História Lies - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gackt, L'Arc~en~Ciel
Personagens Gackt Camui, Hyde
Tags Gackt, Hyde, Lies, Starring Role
Visualizações 26
Palavras 355
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


You're never gonna love me
So what's the use?
What's the point in playing A game you're gonna lose?
What's the point of saying
You love me like a friend?
What's the point of saying
It's never gonna end?

Capítulo 1 - You never gonna love me


Você nunca vai me amar, Gackt, eu sei disso. Qual o sentido de continuar jogando algo que vamos perder? Qual o sentido de estarmos juntos, se somos apenas amigos para você? Por que não acabamos logo com isso?

Você sempre foi orgulhoso demais para admitir que cometeu um erro, foi um covarde até o fim. Eu não consigo entender porquê não demos certo. Eu não sou do jeito que você gosta?

Eu não quero fingir, Gackt, não quero viver uma mentira. Mas, eu não posso te deixar ir. Eu só queria que tudo fosse perfeito, queria acreditar que toda a luta valeu a pena. Não quero um relacionamento de mentira, não sou uma boneca para viver uma mentira.

Você só ia pra cama comigo quando estava bêbado, pois, só assim você me via, e mesmo com isso, você chamava por outros nomes. Se casou comigo, mas era amante da noite, pois, ela te libertava.

É quase uma piada, eu sou seu marido, eu deveria ter o papel principal no seu coração, mas, você me colocou como coadjuvante, me fez perder todo o meu brilho.

Eu me doei inteiro para você; meu corpo, minha alma, meu coração. Eu deixei você brincar comigo do jeito que quisesse. Sempre vi que isso ia acabar algum dia, mas, mesmo assim, eu esperei que você se abrisse, que entregasse seu coração para mim, mas você não fez isso, eu sei.

Você não me ama... grandes merdas! Eu também nunca te disse o que eu sentia, afinal, você nunca quis saber.

Eu te mando lembranças do Inferno,

Hyde.


Gackt segurava a carta, trêmulo. Chorava. Era um canalha. Finalmente estava aprendendo a amar Hyde.

O papel estava manchado de sangue e lágrimas. O corpo pequeno jazia na banheira, morto. Os pulsos estavam abertos, a água e o chão estavam sujos de sangue, e a lâmina que ele usou, descansava na saboneteira.

Gackt se levantou com raiva, procurou pela caneta que estava jogada em algum canto do banheiro, secou as lágrimas e escreveu no verso da carta:


Eu vou com você, não desça sem mim.

Amor,

Gackt.

Ele pegou a lâmina, acertando-a na garganta. Gackt veria Hyde novamente, nem que tivesse de ir para o Inferno para isso.


Notas Finais


I send my best regards from hell
It almost feels like a joke to play out a part
When you are not the starring role
In someone else's heart
You know I'd rather walk alone
Than play a supporting role
If I can't get the starring role


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...