História Lie - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Suga
Tags Bangtan Boys, Broken, Bts, Drabble, Drabble Yoonmin, Jimin, Suga, Suicide, Yoongi, Yoonmin
Exibições 66
Palavras 961
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Tive a ideia enquanto escutava lie,
Boa leitura. :)

Capítulo 1 - Please, return my smile


Fanfic / Fanfiction Lie - Capítulo 1 - Please, return my smile

 

O líquido acobreado escorregava pela minha garganta lentamente, me aquecendo por dentro e me deixando embrigado. Lágrimas novas surgiam em meus olhos avermelhados e trilhavam o caminho das que já tinham passado por ali. Minha mão fechada em punho batia na mesa de madeira, eu me sentia um idiota.

Um completo tolo por ter acreditado em você, por ter entregado meu coração puro em suas mãos. Você foi meu primeiro amor, Yoongi. Minha primeira decepção. 

Era tudo tão lindo, tão claro. Eu ainda não entendo como nosso relacionamento foi para a sepultura, o que eu fiz de errado? Por que você se tornou uma pessoa tão fria? Você prometeu que seria pra sempre.

Eu sou tão patético. Estou com o celular na mão, te chamando pela milésima vez nessa madrugada fria, mas você não atende. Você deve estar com ele agora, qual era o nome mesmo? Eu não consigo me lembrar. Você se sente feliz, Yoongi? Você vai amar esse pobre rapaz e depois esmagar o coração dele em suas mãos gélidas, igual fez com o meu?

Eu caí em uma mentira. A mentira de que você iria me amar independente do tempo que passasse. Eu ainda sou o mesmo, eu ainda te amo da mesma forma. Eu sou tão tolo que te aceitaria de volta, sem ao menos considerar sobre a decisão. Qualquer coisa é melhor do que sentir essa dor que me corrói todos os dias. 

Por favor, me devolva o meu sorriso. Faz quatro meses que você se foi, e esse é o tempo em que eu não sorrio mais. Você levou tudo, Yoongi. Minha inocência, minha felicidade, meu coração. Você foi traiçoeiro como uma cobra, se rastejou pela minha vida calmamente, e quando eu percebi, existia apenas você ao me redor, me devorando, quebrando.

Eu tento fugir, mas parece um caminho interminável. Você era minha vida toda, eu abri mão dos meus sonhos por você, abri mão da minha família. Tudo que recebi em troca foi um adeus. Você é uma droga, Yoongi. Uma droga em que eu sou viciado, eu preciso de você para viver, eu espero pelo dia em que você vai entrar pela porta e dizer que ainda me ama, que ainda me quer.

Eu ainda sinto os toques de sua mão, o seu aroma extasiante após nossas noites cheia de amor. O sabor de seus lábios adocicados, eu ainda sinto mesmo que você não esteja mais aqui. As noites são frias sem o seu corpo próximo ao meu, o sol parece não brilhar mais para mim. Eu estou acabado, esperando que você me salve desse inferno.

Você é um anjo pra mim, e ao mesmo tempo um demônio. Você colocou ar em meus pulmões, apenas para me afogar no mais profundo oceano de sofrimento depois. Será que haverá um dia em que eu poderei pronunciar seu nome, sem que eu sinta como se milhares de navalhas cortassem meu coração?  

Isso é apenas uma pergunta retórica, porque eu sei a resposta. Eu jamais vou esquecer o jeito que você me fazia sentir, eu jamais vou aceitar o fato de que tudo está acabado. É a última vez que eu vou discar, eu prometo. 

 

— O que você quer?

 

Seu tom de voz foi gélido e arrogante, e mesmo assim eu sorri. Sorri como a muito tempo eu não sorria.

 

— Eu te amo. 

 

Você desligou. É claro que desligou. Senti a risada rouca escapando pelos meus lábios, você finalmente atendeu. Agora eu poderia ir em paz, porque eu finalmente consegui te fazer ouvir que mesmo após tudo isso, meus sentimentos permaneceram vivos. 

Arrastei meus pés pela casa vazia, a casa que um dia foi cheia de alegria e sorrisos, eu ainda escuto sua voz pelos corredores. Abri a última porta do corredor, cambaleei até a grande pia de mármore, peguei o frasco de comprimidos que estava guardado a tanto tempo, apenas para essa ocasião. 

Coloquei os remédios ao lado do meu celular, no chão. Deixei a banheira encher, e me permiti pensar em você pela última vez. A dor de relembrar os momentos com você foi linda, eu espero que você ainda se recorde deles também. 

A banheira encheu. Não me importei em retirar minhas vestes, peguei o frasco de comprimidos e os virei em minha boca, engoli um pouco da água da banheira para fazê-los descer. Me perdoe, Yoongi. Eu estou soltando de vez da sua mão, mas meu coração ainda permanece o mesmo. Eu estou apenas cansado de lutar. 

Encostei confortavelmente no mármore gelado, meus dedos tocaram suavemente as feridas recém abertas em meu braço, eu tentei liberar a dor que sentia através dos cortes profundos na noite passada, mas de nada adiantou. Fechei meus olhos e apenas seu rosto preenchia minha mente. O rosto angelical e suave, mesmo que tenha se tornado amargo e desprezível, eu ainda amo cada expressão que você dirigiu a mim. Eu nunca serei capaz de te odiar. Está tudo bem você me deixar, contanto que você seja feliz. 

Não. Eu sou apenas um belo mentiroso. E eu não consigo mais fingir, me perdoe.

Abri os olhos mais uma vez, apenas para olhar para as paredes manchadas. Os minutos pareciam se arrastar, e eu sentia meu estômago se revirando com o efeito das pílulas. O som de uma chamada em meu celular me despertou de meus devaneios, olhei para a tela lentamente, apenas para ver o nome que brilhava nela. Lágrimas escorreram pelo rosto já molhado, mas dessa vez era de alegria. Fechei os olhos e senti tudo ao meu redor girar, não senti medo do que ia acontecer, apenas a felicidade de ter seu nome escrito em meu celular pela última vez. Yoongi.

E foi com o toque contínuo em meu aparelho, que senti a escuridão me envolvendo.


Notas Finais


Me deu uma bad enorme escrevendo isso. ;u;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...