História Liberte a mente - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Magia, Romance, Sobrenatural, Suspense
Exibições 14
Palavras 931
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Científica, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Lia



Enquanto esperava o ônibus, fiquei pensando no Jonny. Será que ele vai sentar do meu lado hoje? Será que vai falar comigo? 
Uma parte de mim quer se esconder dele, a outra quer sentar nele, sentar muito nele. Porra não acredito que to pensando nisso.
O ônibus chega e entro antes do motorista brigar comigo.
Sento em um banco no fundo, coloco meu fone, e fico olhando pela janela, me imaginando em um clipe musical.

-E ai -Diz Jonny

-Nossa, que susto -Digo, surpresa- Eu estava brisando aqui. Oi.

-Posso sentar aqui? -Pergunta Jonny, apontando para o banco ao meu lado.

-Ah, claro.

-Tudo bem? -Ele pergunta.

Eu realmente não sei se estou bem ou não, essa pergunta sempre me assusta, nunca sei como responder.

-To bem, eu acho -Respondo.

-Você acha? -Diz ele, rindo- Gostei de você.

-Sou uma pessoa super amavel né? -Brinco.

-É mesmo.

Depois disso ficamos em silencio. 

Chego na escola e enquanto eu vou para a sala, todos ficam me encarando e sussurrando, isso me deixa nervosa, e eu sinto aquele fogo se espalhando em meu corpo novamente, minha cabeça começou a doer, fechei os olhos, não queria ver o que ia acontecer. Então eu sinto uma mão segurando a minha, e tudo fica calmo. O fogo passou, a dor passou, senti algo muito bom, não sei descrever.

-Você esta bem?

Abro os olhos e vejo uma garota. Alta, cabelo liso e preto, olhos azuis, usava óculos, vestia preto e era tipo, gostosona, peitão, bundão, tudo ão.

-Estou, obrigado -Digo.

-Meu nome é Lia, Muito prazer.

-O meu é Elen[...]

-Elena -Interrompe- Sim, eu ja sei. Estão falando muito de você.

-O que estão falando? -Pergunto, mesmo ja sabendo a resposta.

-Que você é uma bruxa... Mas deixa isso pra la, nem liga.

-E você acredita nisso? -Digo, sem jeito.

-Em bruxas? sim. Que você é uma, não -Diz ela, rindo.

-Que bom.

-Bom, será que você pode me passar seu numero? -Diz ela- Gostei de você.

-Hmm, claro.

Passo meu numero pra ela, mesmo sem entender exatamente pra que ela queria meu numero.

-Tenho que ir -Diz ela- Foi bom falar com você.

Entro na sala e me sento em uma cadeira na fileira da frente.

Recebo uma mensagem no celular.

"Oi Linda, Lia Aqui." -Lia

"Oie" -Eu

"Quanto Tempo kkkk" -Lia

"Né, to até com saudades ja sadudsada" -Eu

"Posso Te Fazer Uma Pergunta Pessoal?" -Lia

"Pode, claro" -Eu

"Você Curte Garotas?" -Lia

Gente que menina atrevida. Acho que ela esta flertando comigo, que estranho.

"Olha, nunca fiquei com outra garota, mas não sei exatamente o que sinto em relação a isso" -Eu

"Então Tipo. Se Eu Pedisse Pra Ficar Com Você, Qual Seria A Resposta?" -Lia

"Provavelmente você não teria uma resposta, sou meio indecisa" -Eu

"Libriana?" -Lia

"Sim" -Eu

"Imaginei" -Lia

"Mas então, você esta pedindo pra ficar comigo?" -Eu

Trimmmmm!!!

"Bom, O Sinal Bateu, Mais Tarde Nos Falamos" -Lia

Ai que puta. 

Jonny sentou na cadeira atras da minha, mas não nos falamos durante a aula. Alguns alunos estavam machucados, e eu me senti culpada, mesmo achando que não foi eu. 
Fiquei pensando na Lia. Nunca senti atração por outra garota, mas ela faz eu me sentir bem. Ela me passa paz, me deixa leve. Apesar de não ser lésbica, eu ficaria com ela, eu ficaria muito com ela. Sem querer me imaginei sentando nela, que coisa feia kkk não sou dessas.

Bate o sinal para o intervalo.

Fico sentada no chão, ao lado da porta da minha sala, sozinha. Algumas pessoas olhavam pra mim. 

-E ai linda -Diz Lia, sentando do meu lado.

-Oi.

-Ainda não fez amigos? É horrível ficar sozinho no intervalo -Diz ela.

-Sou um pouco odiada nessa escola -Brinco.

-Bom, eu gosto de você. -Diz ela, sorrindo.

-Isso é bom -Corei.

-Gosta de series? -Ela pergunta

-Amo series. Não ta na cara que não tenho vida social? -Digo, rindo.

-O que você acha de ir la em casa hoje a noite pra gente assistir alguma serie? -Diz ela, com cara de pervertida.

-Pode ser.

Trimmmmm!!

-Ótimo, depois a gente conversa por mensagem - Ela da um beijo na minha bochecha e vai para sua sala.

Volto para meu lugar na sala. Durante as aulas pensei em mandar mensagem para Lia desistindo de ir a casa dela, mas logo penso que pode ser bom. 
Jonny fica me encarando mas não fala nada, to ficando um pouco nervosa.
Viro para ele e digo:

-Algum problema?

-O que você estava conversando com a Lia? -Diz ele, sério.

-A gente tava combinando de ver series juntas, por que?

-Ela não vale nada, serio. Ela ja pegou quase todas gurias da escola, e ta querendo te pegar também, provavelmente -Diz ele, sendo um pouco grosso.

-A gente só vai ver series, nada de mais, e de qualquer forma, se eu quiser ficar com ela eu fico, não tenho nada com ninguém.

-Claro. Você não tem nada com ninguém, mas... Eu gosto de você -Diz ele olhando para baixo.

-Sério, a gente só vai ver serie.

O professor chama nossa atenção. Não conversamos mais durante a aula.
A aula acabou, e enquanto eu ia para o ponto de onibus vi Jonny me encarando algumas vezes. 
Ja no onibus, fico pensando sobre o que o Jonny disse, sobre gostar de mim. Sera que ele quis dizer que gosta de mim como amigo, ou algo mais? Tambem fico pensando na Lia e fico meio nervosa. Não sei em quem pensar kkk
Recebo uma mensagem

"Passo Na Tua Casa As 20h Oks?" -Lia

"Okay" -Eu
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...