aham.

— É sério amor.


6 meses.

- Você está estranho, tem certeza que está tudo bem?

- Tenho sim... Só ando muito cansado.

- Entendo.

Lysandre?

- Lys, que voz é essa no fundo da linha?

- A-Ah é... Não é nada Alice.


~Alice Claymore~


Ele nunca havia me chamado pelo meu nome antes...

4 anos nenhuma ligação. Ele foi embora e nunca mais ligou, o correio agora só serve para receber mais contas e contas. Embora eu tenha seguido a minha vida, foi impossível esquecer. Lysandre nunca mais voltou para fazenda, ele não sabe o quanto as coisas mudaram por aqui. Eu agora, sou uma empresária de grandes negócios na fazenda, sou uma mulher decidida, e deixei de ser a menina de 4 anos atrás. Inocente e ingênua.

Meus pais acabaram morrendo e, como já tenho meus 19 anos, decidi administrar tudo sozinha. A única coisa que me prende ao Lysandre é que eu ainda sou amiga dos pais dele, dona Josiane sempre me visita, e eu as vezes venho visita-lá. Ela me falou da nova namorada do Lysandre: “Lynn” bonita, inteligente e exótica. Bem, talvez ela seja melhor do que eu, mas isso não importa mais.

— Ali? — Dona Josiane abriu a porta de vidro da minha casa, com as mãos repletas de sacolas.

Me levantei do sofá e fui até ela, para ajuda-lá, sempre tão gentil.

— Dona Josi, a senhora não pode fazer esforço! — a repreendo, fazendo a mesma se sentar no sofá.

— É o Lysandre. — ela disse em tom alegre na voz. — ele vai voltar.

— O... O que?!


Notas Finais


E então o que acharam?
Não esqueça de deixar aquele comentário e o favorito que me deixa muito feliz!
Quero muito saber a opinião de vocês!

Bjin ~<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...