História Letters to Lou (Larry Stylinson AU) - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Louis Tomlinson
Tags Cartas, Gay, Harry Styles, Larry, Larry Stylinson, Louis Tomlinson, Romance, Stalker
Visualizações 186
Palavras 1.058
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Poesias, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 39 - Nona Correspondência


Fanfic / Fanfiction Letters to Lou (Larry Stylinson AU) - Capítulo 39 - Nona Correspondência

Eu nem sei por onde começar.

Estou há horas olhando para esse papel em branco e simplesmente não consigo me fazer escrever. Tem tantas coisas que eu quero e que eu preciso dizer, mas são tão imensas que estão me esmagando. Eu preciso deixa-las sair, mas é como se ocorresse uma avalanche de pedra em um funil e nada além de poeira passa pelo cano.

Já faz quase um mês desde nosso encontro. Um mês sem nos falar, sem ouvir de você. Mesmo quando voltamos para a escola, eu quase não o via. Quando peguei sua carta, eu a guardei. Não consegui me fazer lê-la imediatamente. Eu não estava pronto. Eu precisei de um pouco de tempo para fazer isso.

Tudo que eu sempre quis na vida eram as coisas simples. Tudo que eu precisava era de uma esposa para que eu possa ser seu marido e um bom pai. Não me compreenda mal. Eu sei que surtei e disse coisas que te machucaram, mas eu tinha todos esses planos… eu gostaria de ser pai algum dia. 

Agora eu estou tão envergonhado… eu fui tão grosseiro. Todas aquelas coisas simples do nosso relacionamento se tornaram complicadas demais para a minha vida. Quanto mais isso martelava na minha cabeça, mais eu me dava conta de que, talvez, o que eu quisesse, não era uma vida simples, mas uma vida fácil. E você… me parece que você seria um bom pai.

Eu sei que sofri por antecipação. Todas essas coisas vieram à tona no momento e me deixaram paralisados. Assustado. Eu quase joguei fora as cartas — mas não o fiz. Eu quase quebrei a pulseira — mas não o fiz. Eu a segurei com força em minhas mãos e aproximei do meu rosto. Seu cheiro ainda permanece.

Tenho pensado ultimamente sobre você e eu. E todas as perguntas sem resposta… como poderia ser, como poderia ter sido. Quero que você saiba que você nunca saiu da minha cabeça e que eu sinto muito por ter te desapontado. Mesmo cercado por pessoas, eu tenho me sentido bastante solitário sem as suas cartas, sem a sua presença. Porque eu não consigo me esquecer de como costumava ser… eu sinto muito por ter te decepcionado.

Minha mãe sempre foi boa em conselhos. Melhor ainda para perceber a emoção das pessoas. Ela pôde ver através do meu sorriso e ela sabia que eu não estava bem. Não cem por cento. Então eu conversei com ela sobre isso… de uma maneira “hipotética”. Então ela me disse que nunca vale a pena desistir de um amor.

Isso era a única coisa que eu precisava saber. Esses dias que estivemos em silêncio um com outro, eu percebi muitas coisas. Há muita informação nos rodeando o tempo todo. Há várias pistas que nos levam a verdade. As pistas como elas são representam o real, e as pistas como nós a interpretamos nos levam ao nosso imaginário.

Eu me lembro quando te vi aquele dia no refeitório. Você estava sozinho e brilhava para mim como uma moeda novinha em folha. Eu peguei um pedaço de papel e escrevi “o que você está ouvindo?” quando o que eu queria ter escrito era…

“Olá, você pode ser meu?”

Eu não sabia naquele dia, mas, de alguma forma, eu sempre soube que era você, pois quando eu te olhava, algo estranho acontecia comigo. Nesse momento, em especifico, eu senti uma grande força magnética me atraindo para falar com você. Para conversamos. Para interagirmos. É como se alguma força invisível estivesse me empurrando para perto de você e soprando conselhos em meu ouvido. Era audível, mas não era compreensível. Agora eu sei… 

O mistério se dissipou. Está finalmente claro para mim. Eu tinha a resposta esse tempo todo, só me restava sacar a venda. Você é o lar que meu coração buscou por tanto tempo. E é você quem eu tenho amado todo esse tempo.

Quando se está lutando contra o medo, ele pode ser mais forte. Eu corri para me esconder, tive medo de me lançar. Mas eu sei agora que, o que realmente precisamos é de um ao outro. Cada dia que se passou sem você doeu. A dor se espalhou por todo meu corpo.

Agora eu sei quem você é. E aposto que eu sabia disso quando te chamei para conversar na festa. Tinha algo em você que atraía a minha atenção. Eu queria ter mais tempo com você naquela noite. Deveria ter aproveitado mais, pois foi você quem ganhou meu coração, e é a você que ele pertence.

As coisas que eu disse na última vez que nos vimos… posso pega-las de volta? Podemos fugir ou podemos mudar nossos destinos? O que posso fazer pra mostrar que estou arrependido? A única coisa que eu gostaria de ter é outra chance. Dizem que nunca valorizamos a primeira, que a segunda é a mais difícil e que a terceira é pra valer. 

Por favor, não me diga adeus. Eu prometo que não cometerei mais os mesmos erros. Eu juro que serei melhor do que antes. Agora que te encontrei, não posso deixar você ir. Sinto muito pelas coisas que eu disse e pelas coisas que eu fiz. E como te tratei. 

Obrigado por acreditar em mim. Sabe no que eu acredito?

 

Eu não acredito que possa haver tanta beleza no mundo,
Mas quando eu olho para você, eu acredito.
Eu não acredito que existam obras de arte fora do museu,
Mas quando eu olho para o seu sorriso, eu acredito.
Eu não acreditava em magia,
Mas você me fez acreditar.
Eu não acreditava que poderia amar tanto assim,
No entanto, estamos aqui.

Eu acredito em você e eu. Acredito em nós.

 

Isso é poesia? Porque eu falei do fundo do meu coração.

 

Se você realmente me ama, então não vá embora. Não quero mais obstáculos entre a gente, só quero ser seu e te dizer que te quero mais a cada dia. Não vá embora, apenas fique… fique aqui comigo.

Estou nas suas mãos agora. Se você quiser que eu fique, então eu vou ficar. Se você quiser que eu vá, então, tristemente, eu me despeço. E se você quiser que eu faça alguma coisa, apenas diga e eu faço. Eu faria qualquer coisa por você porque, você tem que saber…

 

Você sempre estará no meu coração, Harry Styles. Yours sincerely, Louis



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...