História Lie {JiKooK} - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Kookmin, Namjin, V-hope
Exibições 55
Palavras 2.099
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fluffy, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi oi!!
De volta com um capítulo muito molhadinho mas não pelas melhores razões.
Se preparem que vem aí treta e ela veio para ficar.
Espero que gostem e até ás notas finais!

Capítulo 14 - Eu faço...


Fanfic / Fanfiction Lie {JiKooK} - Capítulo 14 - Eu faço...

Jungkook Pov 

 

Stefan estava ali apontado uma arma ao Sr.Park.  Eu e Yoongi segurávamos nossas armas apontando para Stefan.  

Nós não podíamos atirar. Tudo ficaria pior se o fizéssemos. Eu sabia que Stefan não mataria Sr. Park. Esse não era o plano de James, por agora.  

-Vocês já se esqueceram de que lado estão?- Stefan perguntou. Jimin agarrou em meu braço. 

-Desapareça daqui- falei firmemente.  

-Somos dois contra um, por favor vá embora- Yoongi pediu calmamente. Tinha tanta vontade de rebentar os miolos daquele idiota.  

Stefan olhou para Sr.Park.  

-Acho que não é desta que vou ter o prazer de usar minha arma- ele falou divertido. Stefan se moveu sem nunca baixar a arma. O mesmo foi até á porta e a abriu logo desaparecendo. Baixei minha arma aliviado.  

Sr. Park levantou-se foi até mim e me pegou no pescoço me empurrando contra a parede. Vi Taehyung fazendo o mesmo com Yoongi.  

-Vocês...-Sr. Park falou com raiva.  

-Appa, largue-o- Jimin tentava puxar seu pai.  

-O que é que ele quis dizer com aquilo de "vocês já se esqueceram de que lado estão"?- Sr. Park perguntou olhando diretamente em meus olhos.  

-Appa!- Jimin tentou tirar a mão de seu appa do meu pescoço.  

-Fale!- Sr.Park fez mais força em meu pescoço. Comecei a ter dificuldade em respirar. 

-Eles não têm a culpa! Eles não são maus!- Jimin falou desesperado- Largue-o!!- gritou.  

-Jimin, ele conhecia aquele homem!- Sr.Park olhou para o filho.  

-Eles não se conhecem- Jimin falou mais calmo. Lágrimas escorriam pelo seu rosto- Jungkook já me tinha contado que sua família era perseguida, é por isso que eles reagiram daquela maneira- Jimin falou tentando parecer convincente. Meus olhos marejaram. 

 Jimin estava mentindo por mim.  

-Eu não acredito!- Sr.Park falou- Jimin, se calhar foram eles que lhe bateram, você não pensa? 

-Jungkook era incapaz de me fazer mal, appa- uma lágrima escorreu pelo meu rosto. 

-Eu vou fazer queixa. Alguém telefone á polícia- Sr. Park falou. 

-Não!- Jimin gritou assustando toda a gente- Se alguém se atrever a chamar a polícia, podem ter a certeza que nunca mais me vão ver! 

-Jimin...-  Sra. Park passou a mão nas costas do filho- Você acha que Jungkook é mesmo de confiança?-perguntou. Jimin me encarou. As lágrimas não paravam de escorrer pelo seu rosto.  

-Omma, Jungkook só é culpado por me fazer feliz, nada mais. Jungkook e Yoongi não têm a culpa que alguém os esteja perseguindo.  

-É por isso que eles andavam armados?-Sra.Park perguntou. 

-Sim, eu já sabia que eles andavam armados e sabia de toda a situação. 

Sr. Park largou meu pescoço. Levei as mãos até ao mesmo. Tentei normalizar minha respiração. 

-Eu vou deixar-vos ir- Sr.Park falou- Mas tenho uma condição. A partir de hoje não vos quero perto da minha família. A segurança é tudo para mim e vocês colocam-na em risco neste momento.  

-Appa...-Jimin encarou-o. 

-Jimin, é para o seu bem. A partir de hoje você e Jungkook terão de ficar separados. Não quero que lhe volte a acontecer nada. Você compreende? 

-Não- Jimin falou baixando a cabeça. Jimin limpava as lágrimas que insistiam em cair.  

-A partir de hoje está proibido de sair de casa, terá de andar  com o motorista sempre que for e vier da escola. Entendido? 

-Não me faça isso, por favor- Jimin implorou. O mesmo se ajoelhou em frente a Sr.Park- Por favor, appa. 

-Jimin...-agarrei em seu braço e o puxei para cima- Não faça isso por mim- olhei profundamente em seus olhos tristes. Olhei para o teto para não chorar mais mas era impossível.  

-Jungkook, eu quero estar com você- Jimin passou a mão pelo meu rosto.  

-Rapazes, não tornem as coisas mais difíceis- Sr.Park falou. Jimin passou a mão pelos meus cabelos enquanto que seus olhos me fitavam atentamente- Jungkook e Yoongi  têm de ir embora...- Jimin baixou a cabeça e chorou mais, me partindo o coração. Levantei seu rosto.  

-Eu amo você-falei olhando profundamente em seus olhos, abracei-o com força. Jimin chorou em meus braços.  

-Jungkook, é melhor irmos- Yoongi falou atrás de mim. Jimin afastou-se e tomou meus lábios num beijo calmo e molhado devido ás lágrimas que escorriam por ambos os rostos.  

Quando nos afastámos passei meu pulgar pelo seu rosto limpando suas lágrimas. Abracei-o novamente.  

-Eu amo demasiado você para deixar que isto nos separe- sussurrei em seu ouvido- Nós arranjaremos um jeito de dar certo.  

-Tá...-Jimin falou se acalmando um pouco. Afastámo-nos. Yoongi pegou em meu braço e me puxou para fora dali.  

Saímos da casa de Jimin.  

-O que é que fazemos agora?-perguntei preocupado.  

-Teremos de falar com Stefan- Yoongi falou seriamente. 

-Como assim? Nós apontámos-lhe uma arma! 

-Ele fez isto para nos expor á família de Jimin. Ele só nos queria tramar. Ele sabia que nós iriamos defender a família de seu namorado- Yoongi suspirou.  

-Aquele filho da puta- falei irritado.  

-Prepare-se que as coisas não vão ser fáceis a partir de agora. 

-As coisas nunca foram fáceis- suspirei.  

 

Passado uns minutos chegámos a casa. Encontrámos Stefan na sala assistindo TV. Me controlei para não partir para cima dele.  

Íamos para o quarto quando Stefan decide abrir sua boca imunda. 

-Yoongi, preciso de falar com você- Stefan levantou-se e passou por nós. Yoongi suspirou e o seguiu. 

 Estava com receio em relação a Yoongi. Ele tinha uma família para proteger. 

 

Yoongi Pov 

 

-Você quer que eu faça o quê?- perguntei surpreso.  

-Foi o que você ouviu- Stefan sorriu- Se não fizer o que eu mandei vou ter de me aproximar de suas meninas- arregalei os olhos- Você não quer isso, pois não? 

-Como é que você descobriu?-perguntei assustado com a situação. 

-Não interessa. Você não me pode subestimar, Yoongi- passei as mãos pelos meus cabelos. Não podia deixar Stefan chegar perto das pessoas que amo. Eu faria de tudo por elas, até trair a confiança Jungkook.  

-Eu faço...- falei olhando para o chão- Eu faço o que você pediu. 

-Ótimo- bateu palmas- Agora pode ir- Stefan me dispensou.  

 

Jimin Pov 

 

Estava em meu quarto tentando adormecer. O jantar não me saía da cabeça. Eu esperava algo bastante diferente do que realmente aconteceu. 

Meu coração continuava apertado. Só de pensar que não poderia estar com Jungkook... 

Suspirei e virei-me para o outro lado. 

Esperava-me uma longa noite pela frente... 

 

Acordei com o barulho de alguém batendo em minha porta. Nem dei por adormecer na noite anterior. Levantei-me sonolento e fui abrir a porta pois ontem a tinha trancado.  

Era minha omma. 

-Vim me despedir de você, seu appa vai-me levar de volta para aquela prisão. 

-Eu não suportarei ficar aqui sozinho, omma- falei me sentindo fragilizado. Omma me abraçou.  

-Vai tudo correr bem. Você faz o que quiser, não se esqueça que já é maior de idade. Só não faça as coisas mesmo de baixo do nariz de seu pai.  

-Você está me incentivando a estar com Jungkook mesmo sendo perigoso?- afastei-me e encarei-a. 

-Jimin, eu não sou parva. Eu sinto quando algo não está certo e eu sei que o que você contou ontem era mentira. Mas eu vi que vosso amor era verdadeiro e eu acho que Jungkook dava a vida por si- sorri com o que minha omma falou- Seu appa vai estar fora o dia todo, aproveite para fazer algo que goste- piscou o olho.  

-Obrigado por estar do meu lado. Significa muito para mim. 

-Eu só quero que você seja feliz e se Jungkook o faz feliz eu não sou ninguém para o impedir de estar com ele, você tem de crescer e tomar suas próprias decisões. Eu tenho medo que você se magoe mas eu acho que Jungkook vai fazer de tudo para que isso não aconteça. 

Abracei minha omma novamente. Logo depois ela teve de partir. Fui tomar um banho e me vestir. Quando estava preparado fui tomar o pequeno almoço.  

-Você vai sair, menino?- Dora perguntou seriamente. 

-Sim- falei a verdade. 

-Você sabe que seu pai o proibiu, porquê que vai contrariar suas ordens? 

-Porque eu não nasci para ficar olhando para as paredes. 

-Também não nasceu para ser alvejado- Dora falou preocupada. Suspirei.  

-Dora, vai correr tudo bem, ok?- falei terminando de comer. 

 Levantei-me, saí da cozinha e fui lavar os dentes. Depois peguei meu celular e mandei mensagem a Jungkook para ele ir ter comigo a um parque perto da escola.  

Saí de casa e fui ter com meu motorista. O mesmo me olhou desconfiado. 

-Você não tem autorização para sair- falou seriamente. Tirei umas notas do bolso e abanei-as. Ele suspirou- Entre.  

 

Estava a caminho do parque. Queria tanto estar com Jungkook para esquecer tudo o que tinha acontecido na noite passada. Estava a olhar pela janela  quando vejo algo que me chama atenção. Aquele era meu appa? Nosso carro parou devido aos sinais. Consegui ver melhor mesmo estando um pouco longe.  

Meu appa tomava café com uma mulher. Mulher essa que não era minha omma. Meus olhos se arregalaram quando meu appa pegou na mão da mulher e sorriu abertamente. Cerrei os punhos. Senti meus olhos marejarem assim que meu pai beijou aquele mulher. Meu coração acelerarou devido á raiva que estava tomando meu corpo. Meu pai estava traindo minha omma?  

Limpei uma lágrima que escorreu pelo meu rosto. Continuámos nosso caminho assim que o sinal ficou verde.  

Como é que meu appa foi capaz de fazer uma coisa destas? Eu devia ter desconfiado. Ele passava demasiado tempo fora, estava sempre mexendo no celular. Eu devia ter desconfiado... 

Meu appa usava o facto de minha omma estar na clínica para a trair.  

Peguei em meu celular. Minha mãos tremiam. Liguei para Jungkook. 

-Estou?-atendeu.  

-Jungkook você está a chegar?- perguntei com a voz trémula.  

-Jimin, você está bem?-Jungkook perguntou preocupado. 

-Eu preciso de você- fechei os olhos com força tentando me controlar.  

-Eu já estou no parque esperando você. Jimin, o que se passa?  

-Eu vi meu pai...-mordi o lábio com força. 

-Jimin, você me conta quando chegar. Vem rápido- falou. 

-Tá...-desliguei a chamada logo me desmanchando em lágrimas.  

Quando chegámos no parque, saí rapidamente do carro. Olhei em volta me sentindo perdido. Respirei fundo. Olhei novamente em volta e vi Jungkook e Yoongi bem longe. Andei até eles. Sentia minhas pernas fracas.  

Estava a alguns metros deles. Só Yoongi me viu visto que Jungkook estava de costas. Yoongi falou algo para Jungkook, não percebi pois ainda estava um pouco afastado, vi o mesmo se aproximar de Jungkook.  Yoongi olhou para mim e nesse preciso momento o mesmo puxou Jungkook para um beijo.  

Meu corpo gelou. 

 

Jungkook Pov 

 

-Você sabe que não precisa de ficar comigo até Jimin chegar, não sabe?- ri. 

-Eu sei- Yoongi falou sério.  

-Você está estranho... 

Yoongi ficou a olhar para um canto qualquer. Desde ontem que Yoongi parecia mais estranho que o normal. Ele mal falava e tinha atitudes muito esquisitas. 

-Desculpe, Jungkook- Yoongi aproximou-se demasiado.  

-Porquê?-perguntei confuso. De repente, sinto os lábios de Yoongi contra os meus. Tentei me afastar mas Yoongi não deixava. Arranjei forças e afastei-o- Porquê que você fez isso?- passei os dedos pelos lábios. Yoongi olhou para trás de mim.  

Não... 

Virei-me rapidamente. Jimin estava ali me olhando completamente em choque. 

-Jimin...- fui até ele rapidamente- Não é o que parece- Jimin afastou-se. O mesmo chorava.  

-Nunca mais quero ver você- Jimin começou a correr. Fui atrás do mesmo.  

Agarrei em seu pulso. Jimin me socou.  

-Jimin, eu não tive a culpa- falei desesperado. Jimin foi até  seu carro. Fui atrás dele.  

-As pessoas dizem sempre o mesmo- Jimin entrou dentro do carro. Não deixei sua porta se fechar. Jimin suspirou e baixou a cabeça. 

-Me deixe ir- falou com a voz trémula.  

-Jimin...-senti meus olhos marejarem- Acredite em mim. Você acha que eu era capaz de o trair?- Jimin me encarou. Seus olhos estavam vermelhos devido ao choro.  

-Você o fez- Jimin falou magoado. 

-Não...não! Jimin eu era incapaz de lhe fazer isso! Foi Yoongi que me beijou, você não viu?- Lágrimas escorriam livremente pelo meu rosto.  

-Ao menos assuma seus erros- Jimin tentou fechar a porta mas eu não deixei. 

-Jimin... 

-Me deixe, porra!!!-gritou me assustando- Apenas me deixe...- Jimin fungou.  Afastei-me lentamente. Jimin fechou a porta e logo o carro partiu. Deixei-me cair de joelhos. Nunca me tinha sentido tão mal em toda a minha vida.  

Jimin me odiava... 

-Jungkook, eu...-ouvi a voz de Yoongi atrás de mim. Levantei-me lentamente. Virei-me para encará-lo- Desculpe...- assim que Yoongi falou deferi um soco em seu rosto. Yoongi caiu no chão- Eu mereço- aproximei-me e pontapeei sua barriga e logo deferi uma joelhada em seu rosto. 

-Eu pensava que você estava do meu lado...


Notas Finais


Eu confesso que chorei um pouco enquanto escrevia este capítulo. Muito sad...
Espero que tenham gostado e nos vemos no próximo capítulo!!
Jikisses <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...