História Lição de vôo


Escrita por: ~


Sinopse:
Betina estava chateada com seu pai. Naquela manhã ,ela tinha demorado demais para sair da cama e aí acabar chegando atrasada na escola . Pediu ,então, a ele que escrev esse um bilhete para a professora, dando uma desculpa qualquer.
-pôr favor, papai! .-disse ela .-se você nao justificar o atraso vou acabar tendo que esperar a ter a hora do recreio para entrar na sala!
Mas ele nao quis .disse:
-tenho certeza de que você pode resolve esse problema sozinha na hora em que eu chamar... Era sempre assim:quase toda vez que ela pedia ajuda para sair de alguma enrascada seu pai dizia a mesma coisa...
Betina nao teve outra saída. Um pouco envergonhada contou a professora que tinha dormindo demais. A professora estava contente pôr ela ter dito a verdade .Betina levou so uma advertência e conseguiu pegar a aula quase desde o começo.
Os dias se passaram. Uma Tarde Betina estava brincando na pracinha que havia em frente a sua casa quando viu algo estranho se mexendo num galho do pé de camélia. Quando olho mais de perto viu que era um casulo de borboleta!
A menina já tinha aprendido na éscola que este bichinho nasce com forma de lagarta e depois passa pôr uma transformação chamada metamorfose. Para que isso aconteça constroem um casulo e fica durante algum tempo dormindo dentro dele.Quando ela sai do casulo já está totalmente diferente : nao é mais lagarta e sim borboleta com lindas asas coloridas!
Betina logo percebeu que aquela lagarta já tinha passado pela metamorfose e estava pronta para sair pois o casulo vibrava e começavam a se abrir.
Era a primeira vez que a menina via aquilo e ficou encantada pode assistir de pertinho a uma verdadeira mágica da natureza : o nascimento de uma borboleta!
Como seria ela? Grandola ou miudinha? De quem cores seria suas asas ? Ela voaria para longe ou ia preferir ficar voando pôr perto no pé de camélia sugando a néctar das flores tão branquinhos?
No entanto os minutos passavam e nada !parecia que a borboleta nao ia conseguir sair. ..Betina viu que ela parava de de ser esforça várias vezes parecendo muito cansada e sentiu pena.Dava impressão de que o esforço era grande de mas para o bichinho como aquele .
Então a menina teve uma idéia :correu para casa abriu a mochila da escola e dela tirou sua tesourinha. Voltou a pracinha e cortou o casulo abrindo- de cima a baixo .De dentro dele saiu rastejando um animal úmido fraco e amarrotado ele nao tinha força suficiente nem para abrir as asas tentou várias vezes mas nao com seguiu acabou desistindo.
Porque a borboleta nao voava agora que estava livre ?
Betina voltou para casa decepcionada .Naquela noite demorou a dormir.por mais que pensasse nao conseguia entender o que poderia ter acontecido.
No dia seguinte logo que chegou na escola correu para a pracinha. No lugar omde havia deixado a borboleta nao havia mas nada...mas em outro galho da camélia um novo casulo começava a se abrir.
Betina ficou parada assistindo sem se mover . Parecia uma estátua! Nao queria atrapalhar. Demorou um bucado mas a nova borboleta conseguiu sair e abriu suas lindas asas dizendo:
-ufa! Que calorão estava lá dentro!
A menina abriu a boca espantada mas arriscou responder.
-ola ,borboletinha como você é linda !acabei de ver seu nascimento. ..desculpe se nao ajudei mas é que ontem tentei fazer isso com uma irmazinha sua.cortei o casulo com minha tesoura mas ela saiu tão fraquinha que acho que nao resistiu ...
A borboleta bateu as asas voou em torno do pé de camélia e depois pousou bem em frente a Betina. Disse :
-ola menina! Na natureza nada acontece pôr acaso ! Pôr mais que se já difícil para nos borboleta abrirmos nosso casulo esse trabalho e necessário para que aos poucos possamos nos exercitar e nos tornar mais fortes .veja o que eu fiz : so depois de ganhar essa força conseguir sair abrir minhas asas e voar ! Nimguem poderia fazer isso pôr mim se não eu ia acabar virando um bichinho fraco incapaz de viver pôr conta própria...
Naquele momento Betina se lembrou e entendeu a frase que sempre ouvia do pai: você pode resolve este problema sozinha ...
A borboletinha levantou voou e subiu subiu à te desaparecer ...
Betina ficou ali ainda durante um tempo pensado .
Depois correu pra casa e contou ao seu pai tudo o que tinha acontecido. Ele deu um grande sorriso e a abraçou .
E no mesmo istante uma borboletinha entrou pela janela e ficou esvoaçando alegremente pela sala...
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias .hack//Liminality
Personagens Personagens Originais
Exibições 0
Comentários 0
Palavras 0
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction Lição de vôo
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação
Avisos: Adultério
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

O autor dessa História ainda não destacou nenhum comentário.