História Liga da Justiça Sem Limites - Saga Hentai (Vote e Escolha) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Liga da Justiça
Personagens Diana Prince (Mulher Maravilha), Shiera Hall (Mulher-Gavião)
Tags Arlequina, Batigirl, Batman, Harley Quinn, Hentai, Mulher Maravilha, Porno, Sexo, Supergirl
Exibições 176
Palavras 1.471
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Lex decidiu por continuar castigando Mercy sozinho e que depois investiria para melhorar o Talismã da Canário. Vejamos em como ele se sairá com suas maquinações.

Status de relacionamento:
Mercy Graves - ♥
Roulette - ♥♥
Tala - ♥♥♥
Giganta - ♥♥
Arlequina - ♥

Status de controle:
Canário Negro - ♦♦
Caçadora - ♦

Capítulo 5 - Colocando Mercy no lugar dela


Fanfic / Fanfiction Liga da Justiça Sem Limites - Saga Hentai (Vote e Escolha) - Capítulo 5 - Colocando Mercy no lugar dela

- Acho que ainda não é o suficiente! - eu disse para Mercy. 

Me levantei puxando-a pelos braços ainda com a minissaia levantada e a bunda avermelhada e, com uma corda, amarrei seus braços a uma barra onde eu costumava me exercitar no meu quarto. Então peguei um vibrador que eu guardava para brincar com algumas garotas que trazia até meu quarto e o inseri na vagina molhadinha da Mercy.

- LEX! Ohhh... - tentou dizer Mercy, mas logo que liguei o vibrador ela só podia sentir o tesão daquilo.

- Viu? É isso o que você ganha por me desafiar! - eu disse abrindo os botões do seu uniforme e revelando sua lingerie cinza.

Fitei-a com meus olhos enquanto o vibrador fazia todo o trabalho. Meu pau estava duro feito pedra por dentro da minha calça e comecei a acariciar seu belo corpo enquanto Mercy era levada ao delírio pelos estímulos constantes na sua vagina. Comecei a apertar seus peitos por cima de seu sutiã enquanto Mercy me olhava com os olhos semicerrados de tesão e ódio. Enfim ela atingiu seu ápice e chegou a um orgasmo intenso. Seus gemidos se intensificaram e seu corpo suado vibrou enquanto o consolo a estimulava sem parar.

Ao final de seu orgasmo Mercy estava exausta e eu tirei o vibrador de sua bocetinha. Fui para trás dela e abri minha calça. Cheguei bem sua calcinha para o lado e a penetrei gostoso até o fundo. Ela arregalou os olhos e me olhou com tesão e ódio.

- L-Lex! - tentou dizer Mercy, mas eu já estava metendo com tudo na boceta encharcada dela.

- Sua bocetinha é tão gostosa, Mercy. Não sei porque não fizemos isso antes - eu falei enfiando minha pica nela sem dó.

Comecei a fazer movimentos com meu quadril para meter nela. Mercy estava em pé, com as mãos atadas acima da cabeça, seu uniforme estava desabotoado revelando todo o seu corpo. Peitos cobertos por um sutiã de renda cinza e calcinha combinando jogada para o lado enquanto sua boceta encharcada era penetrada sem dó pelo meu pênis. Suas meias 7/8 presas numa cinta-liga estavam úmidas por conta da lubrificação que escorria pelo meio das pernas dela e sua bunda avermelhada vibrava a cada estocada minha.

- L-Lex! O que você está fazeeendo... ahhh aahhh... - gritava Mercy conforme eu aumentava o ritmo da foda.

- O que já deveria ter feito há tempos com sua insubordinação! - eu respondi segurando firme na cinturinha dela e metendo pra valer.

Meu pau ia e vinha completamente naquela boceta. Minhas bolas batiam contra os grandes lábios e eu podia sentir cada centímetro escorregadio do caminho percorrido pelo meu membro. Os cabelos da Mercy ainda estavam bem amarrados quando o suor começou a escorrer pelo seu corpo quente. Acariciei suas curvas enquanto fui metendo de forma mais calma para aproveitar mais o momento.

- Você ainda está dando sorte! Normalmente eu castigo de formas bem mais intensas - eu falei com um sorriso sádico enquanto minhas duas mãos começavam a apalpar seus seios por cima dos sutiãs.

Mercy me olhava por cima dos ombros com raiva e tesão. Eu estava por trás dela metendo gostoso e me deliciando com aquilo. Meu pau pulsava dentro dela e eu sentia o clímax se aproximando, mesmo com a diminuída no ritmo. Então agarrei os peitos dela com vontade e comecei a socar fundo naquela boceta. Mercy gritou em protesto, mas não parei de fodê-la. Meu corpo batia contra a bunda dela e meus dedos se afundavam no sutiã que cobria seus belos peitos. Quando finalmente atingi meu clímax gozei sem parar dentro da bocetinha deliciosa dela.

- CARALHO, LEX! NÃO ACREDITO NISSO! - gritou Mercy enfurecida.

- Mercy, minha cara... Espero que tenha aprendido a lição - eu disse aproveitando meu pau amolecendo dentro dela. Enfim o tirei de lá todo melado e pude ver um fio de porra escorrendo para fora daquela bocetinha. Soltei-a das amarras e me vesti. - Nunca mais me desafie.

- Certo... - disse Mercy com um misto de tesão e raiva.

No fundo eu sabia que ela tinha gostado da punição, mas seu orgulho jamais a deixaria demonstrar. 

Os dias se passaram e Arlequina estava cada vez mais se sentindo em casa, seu quarto estava coberto de pichações na parede com coisas loucas e imagens do Coringa. Enfim fui visitar Tala para que ela melhorasse o Talismã da Canário Negro. Levei a heroína comigo e Tala começou a inspecioná-la.

- Não será difícil torná-la mais suscetível. Ela já está há tanto tempo fazendo coisas indecentes que é quase natural para ela mesmo que estivesse sem o talismã - disse Tala pegando alguns ingredientes e trabalhando para aumentar a magia.

Após alguns minutos Tala terminou seu ritual. Nada parecia ter mudado, mas ela disse que agora estava mais forte e Canário estaria mais safada do que antes. Resolvi testar.

- Tire toda a roupa, Canário - eu falei me sentando numa cadeira. Tala sentou-se ao meu lado. 

Canário lançou um sorriso safado e começou a rebolar enquanto tirava sua jaqueta. Em seguida abaixou seu maiô e tirou sua meia calça quase transparente. Pude ver cada centímetro do seu corpo escultural. Belos seios, grande bunda, corpo delicioso. Canário não parou por aí, começou a rebolar e mostrar suas partes íntimas para mim. Primeiro balançando os peitos soltinhos e em seguida se virando de costas e abrindo bem a bunda para me mostrar seu cuzinho e bocetinha raspada.

Meu pau já estava duro feito pedra dentro da minha calça, mas antes que eu pudesse pensar em me masturbar com as belas cenas da heroína uma mão abriu meu zíper e começou a segurar com firmeza na minha pica.

- Huumm... Está tãão duro! - disse Tala me olhando com seus olhos brancos enquanto segurava meu pau. - Quer que eu o masturbe, mestre?

- Claro, minha querida - eu respondi com um sorriso, então voltei meus olhares para Canário que agora alisava seus cabelos para trás enquanto rebolava.

Tala começou a me masturbar intensamente enquanto eu via o belo corpo da Canário bem na minha frente. Então ela chegou bem perto e começou a mexer os peitos a poucos centímetros de mim. Pude acariciar seu corpo sem que ela questionasse e comecei a brincar com os biquinhos dos seios dela. Em seguida, Canário se virou de costas e começou a mexer aquele rabo gostoso a menos de um palmo do meu pau que era masturbado pela Tala de forma habilidosa.

- Eu posso penetrá-la? - eu perguntei quase engasgando.

- Apenas no próximo nível de magia - disse Tala suavemente enquanto sua mão percorria meu membro habilidosamente. - É o último e mais poderoso.

- Ahh... - Tala aumentou o ritmo e me fez estremecer com aquela masturbação. - Isso... continua assim...

Canário rebolava de costas pra mim enquanto a mão frenética da Tala me fazia quase ver estrelas. Quando estava próximo do ápice, agarrei a bunda da Canário que estava bem perto do meu pau e ejaculei naquelas nádegas deliciosas. Canário pareceu não se importar e dançou mais um pouco antes de enfim parar e ficar alisando a porra por sua bunda. Mandei que se limpasse enquanto eu fechava minha calça e Tala magicamente limpava a porra dos próprios dedos.

- Isso foi incrível... - eu disse ofegante.

- Cada investimento que você fizer em minhas magias virá com uma recompensa, isso eu garanto - disse Tala sorrindo.

Era hora de traçar uma estratégia. Fazer um mega evento com um show de strip da Canário para aumentar a popularidade do clube e minha relação com a Roulette ou algo particular para o Falcone em troca de muito dinheiro? E eu devia pensar também em como proceder em relação às outras garotas.

Chegando em casa Arlequina veio me receber apenas de camisola quase transparente vermelha, maquiagem e aquele chapéu de boba da corte.

- Sr. L - disse numa voz sensual para mim. - Fiquei sabendo o castigo que deu à sua empregada pelos maus tratos a mim, saiba que me deixou muito feliz.

- Como ficou sabendo? Mercy te contou? - eu perguntei curioso.

- Na verdade eu espiei vocês - disse Arlequina com um sorriso triunfante.

- Entendo - eu falei retribuindo o sorriso. - Bom, sinta-se à vontade aqui, saiba que como minha convidada será sempre muito bem tratada.

- Obrigada Sr. L! - disse Arlequina. - Talvez eu devesse tratá-lo bem também por ser tão bom para mim!

- Humm... Eu consigo pensar em algumas coisas - eu respondi pensativo.

Antes que eu pudesse dizer algo, Mercy apareceu preocupada e disse:

- Lex! A Liga está suspeitando do clube. Peguei o Lanterna Verde por perto, acho que você devia contratar mais algum supervilão para atrair a atenção deles!

 


Notas Finais


Hora das votações, o que Lex deve fazer:

Quanto à Canário:
1 - Organizar um mega evento no clube;
2 - Organizar algo particular para Falcone.

Quanto às outras garotas:
1 - Enviar Mercy para capturar Batgirl
2 - Melhorar o Talismã da Caçadora
3 - Criar o Talismã da Stargirl
4 - Criar o Talismã da Zatanna
5 - Criar o Talismã da Vixen
6 - Melhorar o Talismã da Canário

Quanto à Liga:
1 - Contratar Giganta
2 - Contratar Safira Estrela
3 - Contratar Linha Viva


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...