História Life after you - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Kakasaku, Naruto, Sakura, Sasuke, Sasusaku
Visualizações 178
Palavras 1.073
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiii, adivinha quem voltou? Siiiim, eu \0/
Como estão? Li os comentários de vocês e como vocês são muito compreensíveis, escrevi logo o cap que devia ter postado ontem haha não planejei nada, só fui fazendo e saiu isso, espero que gostem s2

Capítulo 8 - Amor!


Fanfic / Fanfiction Life after you - Capítulo 8 - Amor!


- Tá me demitindo? - Perguntei meio confusa, afinal eu já havia pedido demissão.


- Sim, não precisa mais cumprir aviso prévio, cheguei até mais cedo para preparar a sua papelada -   Disse ele todo nervoso. Perguntei a razão dele ter mudado de ideia, mas ele não respondeu com coesão, parecia assustado. 


Ele me entregou uns papeis para eu assinar, após assinar alguns vi um cartão familiar próximo a agenda do Diretor.


Uchiha!
---


Assinei os documentos e saí da sala do diretor. Caminhei para a saída do prédio, aquele desgraçado estava se metendo na minha vida de novo. Comecei a procurar em minha bolsa o cartão do Uchiha, disquei o número e liguei para ele, que atendeu no segundo toque.


- Alô - Atendeu ele.


- Desgraçado! - Falei a primeira coisa que me veio a cabeça.


- Ah, olá, amor! - Disse ele tranquilo.


- Amor porra nenhuma, que história foi essa de vir aqui e fazer meu chefe me demitir? - Perguntei zangada.


- Não fiz ele demitir você. Você já havia pedido demissão, apenas acelerei o processo - Ele era muito sínico. 


Estava prestes a chingá-lo, quando tenho o vislumbre do próprio Sasuke Uchiha, usando um terno negro, semelhante ao de Itachi, parado em frente ao hospital, encostado em um Rolls Royce, também na cor preta.


- Filho da puta! - Falei e o ouvi rir do outro lado da linha, ele parecia gostar de me fazer de palhaça.


- Vou desligar, amor! - Disse ele. Guardei o celular e andei em sua direção. Ele era uma visão dos deuses, realmente era. Mas conseguia me tirar do sério com uma facilidade inacreditável - Oi, amor!


- Quer parar de me chamar de 'amor' - Falei zangada.


- Tudo bem, amor! - Disse ele sorrindo. Aquele sorriso sínico.


- Quem você pensa que é pra se meter na minha vida desse jeito? - O encarei séria, tentando não me distrair com a beleza dele, que devo admitir que não era pouca.


- Ainda tá falando disso, mulher? Deixa isso pra lá - Sugeriu ele.


- Não vou deixar pra lá, isso foi...


- Que tar irmos ver o Sasori? - Interrompeu-me o Uchiha.


- O quê? - Ele mudou completamente de assunto. Preciso dizer que Sasuke e aquele carro estavam chamando a atenção de todos que passavam por ali. Não que Sasuke precisasse de um carro para chamar atenção, ele já fazia isso sozinho, com aquele carro então, nem preciso falar.


- Sasori, seu irmão! - Droga! Eu ainda não tinha ido visitá-lo desde a cirurgia. Sasuke abriu a porta do passageiro de seu Rolls Royce para que eu entrasse, o encarei zangada e entrei no carro. Segundos depois ele entrou pelo lado do motorista.


- O assunto ainda não acabou - Não me dei por vencida.


- Estou ancioso para conhecer o famoso Sasori - Disse ele, ignorando completamente o que eu dissera.


- Não falei dele tanto assim - Disse enquanto colocava o cinto de segurança.


- Falou mais do que imagina!
***


Fiquei feliz ao ouvir da moça da recepção que Sasori não estava na ala de emergência. Ela me disse o número do quarto de Sasori, enquanto anotava algo em um pedaço de papel. Vi ela entregar o papel para Sasuke, que recebeu e o guardou no bolso do terno. Revirei os olhos e saí deixando Sasuke com seu novo esquema.

Ridícula!


- Ciumes, amor? - Perguntou Sasuke, logo que me alcançou.


- Me poupe - O ouvi rir atrás de mim - Você não precisa estar aqui.


- Eu sei, mas quero conhecer seu irmão - Disse ele. 


Cheguei ao quarto de Sasori, dei duas batidas na porta e entrei em seguida. Sasori estava sentado, apoiado no encosto da cama, ele sorriu ao me ver. 


Um alívio indescritível tomou conta de mim ao vê-lo sem todos aqueles tubos e fios. Minha mãe ajeitou-se na poltrona ao ver Sasuke parado na porta. 


- Sakura, querida! - Disse Mebuki. Apenas a ignorei e fui até Sasori, abraçando-lhe forte.


- Senti tanto sua falta, Saky! - Disse ele docemente. Afundei meu rosto em seus cabelos ruivos.


- Senti a sua também! - O soltei apenas para olhá-lo melhor. Ele estava tão magro e tão pálido e tudo isso apenas lhe dava uma aparência mais jovem. 


- Oi! - Disse Sasori ao notar Sasuke parado na porta. O Uchiha retribuiu o sorriso que meu irmão lhe dera.


- Oi, amigão - Disse Sasuke aproximando-se - Sou Sasuke Uchiha, é um prazer finalmente conhecer o famoso Sasori - Sasuke estendeu sua mão para Sasori.


- Não tão famoso quanto você - Disse Sasori retribuindo o gesto - Terno legal.


- Podemos providenciar um para você! - Disse Sasuke.


- Obrigado, mas eu não teria onde usar - Disse Sasori.


- Podemos providenciar isso também - Sasuke sorriu e Sasori também.


- Nem sei como agradecer por tudo o que fez, Sr. Uchiha - Minha mãe se fez presente.


- Não há o que agradecer Sra. Haruno - Disse Sasuke, muito educado.


- Eu não sabia que você conhecia pessoas de tamanha importância, querida! -  Disse em um tom  de voz desagradável - O que teve que fazer para conseguir tanto dinheiro, Sakura?


- Vender a alma! - Sasuke riu ao perceber que eu havia acabado de chamá-lo de demônio.


- Não te criei pra isso, Sakura - Falou ela como se estivesse se sentindo ofendida. 


- Você não me criou pra nada. Vamos embora, Sasuke, temos algumas coisas para resolver - Voltei minha atenção à Sasori - Venho ver você de novo, tá? Prometo - Beijei sua testa e saí com Sasuke em meu encalço.


- Foi uma satisfação conhecê-los - Disse Sasuke, despedindo-se deles. Andamos pelo corredor em silêncio até Sasuke quebrar o gelo - Sua mãe acha que...? - Indagou Sasuke, meio que sem saber com completar a frase.


- Ela acha que sou sua prostitua particular - Falei sem emoção e Sasuke riu.


- Uau! - Foi tudo o que ele disse.


Durante o resto do dia, resolvemos algumas coisas a respeito da minha contratação, assinei alguns papeis, deixei alguns de meus documentos na empresa. Acertamos que eu começaria na manhã seguinte, Sasuke iria me buscar, contra meu gosto, é claro, pois eu ainda não tinha crachá. 


Ele me deixou em casa, tomei um banho e troquei de roupa. Saí rumo à Kakashi, meu barman preferido.
---
 


Notas Finais


Migos, não revisei, ignorem os erros e não desistam​ de mim!!
Opiniões são bem vindas!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...