História L. I. E. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 137
Palavras 411
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Decidi postar mais um.
Confesso que estou amando escrever (mais do que já amo).
Pretendo postar uns capítulos maiores.

Capítulo 5 - Quatro


Fanfic / Fanfiction L. I. E. - Capítulo 5 - Quatro

- Jennie!

Os olhos de Suga brilham quando ele me vê.

Faz muito tempo que não venho fazer uma visitinha na oficina onde ele trabalha, e, por mais que esse seja o tipo de lugar que muitas garotas evitariam por conta do cheiro de graxa e o acúmulo de ferramentas por todos os cantos, confesso que me sinto mais feliz quando estou aqui.

Suga não trabalha aqui sozinho, ele tem mais cinco companheiros, sendo eles, Namjoon, Jin, Kook, Hobi e Taehyung. Todos eles, apesar de aparentarem ser sérios e terem fama de “encrenqueiros” pelo quarteirão, são, na verdade, uns amorzinhos.

- Trouxe uma pessoa para vocês conhecerem – sorrio para eles, sentando-me sobre a primeira mesa vazia que encontro.

O brilho dos olhos de Suga desaparece quando ele nota a presença de Jimin. Os outros garotos olham para o meu “convidado” do mesmo jeito, e, por alguns poucos segundos, chego a ter a leve sensação de que eles se conhecem de algum lugar.

Balanço a cabeça. É impossível eles terem se conhecido antes, afinal, desde que me entendo por gente, conheço Suga e ele sempre viveu aqui, assim como os outros meninos da oficina.

Apresento cada um deles para Jimin e faço uma pequena propaganda de cada um, evidenciando o que cada um tem de engraçado e de melhor. Enquanto eu falo feito “puta na chuva”, percebo as trocas de olhares estranhas entre os sete e, aos poucos, isso começa a me incomodar.

- Algo de errado? – pergunto à Suga, depois que Jimin nos deixa na oficina e sai para resolver seus problemas pessoais.

- Por que algo estaria errado? – Suga me abraça, sorrindo.

Reviro os olhos.

- Eu vi o modo como vocês se olharam... tem algo que eu não possa saber?

- Eu acho que você está feliz demais com um cara que acabou de chegar, só isso.

Ele dá de ombros e me solta.

- Você está com ciúmes? – rio – Que bonitinho.

Ouço Tae gritar algo sobre não estar muito a fim de segurar vela e fecho a cara. Apesar de ouvir piadinhas desse gênero todos os dias, ainda não me acostumei com a ideia de as pessoas ao redor me verem como uma namorada para o Suga. Nós somos amigos, quase irmãos de tão próximos.

Dou um beijo na bochecha dele e sorrio feito um tipo de idiota, fazendo-o rir.

- Preciso ir para casa, comandante – falo – Amanhã a gente se vê na escola.

- Ok. Até amanhã.


Notas Finais


Mais um capítulo postado!!! Espero que tenha agradado a vocês. Beijos, meus amores!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...