História Life after I met you - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Personagens Personagens Originais
Tags Mistério, Romance, Vampiros
Exibições 18
Palavras 913
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Terror e Horror
Avisos: Canibalismo, Estupro, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas da Autora


Voltei!!
Sim eu estou na papelaria do tiozin
E não não e hoje que começa a maratona
Enfim
B
O
A

L
E
I
T
U
R
A

Capítulo 9 - Dead 1


HANNA ON

- Tyler? Vo matar aquela vaca da minha madrasta! - pensei alto

- ela fez algo com você?

- alem de me mandar pra uma casa cheia de vampiros e de gente que eu não conheço? Fez nada não imagina! - falei revirando os olhos

- conversando com a presa? Não acredito que você se rebaixou a esse nivel irmãozinho - esse vampiro dorminhoco ja tá ficando chato pro meu gosto!

Tyler não se importou com os comentários do Shuu. Ele me levou até um quarto beeeeeeem cor-de-rosa por sinal e me ajudou a desfazer a mala. Ele foi até que muito gentil e eu expliquei pra ele que não me importava se ele fosse vampiro, porque ele nunca que me fez mal e sempre me ajudou em tudo.

Mais tarde, Shuu me chamou em seu quarto, eu fiquei com medo mais Tyler me pediu pra obedecer por enquanto até que ele conseguisse me tirar de lá.

Bati na porta do quarto e ela se abriu, como sempre Shuu estava deitado em sua cama.

- vejo que ja conhece meu irmão! Pois fique sabendo que ele não manda  em nada aqui e você deve sempre me obedecer

- ta ta! Era so isso? Ja vou indo então. - tentei me manter firme, mais eu ja estava tremendo de medo.

- so mais uma coisa... - ele se levantou devagar e veio em minha direção - VOCE É MINHA PRESA! - ele me agarrou pelo braço e me jogou na cama. Tirou minha blusa e mordeu com força o meu pescoço, aquela dor aguda me possuia e eu estava custando ficar em pé. Eu me debatia mais como já estava fraca deixei-me levar.

- HANNA? HORA SUA, SUA... - Tyler invadiu o quarto. Esse garoto é burro ou so eu que percebi que estou fazendo tudo contra minha vontade??

Ele me agarrou e me levou até um corredor proximo ao meu quarto.

- QUANTAS VEZES EU VOU TER QUE DIZER QUE VOCE É SO MINHA? - cara isso e bizarro

- ISSO E POR ME FAZER GOSTAR DE VOCÊ - Ele morde meu pulso

- ISSO E POR ME PERDOAR MESMO SABENDO QUE EU SOU UM MONSTRO - A mordida agora foi no ombro

- Ty-ler is-s-sso ma- chu-c-c-ca

- ISSO E POR SE RENDER AO SHUU - ele morde o meu pescoço no mesmo local em que Shuu me mordeu. Ele aprofunda a mordida e com força sugou todo o meu sangue junto com a força que eu tinha.

Já chorando eu caio no chão e me arrastei até o quanto me trancando do mesmo.

- HANNA. 

escorrego pela porta deixando o choro alto. Consigo ouvir que do outro lado Tyler faz o mesmo

- me desculpa princesa, eu não queria....

- AAAAAAAAAARG SAI DAQUI SEU MONSTRO - me levanto e começo a quebrar tudo. Chego em um espelho e me deparo com uma imagem pessima de mim. Meus olhos profundos, meu cabelo acizentado e sem brilho, minha pele buchechas e labios sem cor e sem vida.

Me arrumo e espero por um tempo. Abro a porta e vejo que Tyler ja não se encontrava mais lá

Percebi que todas as luzes estavam desligadas, olhei pela janele e vi Tyler e Shuu saindo em uma limosine, era a minha chance pra sair de lá.

Desci todos os degraus daquela enoooooorme escada e sai correndo pela grande porta.

Logo eu ja estava fora daquele terrivel lugar.

Andei até uma estrada e avistei um carro que parou perto de onde eu estava. Olhei la dentro e vi um amigo antigo meu, Louis, um antigo vizinho estranho com quem foi o meu primeiro amigo.

- Hanna, você está... diferente! Oque ouve?

- e uma longa historia! Me da uma carona?

- claro - falou em meio de um sorriso gentil - entra!

Entrei no carro e logo ele deu partida

- eu não deixei de notar as suas marcas no pescoço.

- então você acredita em vampiros? - ele me olha confuso - poisé eu acabei de fugir da mansão de dois deles! 

- se eu ja não tivesse tido o azar de me esbarrar com um deles a dois anos, diria que você e louca! - ele diz mostrando uma mordida em seu pulso

- hum - disse eu sem assunto

- olha eu vo passar em um posto pra comprar comida e....

- tudo bem

Fomos ate o tal posto e eu fui obrigada a descer pois Louis estava abastecendo o carro.

Fui até a lojinha e peguei tudo que a gente iria precisar, indo então em direção ao caixa para pagar

- MÃOS AO ALTO! ISSO NÃO É TROTE ENTÃO E MELHOR OBEDECER. - e serio isso?

Me ajuelhei com as mãos atrás da cabeça

Olhei pro lado e vi um homem escondido atras de umas prateleiras afim de reagir, isso não vai ser bom! O homem pula no bandido fazendo que ele se assustasse disparando assim, um tiro da arma que o ladrão segurava

O tiro foi unico, mais todos olhavam assustados pra mim, olhei para baixo e notei que estava sangrando. Em minha direção Louis corria desesperadamente ao notar que eu estava morrendo pois meu sangue estava muito pouco

Foi só uma imensa luz e tudo estava diferente.

O som estava distante e fraco, a luz mais forte e a minha visão estava pessima. Fui ao encontro com o chão, e a partir daí, eu não vi mais nada


Notas Finais


Sem palavras ××
0


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...