História Lie – Imagine JungKook - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens B.M, Bobby, J.Seph, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Jiwoo, Jungkook, Junhoe, Lisa, Mark, Rap Monster, Rosé, Somin, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Jay Park, Jimin, Jin, Jungkook, Killer Bunny, Namjoon, Rap Monster, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 115
Palavras 468
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Droubble, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Orange, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Prometo que não vai doer nada... Não em mim.


        ~`| Anteriormente em Lie |`~


Me desobedecendo, Kwan entra no beco, e depois de soltar um longo suspiro, resolvo ir atrás dele.
Caminho em passos lentos até lá, e me deparo com um homem desferindo golpes de faca na barriga de um outro homem que já parecia estar morto no chão.
 
Sinto uma carga elétrica passar por todo o meu corpo, meus batimentos cardíacos passaram a ser mais acelerados, minhas pupilas dilataram, e minhas mãos tremiam como nunca...
Quando o homem se virou, e eu pude ver sua máscara de coelho com respingos de sangue.

Era ele...
                   The Killer Bunny.

                            × •Atualmente• ×

Friday, 01:45 pm.

Me viro pronta pra correr, quando trombo com algo, ou alguém.
Vou com tudo no chão, e quando levanto meu olhar vejo o Killer Bunny.

– AAAAAAAH - Olha para a minha blusa branca de pijama, e ela está coberta com o sangue que estava no KB (Killer Bunny) - AAAAAAAAH!!

– Shh! - Ele levanta seu dedo indicador pedindo silêncio, e olha em volta. Parecia sentir algo, sei lá.

O maior se abaixa até ficar na minha altura, e me beija, não foi exatamente um beijo, ele meio que colocou algo na minha boca.

– Engole... - Diz, segurando meu queixo com força, e eu nego - Eu disse pra engolir - Sua voz era rouca, e abafada, pela máscara que usava.

Com medo de levar uma facada no meio da testa, engulo o negócio, em poucos segundos tudo fica escuro, e desmaio.

Q/T

Sinto uma sensação estranha, me fazendo "acordar"/abrir os olhos. Percebo que tem alguém em cima de mim, beijando meu pescoço.

Tento gritar. Sem sucesso, tinha um pano na minha boca.
Tento estapear a pessoa. Sem sucesso, a pessoa segurava meus pulsos com força.
Tento chutar os países baixos do ser. Sem sucesso, não conseguia levantar minhas pernas, elas estavam pesadas.

– Hm... Deliciosa - O ser que beijava o meu pescoço, agora começa a lamber, me fazendo resmungar - Shh, quietinha.

Suas grandes e gélidas mãos, adentram minha blusa, e apertam minha cintura, me deixando arrepiada.

– Deixa eu te provar, prometo que não vai doer nada... - Ele se aproxima do meu pescoço novamente - Não em mim. - Após isso, sinto algo furando a pele do meu pescoço.
Um gemido de dor, abafado pelo pano, sai por meus lábios, ouço um risinho debochado da parte dele.

– Você não deveria andar sozinha à noite... - Ele dizia contra o meu pescoço, me fazendo engolir seco - Alguém como eu poderia se aproveitar de você.

Ele solta outro risinho debochado, e rasga a minha blusa, começando a destribuir beijos pelo meu colo, maxilar, queixo... Até que uma porta que eu nem sabia da existência, é aberta com força, e uma garota entra, ela parecia furiosa.


O QUE VOCÊ PENSA QUE ESTÁ FAZENDO?!


Notas Finais


Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...