História Liberté - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kuroko no Basuke
Exibições 11
Palavras 467
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Poesias

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Bom eu tava ouvindo música quando do nada deu vontade escreve essa one ,e já vou avisando isso não tem nada haver com a minha vida apenas achei interessante criar algo diferente do meu habitual
Boa leitura

Capítulo 1 - Sentimento humanos


Fanfic / Fanfiction Liberté - Capítulo 1 - Sentimento humanos

Durante tanto tempo ficando preso em seu subconsiente nada mais o importava ,sua vida estava um fiasco seus amigos já não o tratavam como antigamente toda vez que o viam viravam a cara com nojo e repulsa ,o respeito que antes era visível nos olhos alheios hoje estavam vazios sem nenhum orgulho em ser direcionado a si ,sua aparência mudou bastante antes era considerado o mais belo de todo, seu corpo causava inveja tantos para os rapazes quanto para as moças ,a pele que era rosada e macia hoje estava pálida e sem vida ,seu cabelos vermelhos que eram o que mais chamava a atenção das pessoas por esta sempre brilhante estava desgrenhado e com um vermelho morto ,antes possuía um corpo atlético hoje estava magro demais como se não se alimentasse a dias e a mudança que mais o incomodava eram seus olhos que antes transbordavam inocência amor carinho e compaixão hoje estava opaco como se sua alma estivesse se esvaziando aos poucos ate chegar no momento que não sobraria  nada de si ali e que tudo que viveu não passou de uma mera ilusão ,amor ? Isso para ele era só uma brincadeira de mal gosto que a vida colocava no caminho de alguem iludindo todos com as mais belas frases e poesia deixando as pessoas cegas sem ao menos conseguir ver o mundo ao seu redor ,como se fosse uma droga que quanto mais você consumia mais viciado você ficava e fazia de tudo para largala mas num pisca de olhos você estava de volta para ela feito um cachorrinho com o rabo entre as pernas só esperando o próximo comando de seu dono ,estava cansado de ser só mais  um peão no enorme tabuleiro que era vida ,cansou de ter que fingir ter um livre abritio ,fingir que estava feliz com algo quando na verdade tudo que ele mais queria era se deitar na sua própria cama e chorar como uma criança  liberando tudo que ficou anos guardado para si próprio sem ter medo de ser julgado por ser quem realmente era ,finalmente livre das amarás da sociedade sem Ninguém pra julgalo ou condenado por quere viver sua vida de um modo inteiramente novo e extravagante da sua maneira ,achava o tempo todo que estava sendo preso por correntes que nunca conseguiria escapar dali ,mas quem era esse rapaz ruivo que tanto mudou por conta da sociedade ? Que tentava agradar a todos antes de a si mesmos? Prazer me chamo liberdade , a liberdade que tanto sonha em fugir de seu cativeiro e voar feito um pássaro mas nunca consegue pois acha que se fugir deixaria várias pessoas preocupada , a liberdade que colocava a felicidade dos outros antes da sua , a liberdade que vivia nos olhos de uma jovem criança 


Notas Finais


Espero que tenham gostado ,e não gente isso não era pra deixar vocês depressivos ou algo do tipo é apenas para refletir e aproveitar a leitura


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...