História Liga da Justiça Sem Limites - Saga Hentai (Vote e Escolha) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Liga da Justiça
Personagens Diana Prince (Mulher Maravilha), Shiera Hall (Mulher-Gavião)
Tags Arlequina, Batigirl, Batman, Harley Quinn, Hentai, Mulher Maravilha, Porno, Sexo, Supergirl
Exibições 451
Palavras 726
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ao final de cada capítulo, decida o que Lex deverá fazer. Suas escolhas gerarão consequências. Nesta história, haverá algo inédito que é a proximidade com os outros personagens. Quanto mais afeição com outras personagens, mais opções poderão aparecer em capítulos futuros que as envolvam. Espero que curtam!

Capítulo 1 - Montando o plano e definindo aliados


Fanfic / Fanfiction Liga da Justiça Sem Limites - Saga Hentai (Vote e Escolha) - Capítulo 1 - Montando o plano e definindo aliados

Já era a terceira vez que eu caminhava pelo meu depósito abandonado. Meu antigo local de reuniões com a melhor escória que o dinheiro podia comprar agora se encontrava às moscas. Eu não tinha dinheiro para pagar ninguém, mal podia pagar meu almoço. Eu estava quebrado e sem perspectiva. Mercy Graves me seguia porque não tinha para onde ir. Ela estava usando sempre aquele seu uniforme preto, com o cap, a minissaia e a meia calça. Ela não estava nada feliz com a nossa situação e vivia me cobrando uma melhora, mas eu não conseguia ver como. 

Certa noite recebemos uma visita inusitada, mas que mudaria nossas vidas. Tala veio até meu depósito e nos surpreendeu com uma ideia que ajudaria a mudar nossas vidas para sempre. 

- O que eu proponho é bem simples, Lex - disse Tala com sua voz sexy e profunda. - Eu consegui criar uma magia para capturar qualquer ser e fazê-lo se curvar à minha vontade. Poderia usar isso em quem quisesse.

- E o que eu teria que fazer para ter acesso a essa tecnologia? - eu perguntei seriamente enquanto Mercy acompanhava tudo sem dizer uma palavra.

- Me incluir nos seus planos! Quero ser tão poderosa quanto puder! - disse Tala com um sorriso sexy e maligno ao mesmo tempo. - E sei que você sabe como usar minha magia.

- Certo! Me parece justo. E como funciona essa sua magia? - eu perguntei ainda pensando no que fazer.

- Está nesses talismãs - disse Tala me mostrando alguns talismãs. - Basta colocar no pescoço de alguém que esta pessoa seguirá suas ordens, Lex!

Nesse instante uma incrível ideia veio à minha mente, mas provavelmente eu teria que envolver Roulette nisso. Talvez não fosse bom, mas era a melhor ideia que eu tive. Me despedi de Tala e fiquei com três talismãs me perguntando se de fato funcionariam. 

- Mercy, ligue para Roulette. Diga que temos um novo plano para fazer muito dinheiro - eu falei para Mercy enquanto inspecionava os talismãs.

Logo Mercy arrumou um encontro com Roulette. Ela veio com aquele vestido vermelho super apertado e decotado mostrando sua enorme tatuagem de dragão. Contei a ela sobre a magia da Tala e ela levantou uma sobrancelha, me olhando por trás de seus oclinhos e perguntou:

- E o que faremos com isso? Colocaremos no pescoço do Superman? Como isso nos trará dinheiro? 

- Você sabe o que a população americana mais anseia, minha cara Roulette? Mais do que armas? Mais do que violência? - eu perguntei caminhando ao redor dela.

- Diga logo, Lex! - disse Roulette impaciente.

- Sexo! Putaria! - eu disse com um sorriso triunfante.

- Abriremos algum tipo de companhia pornô ou prostíbulo? Isso já existe aos montes, o que fará com que o nosso seja diferente? - perguntou Roulette ficando curiosa.

- Você me conhece, sabe que eu sou um homem sério. Sabe quantas vezes eu já me masturbei pensando na Mulher Maravilha? Na Supergirl? Na Caçadora? - eu disse com um largo sorriso.

- Hmm! E você acha que isso atrairia muita gente? - perguntou Roulette agora me dando toda a sua atenção e abrindo um sorriso malicioso.

- Claro! Só teremos que tomar cuidado com a Liga da Justiça, mas para isso contrataremos alguns dos piores supervilões para causarem o caos em Metrópolis enquanto nós agimos por debaixo dos panos, o que acha? - eu perguntei estendendo a mão.

- Eu arrumarei o local e cuidarei dos negócios enquanto você cuida da tarefa difícil que é recrutar as heroínas - disse Roulette apertando minha mão e mordendo os lábios.

Concordamos que seria um clube de striptease para começar, mas com o tempo poderíamos progredir. Mercy se animou em ver as heroínas humilhadas e se candidatou para tentar capturar a primeira de nossa investida. Resolvi que deveria ser alguma humana, tendo em vista que alguma super-humana poderia ser perigoso no começo, até porque não conhecia a total extensão dos poderes dos talismãs da Tala. Eu tinha então três opções: Batgirl, Caçadora e Canário Negro. Qual delas eu devia escolher primeiro? 

Ao mesmo tempo, entrei em contato com alguns vilões que poderiam me ajudar a causar uma confusão enquanto Mercy capturava sua presa, mas só poderia contratar um deles: Safira Estrela, Giganta e Linha Viva. Qual delas poderia causar mais confusão?


Notas Finais


E então, qual devem ser as escolhas do Lex?

Garota inicial a ser capturada:
1 - Batgirl
2 - Caçadora
3 - Canário Negro

Vilã contratada:
1 - Safira Estrela
2 - Giganta
3 - Linha Viva


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...