História Life after you - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Kakasaku, Naruto, Sakura, Sasuke, Sasusaku
Exibições 319
Palavras 738
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá, leitores. Tive a ideia para essa fic enquanto escrevia algumas lamentações.
Não tenho data certa para postar, então peço que compreendam e boa leitura!

Capítulo 1 - First date


Fanfic / Fanfiction Life after you - Capítulo 1 - First date

Nunca fui do tipo de pessoa que fica deprimida, mas talvez eu esteja começando a me tornar.
Apesar de jovem, já passei por muita merda, nessa vida. Tento não reclamar por isso, pois sei que tem gente que passa por coisa pior todos os dias.
Como meus problemas começaram? Bem, talvez tenha sido na corrida para saber quem seria o espermatozoide vencedor. E essa corrida eu venci, assim como você que está lendo isso.
Eu costumo me chamar de aborto que deu errado. Isso mesmo, minha mãe tentou me abortar umas duas vezes e não conseguiu. Ela quase se ferrou na segunda vez, acho que por isso não tentou uma terceira vez.
Meu pai a chutou definitivamente da vida dele quando eu tinha alguns meses de vida. Não o tipo de chute que os jogadores de futebol dão durante um desses jogos amistosos. É chutar de tirar da vida mesmo, o que foi uma boa ideia para ele, que está bem melhor agora. Mas daí você pensa: Chutar uma mulher com um bebê de poucos meses nos braços, não é muita crueldade? Bem, olhando por esse lado, sim, mas parando para pensar, eu não o culpo por isso, minha mãe é um pé no saco.
Talvez alguns de vocês estejam pensando que sou mais alguém chamando a mãe de chata por que ela não me deu o dinheiro que eu pedi para comprar uma roupa nova ou porque ela me colocou de castigo por tirar nota baixa, só pra constar, a primeira vez em que eu tirei uma nota baixa, eu já estava na faculdade.
Continuando, minha mãe é um pé no saco de escrota mesmo. Ela é do tipo que faz todas as escolhas erradas e culpa os outros por isso. Ela está com a vida bem ferrada agora, me atrevo a dizer que talvez ela tenha ferrado a minha também.
Tenho vinte e quatro anos e sou enfermeira, e, graças a deus ou qualquer outra coisa em que você acredite, não moro mais com a minha mãe. Moro num quartinho alugado, em um bairro bem bosta de Tóquio. Não quero falar mal de onde moro, mas o quarto é um muquifo e a vizinhança é péssima. É possível ver o reboco em algumas partes das paredes, sem falar das baratas.
Meus vizinhos de cima brigam quase o dia todo, minha sorte é não estar aqui sempre, mas em meus dias de folga, tenho que ouvir eles brigarem.
Não sou muito sociável, praticamente não tenho amigos e nem faço questão. Eu, basicamente, acordo, trabalho, vou ao bar, volto pra casa e durmo. É assim quase todos os dias, menos em meus dias de folga, vou ao bar, volto pra casa e durmo.
Odeio meu trabalho, mas se bem que eu odeio praticamente tudo e todo mundo. Mas meu trabalho é mesmo irritante. Sou enfermeira em um hospital particular, dá pra ter alguma ideia do tipo de gente que frequenta aquele lugar? Gente mimada, que vive reclamando da vida quando não tem do que reclamar.
Há um tempo atrás, fui designada para cuidar de um velho tarado, que vivia passando a mão na minha bunda. Em um dia, ele me pegou de mau humor, acabei quebrando alguns dedos da mão dele, fiz algumas aulas de defesa pessoal. Por sorte não fui demitida, o velho tinha Alzheimer, e então ele simplesmente esqueceu o que eu fiz. Informei aos meus superiores que ele havia caído no banho. Não me interpretem mal, não maltrato velhinhos, mas esse bem que mereceu.
Hoje eu estou de plantão, estou fazendo hora extra. Uma das enfermeiras precisou faltar, então estou tendo que cobri-la. A noite até que estava tranquila, até que um paciente deu entrada na emergência. Ouvi vozes alteradas vindas da recepção, eu estava no corredor indo até lá quando a maca em que ele estava passou por mim e pude ver quão sujo de sangue ele estava. A recepção estava um alvoroço só. Olhei para a porta e haviam vários seguranças ali perto e pude ver também que haviam algumas lá fora. Esse cara parecia ser muito importante.
Ao lado da bancada pude ouvir algumas enfermeiras fofocarem a respeito, não sou do tipo curiosa, mas todo esse alvoroço me atiçou.
− Quem é? – Perguntei a Lúcia, uma das enfermeiras.
− É o empresário Sasuke Uchiha, ele sofreu um grave acidente de carro e está entre a vida e a morte.
Sasuke... Uchiha?
---


Notas Finais


Não revisei, então peço desculpa pelos erros ortográficos. Comecei a escrever isso uma hora da manhã, eu estava meio grogue de sono, então desculpem se não houver muita coesão.
Opiniões são importantes, gostaria de ouvir a de vocês a respeito da fic.
Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...