História Life is strange, but love is abnormal - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Anahí
Exibições 6
Palavras 455
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Conhecer é reconhecer


Anahi

E o tão esperado casamento,o que falar daquele treco, eu NUNCA vi meu noivo, nem sei se é lindo, feio, loiro, moreno. Enfim, eu estava escolhendo o vestido de noiva, junto a minha mãe

mãe- Filha, que cara é essa? Se anime, quarta é seu casório!

any-Mãe, você viu o Papai antes de se casar com ele?

mãe-Claro Princesa!

any-Então porque tudo tem que ser diferento comigo? Eu queria me casar com quem eu amava, ou pelo menos, com quem eu CONHEÇO mãe, quem é esse Afonso Herrera? Mãe, sinceramente...- falei com lágrimas nos olho

mãe-Oh filha, eu tenho certeza que ele será um bom marido, como o seus irmãos Cristopher , que é um fofo com a Dulce (casados) e o Crhistian, super divertido e carinhoso com May, porque Afonso não seria contigo?

any-Ok mãe, não se preucupe, farei o máximo

e continuamos olhando os vestidos

AFONSO

c-Então maninho, acabou festa, acabou balada, acabou gatinhas!-falou com um sorrisinho, mas logo fechou a cara- Mas só peço que não magoe a irmã da minha mulher!

ele saiu e não entendi, fui dar uma pesquisada sobre ela, e posso admitir, ela é linda, um ótimo brinquedinho sexual

escutei um toque suave na porta, esse era o toque secreto entre eu e Dulce ( nós ficamos bem intimos, sentia segurança que podia confiar em Dulce)

p-Pode entrar Dul

ela abriu a porta vagarosamente e viu meu computador com fotos de minha "noiva"

d-É bela, não? Sei que sim, tera ela!

p-Realmente...

olhei novamente a bela Anahí

d-Por favor Poncho, me olhe. Não magoe minha irmã, me prometa!-falou com um tom de voz fraco

p-Dul, olhe....

d-Por favor...

p-okay dul!

ela deu um sorriso e eu depositei um beijo em sua bochecha

d-Ah, Anahi chegou... Para se.... conhecerem.- sorriu no conhecerem

ela saiu junto comigo, desci as escadas lentamente e vi a tão bela moça, só que ao vivo

p-Ehhh.... Anahi certo?

a-Unh? Sim sou eu!

ela estendeu sua mão para eu apertar e eu depositei um beijo na mesma e  sorriu

p-Então... como posso te chamar, ficar repetindo Anahi toda hora é cansativo haha!- deu uma leve risadinha no fim

a-Ah, não por isso, ma chame de Any- falou sorrindo fracamente

p-Bom, Any, quantos anos você tem?- dando ênfase  no Any

a-Olhe bem para minha cara e fale- falou com um certo tom de desafio

p-19, 20...

a-HAHAHA não Poncho, tenho 21

p-HAHA mas tá por ai!Quer dar uma volta? A mansão é bem grande

a-Sim, vamos!

eu estendi a mão para ela segurar e ela a segurou ( muitos elas nessa frese)

Nós andamos por horas e horas e estou pensando sériamente em ter um relacionamento fechado da minha parte também

                                                        FIM DO CÁP 1

 

Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...