História Lições para Jungkook - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~Nanna_Ciel

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Harem, Jihope, M-preg, Namgi, Namjin, Nammin, Namseok, Omegaverse, Sugamon, Vmon
Exibições 128
Palavras 1.037
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Harem, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sadomasoquismo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá gente linda.
Esse capítulo é para aquelas que pediram por Jihope, nosso otp, por isso nós atendemos os pedidos.
Aproveitem.
Boa leitura.

Capítulo 6 - Sábado


Fanfic / Fanfiction Lições para Jungkook - Capítulo 6 - Sábado

O choroso ômega atirou-se sobre o colchão macio, seu corpo dando um saltinho perante a brusquidão de seu movimento, o som do choro e de recorrentes fungadas fazendo seu pai, o alfa daquela matilha revirar os olhos.

Jimin chorava por ser terminantemente contra as coisas que ele deveria simplesmente aceitar. Isso claro, segundo seu pai.

Este por sua vez sentenciou sua decisão antes de bater a porta do quarto e sair.

"Você casará sim com o alfa que eu escolher e ponto final."

Jimin soluçou, não queria se casar com ninguém mais que não fosse seu Hobi.

Mas Hoseok, para a infelicidade de ambos era um beta e o pai de Jimin nunca permitiria que um beta, um sem nada que ele acolheu para que não ficasse ao relento tomasse seu filho.

Jimin seria o primeiro ômega, aquele que geraria os filhos da matilha, aquele que levaria o sobrenome do alfa escolhido por seu pai.

Jimin não queria. O primeiro ômega, o ômega reprodutor não era possuído por mais ninguém se não pelo alfa que o tomasse, enquanto um ômega apenas agregado a uma matilha já formada poderia se assim seu alfa permitisse ter outros encontros sexuais.

"Minnie meu bebê, não fique assim." Hosoek falou entrando no quarto, sentou na cama, acariciando os fios negros do ômega, cortava seu coração ser tão incapaz, queria fazer de Jimin seu, queria poder o ter, má provavelmente seria morto caso fizesse tal sandice.

"Meu pai quer me casar, sabe o que isso significa? Que ficaremos separados, eu não quero Hobi, eu não aceito." A voz era abafada pelo travesseiro.

"Jimin, acalme-se sabe que irei para onde for. Pertencerei a aquele que lhe tiver. Deixarei a nossa matilha para fazer parte daquela que você fizer." Jung dizia tentando passar algum conforto para o ômega. "É o que eu posso fazer. Faria mais se pudesse, mas quem sou eu? Um beta sem nome, um ninguém meu pequeno." Hoseok também tinha lágrimas nos olhos.

"Sabe bem que se eu for o primeiro ômega, não poderás me tocar, nunca mais, não sabes?" Jimin olhou para Jung, os olhinhos molhados, um biquinho na boca carnuda.

"Não me importo, desde que estejamos juntos, as circunstâncias não me importam."

Jimin sorriu e beijou o beta, em Hoseok ele podia confiar, estariam sempre juntos.

Uma semana depois Jimin aos dezesseis anos entrava em seu primeiro heat, não é como se ele nunca tivesse recebido nenhuma orientação, ele recebeu sim, mas Jimin era o que o pai gostava de chamar de cabeça dura, um rebelde, um criador de problemas, Jimin perdeu sua virgindade e foi marcado por um desconhecido em um elevador naquela tarde.

Seu pai furioso por ter perdido a chance de fazer um bom casamento e assim fortalecer suas coligações acabou por cortar laços com o filho, proibindo toda a sua matilha de ter contato com o ômega.

O alfa em questão, que marcou Jimin assumiu suas responsabilidades, trouxe Jimin para o seu pacote e de brinde ganhou um beta fujão.

Hoseok teve que lidar com o fato de que o seu amado pertencia a outro, teve que aprender que se quisesse ficar próximo à Jimin ele próprio pertenceria a outro.

Mas no fim das contas, ambos estavam felizes. O alfa que os acolherá era bom e gentil e permitia que eles ficassem juntos.

Eles desenvolveram sentimentos por tal alfa assim como tinham um pelo outro.

No fim as coisas deram certo.

"Aqui está seu sorvete bebê." Hoseok entregou a Jimin uma casquinha de morango e creme, coberta por granulados e calda de chocolate o preferido do pequeno.

"Obrigado Hobi." Jimin respondeu, Hoseok sentou-se ao lado de Jimin, ambos amam os sábados, eram livres e podiam fazer o que quisessem e quase sempre o que mais queriam era ficar juntinhos, só os dois, como estavam agora.

Observavam as crianças correrem com seus cães e os casais alcançarem os bebês nos balanços. A mão de Jimin timidamente alcançou a de Jung, entrelaçando os dedos ao do mais velho.

"Amo você." Disse o ômega beijando a bochecha do beta.

"Amo mais." Hoseok respondeu sorrindo largamente.

*

*

*

"Assim Tae, você primeiro tem que passar a manteiga para depois polvilhar com farinha da trigo." Jin orientava Taehyung como untar corretamente uma forma para um bolo ser assado.

"Esse é o ponto correto da massa?" o ômega mais novo perguntou, Taehyung adorava cozinhar e quem melhor para lhe ensinar que Seokjin que cozinhava como um verdadeiro chefe.

"É sim. Pode colocar na forma... Hey, mas o que é isso?" Jin ralhou para os três filhotes, um pequeno ômega de cinco anos, uma alfa de nove e um beta de doze. Todos os três corriam pela casa. "Sem correria dentro de casa. Se não vou chamar o pai e vocês." ele já dizia para o nada, as crianças já estavam lá fora.

No andar e cima Yoongi gravava um vídeo para o seu canal YouTube, o beta dava dicas de gramática e como criar uma história e se manter empolgado até o fim da escrita.

Yoongi tinha bastante assinantes, mesmo que ele pouco interagisse com seus fãs, ele costumava ser carinhoso, dentro do possível, isso é dentro dos limites estabelecidos por seu alfa.

Namjoon levará à Jungkook para uma de cartas, os dois e mais alguns alfas amigos de Namjoon passariam a tarde jogando poker. Claro que Jin foi contra, mas Jungkook não era mais um filhote e o pai o ensinara muito bem a fazer apostas somente quando podia ganhar.

Sábado era o dia em que todos tinham liberdade para fazerem suas atividades preferidas.

Jimin e Hoseok sempre resolviam passear, ir ao parque, ao cinema, ou até mesmo ficar em casa em uma sessão de amassos com gosto e pipoca.

Namjoon saía para jogar com os amigos, fosse jogo e cartas ou algum esporte físico, as vezes preferia só ficar descansando, dependendo das quanto a semana exigirá de si.

Seokjin e Taehyung se envolviam sempre nas mesmas coisas, ou cozinhavam, ou saiam para irem às compras, sempre juntos, sempre compartilhando segredos e novidades.

Yoongi costumava reservar o sábado para dar atenção a seus fãs, respondendo comentários de seu blog ou gravando um vídeo, às vezes colocava uma leitura em dia.

 

 


Notas Finais


Olaaaaaar então nosso Jihope fofo veio, espero que vcs tenham gostado.
Faltam apenas mais um capítulo para a conclusão da nossa fanfic, então peço, não desistam de nós o/
Bejinhos e até breve <3
Nanna


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...