História Leve-me para o mar - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Drama, Mistério, Suspense, Yaoi
Exibições 18
Palavras 507
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Poesias, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá, muito tempo atrás publiquei o primeiro capítulo dessa fanfic, mas por vários motivos acabei apagando ela (e minha conta também). Estou voltando agora :)
Espero que gostem do que escrevi.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Leve-me para o mar - Capítulo 1 - Prólogo

 

Abro meus olhos. Estou em uma sala com chão de mármore branco. As paredes são claras. Tento levantar, meu corpo não obedece. É quase como se ele soubesse que tenho que ficar aqui. Estou sentado num banco duro e frio, parece ser de mármore também. Não penso em nada, é tudo tão frio e amedrontador. Algumas esculturas estão espalhadas pela grande sala, homens carregando escudos e com dolorosas expressões. Será que estou em algum tipo de museu? Ao meu lado está um copo com algum líquido azul escuro, como não posso me mexer apenas o deixo ali.

Escuto uma música. É como se ela purificasse meu corpo. Começo a ficar muito inquieto. Por que nada acontece?

-Tem alguém aqui?

É a minha voz que escuto, porém não sou quem falo. Escuto uma porta sendo aberta, parece ser pesada. Esperava por passos, mas algum tipo de animal com cascos está vindo em minha direção. O barulho dos seus passos parece estar muito longe e aos poucos ele fica mais alto. Está correndo rápido, pelo som que ressoa pela sala posso imaginar o tamanho dele. Quando enfim está próximo o bastante para me atingir, desaparece.

Minha respiração era o único som que preenchia aquele lugar, o resto parecia não existir.

“Aproveite o silêncio”

Alguém diz isso, parece estar acima de mim. Consigo me movimentar. Olho para cima e vejo uma escada de metal preta, subo no banco em que estava sentado. Assim que começo a subir, o lugar em que estava se dissolve como se escorresse por um ralo. A música volta, várias pessoas estão cantando.

Estou no último degrau da escada e sinto frio. Esse novo lugar é quase como o outro, chão e paredes parecem iguais, entretanto não há mais o banco nem uma porta atrás dele.

“Dance comigo”

A mesma voz, mais perto. Existe sarcasmo e carisma na nela, parece ser masculina.

Fico parado, as esculturas a minha volta agem como se estivessem em batalha. Começo a correr para frente, é como se não saísse do lugar. Paredes se levantam de lugar nenhum, buracos se formam, pedras caem ao meu lado, estou em um labirinto. A música acompanha minha dança, acompanha a loucura que me cerca. Não quero ir embora daqui, qual motivo me faz ficar?

Tudo para de se mexer por conta própria, as estatuas quebram e viram pó. Alguém encosta em meu ombro, viro-me rapidamente e não vejo nada. Ao olhar novamente para frente um quadro enorme está ali, encarando-me. Acho que escuto um clarinete soando pela sala imensurável, talvez uma flauta doce. Do lado esquerdo do quadro vejo algumas informações sobre o mesmo.

 “Apollo scortica Marsia” di Tiziano, 1570.

Aproximo-me do quadro e apenas olho para ele. Inclino meu corpo, esqueço que estou cansado e com medo. Talvez tenha passado uma eternidade o encarando. Posso sentir a dor do que está pendurado, ele fala comigo, ele ri de mim. Então seu rosto se torna o meu. Agora é ele que olha fixamente para mim, mas eu não falarei com ele, não rirei dele. 


Notas Finais


Esse foi o prólogo, espero que tenham gostado e talvez sentido o mesmo que o personagem. Não esqueçam de comentar, ajuda mais do que vocês imaginam.
Obrigado por lerem
:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...