História Leve-me a igreja - Capítulo 19


Escrita por: ~

Exibições 314
Palavras 814
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi Lindezas!
Como vocês estão?
Desculpem pelo capitulo curtinho.
Boa leitura.
Beijocas.

Capítulo 19 - Desistir


P.O.V Lauren

 

Meu coração estava em pedaços, ver o sofrimento de Camila me causava dor física, tudo parecia querer desmoronar, recolho os cacos que sobraram de mim e com muito esforço junto tudo e caminho em sua direção, a seguro como um objeto frágil que precisa do maximo de cuidado, me sento e a puxo para o meu colo ela encaixa o rosto na curva do meu pescoço, e sinto as lagrimas molharem minha pele faço um carinho calmo no seu cabelo e seguro meu choro.

 

--Eu não posso te ver sofrer, eu não aguento Camz, se você acha que a distancia vai te fazer bem eu te ajudo, prometo que não vou mais te procurar. Agora ficar calma pequena, respira devagar.

 

--Me desculpa ser assim Lo. Vai ser melhor pra gente. –Ela fala com um pouco de dificuldade, aperto um pouco mais seu corpo sobre o meu, quero gravar o seu cheiro o seu toque o seu perfume.

 

--Eu sempre vou respeitar sua escolha, sempre. –Falo cheirando seu cabelo e deixando um beijo no topo da sua cabeça.

 

--Você esta me apertando Lo.

 

--Desculpa.

 

--Eu preciso ir. –Ela fala se soltando dos meus braços e eu sinto um aperto no peito, saber que essa seria a ultima vez que á tenho tão perto me doía.

 

--Tudo bem. Cuidado com essa perna e com aquele garoto ridículo.

 

--Pode deixar. A gente se vê. –Ela responde rindo com aquele sorriso lindo.

 

--Camz?

 

--Oi.

 

--Me deixa te beijar pela ultima vez?

 

--Melhor não.

 

--Por favor, eu quero guardar isso na minha memória pra  sempre.

 

--Lauren eu não posso. –Me aproximo e ficamos a milímetros de distancia.

 

--Eu estou te pedindo. –Falo beijando sua bochecha.

 

--Isso já foi longe demais.

 

--Fala que você não quer Camz.

 

--Não me chama assim.

 

--Você prefere meu bem? Minha pequena? Minha namorada?

 

--Lauren você prometeu me ajudar.

 

--Sim, mas estou te pedindo uma despedida. Você não quer o meu beijo?

 

--Não faz isso comigo. –Ela fala e eu beijo o canto de sua boca, Camila segura meu cabelo com força e cola nossos lábios, aproveito o momento e peço passagem com a língua nosso beijo e calmo e doce, tento aproveitar cada sensação que seu toque me proporciona. Até que escutamos alguém descer a escada e logo nos separamos. Fico alguns segundos anestesiada pelo efeito de seu beijo, abro meus olhos e percebo sua distancia, e com os olhos cheios de lagrimas ela me encara, uma lagrima desgraçada percorre meu rosto, aquele era o nosso fim.

 

--Adeus. –Ela fala pausadamente, fazendo meu coração apertar. Não consigo responder abro minha boca varias vezes, mas essa maldita palavra não sai. Olho para a escada e Dinah estava com uma expressão de confusão.

 

Elas se despedem e eu não consigo vê-la saindo, sento no sofá sem olhar para a porta e solto o ar quando a escuto fechar, Dinah corre ao meu encontro e se senta ao meu lado.

 

--O que aconteceu? Vocês se beijaram? –Ela perguntava tudo de uma vez.

 

--Hoje eu fiz a promessa mais difícil da minha vida DJ.

 

--Qual?

 

--Eu abri mão da minha felicidade para não vê-la sofrer.

 

--O que? Como assim?

 

--Ela esta sofrendo Dinah, eu não consigo entender, mas sei que ela esta se machucando com a minha presença.

 

--Ela te falou isso. –As lagrimas saiam sem controle.

 

--Pelo olhar dela eu percebi, e eu não seria egoísta em continuar algo que a esta machucando, não com ela, eu não consigo. Céus como uma despedida pode ser tão dolorosa, eu poderia simplesmente apaga-la da minha memória.

 

--Despedida?

 

--Eu não vou mais lutar por ela Dinah, eu não posso fazer. Ela me pediu para afastar e eu prometi que vou fazer. Esta doendo tanto.

 

--Porque você prometeu?

 

--Porque depois que eu a conheci, descobri que o que me importa é a sua felicidade e mesmo que o afastamento seja doloroso e cruel eu vou fazer para lhe ver feliz.

 

--Mas você esta abrindo mão da sua felicidade.

 

--Eu estou escolhendo ela, pela primeira vez depois de Taylor eu coloco alguém na minha frente, e como minha irmã eu mais uma vez estou perdendo Dinah, o que eu faço errado?Porque eu sempre tenho que perder? –Minhas forças se esgotaram e eu cai em seu colo.

 

--Ohh Laur, eu estou aqui. –As mão dela percorriam meu cabelo e tentavam me confortar.

 

--Eu gosto tanto dela Dinah, esta doendo tanto parece que esta me rasgando por dentro, e saber que a minha presença lhe faz mal é como um soco na cara. Faz parar DJ eu estou te implorando faz parar de doer desse jeito.

 

--Eu estou com você.

 

--Porque ela não me ama Dinah? Porque eu fui me apaixonar por ela?

 

--Não sei.

 

--Eu só consigo pensar se Deus existe porque esta sendo tão sacana comigo?

 

--Tudo tem sua razão.

 

--E no jogo da vida eu perdi mais uma vez. 


Notas Finais


E ai?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...