História Ligeiramente Grávidos - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Lay, Sehun, Xiumin
Tags Abo, Baeksoo, Chanbaeksoo, Chansoo, Kaisoo, M-preg, Sekaisoo, Sesoo, Xiusoo
Visualizações 1.210
Palavras 2.185
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoa lindas da Tia Vick! ❤

Capítulo mais leve pra vocês poderem acalmar os nervos, porque logo vem o encontro SeSoo e o KaiSoo. Sem falar nas tretas, que não pode faltar, não é mesmo? :v

Não se esqueçam de favoritar e deixar aquele comentário amorzinho pra tia. Beijo amores!

Ps: Tem textão no final falando sobre o Baek. xD

Capítulo 38 - Capítulo 38


Kyungsoo e Chanyeol entraram na casa e encontraram os meninos tomando café da manhã.

-Bom dia... - Sehun, Baek e Chen cumprimentaram com um sorriso malicioso. 

-Bom dia. - Responderam meio sem graça.

-Venham comer. - Lay chamou, pegando um pouco de arroz. 

-Obrigado, hyung, já tomamos café. - Kyungsoo deu um beijinho na bochecha do beta e foi em direção aos namorados, dando um selo em cada um. 

-Aposto que sim... - Baek sorriu ladino ao notar os cabelos molhados -E sei até qual foi o prato principal. -Apalpou a bunda do ômega, ganhando um tapinha no ombro.

-Pelo amor dos deuses, você só pensa em sexo, garoto? - Kris, que entrava na cozinha, tinha pegado a conversa pela metade. 

-Só quando eu tô perto do Soo, ou pensando nele, ou sonhando com ele... - Respondeu dando de ombros, vendo o dito cujo corar e morder os lábios. Mandou um beijinho soprado e piscou para ele, voltando a comer. 

-Nada que um balde de água gelada não resolva. - Jongdae disse risonho, desviando da colher que voou em sua direção. 

-Soo, tenho ótimas notícias! - Baek virou-se para o ômega e deu um sorriso radiante, que fez o mais novo sorrir em resposta involuntariamente. Amava os sorrisos verdadeiros do ruivo. Não que não gostasse dos maliciosos também, mas vamos deixar isso para lá. 

-Boa só se for pra você. - Sehun disse com escárnio.

Baek apenas ignorou-o e voltou a falar.

-Vou morar aqui por um tempo! - Disse feliz, levantando-se e abraçando o moreno.

-Sério? - Kyungsoo abraçou-o de volta, suspirando aliviado. 

Tinha dado a ideia do mais velho conversar com Yixing, Suho e Yifan e ver se poderia ficar ali até estabilizar sua vida, já que seus pais não o ajudariam. Conhecia seus hyungs e tinha certeza que eles não deixariam Baekhyun desamparado, assim como não o tinham deixado meses atrás. 

-Vou ter que aturar essa praga aqui também? - Chanyeol perguntou com desânimo, fazendo um biquinho e cruzando os braços. 

-Falou o cara que me abraça enquanto eu durmo... - Baek olhou-o ferino, vendo-o desviar o olhar e fazer uma carranca emburrada. 

-Ainda bem que eu quase não fico em casa. - Kris disse com alívio, se levantando e ajeitando sua gravata. 

-Não estou me sentindo bem aceito. - O ruivo disse com falsa mágoa, fazendo um biquinho trêmulo e se agarrando mais a Kyungsoo, aproveitando-se para tirar uma lasquinha do moreno. 

-E onde ele vai dormir? - Kai perguntou. 

-Na sala. - Chanyeol respondeu rápido.

-Nem pensar, vou dormir no cantinho do Soo.

Kyungsoo sentiu a mão ousada do mais velho se esgueirando para dentro de sua blusa, alisando sua cintura em um carinho suave. 

-Ah, mas não vai mesmo! E a gente? - Sehun entrou na conversa.

-Você só pode dormir com ele no seu dia. - Jongin resolveu se impor também, apesar de falar mais baixo. 

Baekhyun ia retrucar quando Kyungsoo o puxou e colou os lábios em seu ouvido. 

-Se você não criar briga, peço pro Min-hyung levar a gente no sexshop que você tinha pedido e nos mostrar o que devemos comprar pro seu cio. E eu deixo você comprar uma fantasia pra mim.

Baek sorriu largo e olhou para os outros.

-Tudo bem, eu durmo na sala. - Disse feliz, o sorriso em seu rosto só aumentando.

Todos olharam desconfiados para os dois, querendo saber o que Kyungsoo dissera que fez o mais velho mudar de ideia tão rápido.

-Boas notícias, Chanyeol. Você vai ficar no café sozinho essa manhã.

-O quê? Por quê?

-Porque eu sou seu chefe e estou mandando. Eu e Soo vamos fazer umas coisinhas... 

-Que coisinhas? - Os olhos do platinado de estreitaram. 

-Nada que seja do seu interesse. - Respondeu ferino. -Chama o Minseok, vou te esperar no seu quarto. - Disse para o moreno, dando um selo em seus lábios, saindo saltitando porta a fora. 

Kyungsoo sentiu o olhar pesado dos alfas sobre si e sorriu amarelo, coçando a nuca. 

-Er, Xiuminnie, eu e o Baek precisamos da sua ajuda.

Jongin se engasgou com o chá que tomava e Suho tentou ajuda-lo, dando uns tapinhas em suas costas.

-Hoje não era seu dia de descanso? - Sehun perguntou. 

-Nós não vamos fazer nada disso que estão pensando. Parem de ser pervertidos! - O ômega fez um biquinho e olhou feio para eles.

-Duvido. Pro Baek ter sorrido daquele jeito e mudado de ideia tão rápido, coisa boa não é. Ainda mais com o Xiumin no meio. - Jongdae disse e logo viu o mais velho lançando-lhe um olhar mortal. 

-É coisa do Baekhyun, por isso não posso contar pra vocês. Se fosse sobre mim eu não esconderia de vocês. - O moreno fez sua melhor carinha fofa e se aproximou dos meninos, vendo as expressões de descontentamento em seus rostos diminuírem aos poucos. 

-Confiamos em você. - Sehun disse e puxou o menor para um beijo tranquilo, acariciando as costas macias por cima do tecido fino da blusa. 

Kyungsoo sorriu entre o beijo e afundou os dedos nos fios loiros, puxando o alfa mais para si. Tinha sorte em ter namorados tão perfeitos e compreensivos. Eles tinham suas briguinhas? Sim. Mas eram coisas bobas e passageiras, e todos eles sempre procuravam um jeito de se resolver. Se separou do mais alto e foi até Jongin, sentando-se no colo do moreno, que prendeu a respiração e acariciou a perna do ômega de leve. 

-Tenha uma boa aula, Nini. - Disse baixinho, os lábios roçando nos lábios macios do mais novo, logo pressionando-se contra eles. 

Kai sentiu seu coração dar um pulo em seu peito, seu estômago dando umas voltas engraçadas ao ouvir o apelido e sentir a boca grossa e quentinha contra a sua. 

-Obrigado, hyung. - Respondeu meio trêmulo. Deu um beijo na testa do mais velho e o abraçou apertado, sentindo o calor bom do corpo alvo contra o seu. 

Kyungsoo levantou-se e puxou Minseok pelas mãos, passando por Chanyeol e dando um beijinho no grandão, sorrindo para ele e vendo-o retribuir com um daqueles sorrisos lindos.

-Bom trabalho, Chany. Nosso encontro foi perfeito, eu adorei. - Sussurrou para o mais velho, acariciando a nuca do mesmo com suavidade, sentindo a pele se arrepiar. 

Deixou os três com um sorriso no rosto e uma expressão meio boba nas faces.

-Ai que horror, vocês vão babar. - Chen disse e fez uma cara de nojo.

-É o amor, ChenChen, é o amor. - Lay disse e começou a colocar as coisas na pia, vendo os mais novos perdidos nos próprios pensamentos. 

 

-Eu trouxe ele, você fala. - Kyungsoo entrou no quarto e fechou a porta, vendo Baek esparramado em sua cama.

-Xiumin, nós precisamos da sua ajuda. - O ruivo se sentou e chamou os dois com a mão, indicando que se sentassem ao seu lado.

-Para? - O beta estava visivelmente curioso. 

-Meu cio está se aproximando, e eu quero passar com o Kyungsoo. Liguei para o Luhan ontem e ele disse que tudo bem, desde que o Soo respeite seus limites e não se esforce demais. 

Minseok continuou olhando entre um e outro sem entender muito bem onde ele entrava naquela história. 

-E...? - Incentivou-o a continuar. 

-Você sabe que, sem um alfa, as ondas de calor vão vir com mais frequência, e o Soo não vai se recuperar tão rápido. Então, já que você é escritor e entende muito bem sobre essas coisas, queríamos que você fosse em uma loja com a gente comprar uns brinquedinhos pra nós usarmos nos intervalos em que o Soo estiver cansado.

Os olhos do beta se arregalaram sutilmente e ele olhou para o moreno, que tinha a face corada e apertava os lábios entre os dentes. Não podia evitar imaginar os dois ômegas se dando prazer usando dildos e plugs diversos. Fechou os olhos por alguns segundos tentando tirar a imagem de sua cabeça.Não podia ficar excitado, pelo amor dos deuses. 

-Ah, tudo bem. - Disse depois de alguns segundos, vendo o sorriso do ruivo aumentar. 

-Ótimo, vou trocar de roupa e vamos. -Baek se levantou e começou a tirar a roupa ali mesmo, fazendo o beta desviar o olhar, fixando-o no rosto de Kyungsoo, que mantinha os olhos no colchão e uma expressão de vergonha no rosto.

-Não precisa ficar assim, Soo. É normal comprar essas coisas. - Sorriu para o mais novo e deixou um beijo nos lábios fartos. 

-Eu nunca fui em um lugar assim. - Disse baixinho.

-Por isso mesmo que eu vou com vocês. - Sorriu doce. - Vou levá-los num lugar que eu já conheço e que é super discreto, pode ficar tranquilo.

-Sabia bem que você tinha cara de quem gostava dessas coisas. - Baek sorriu de lado, abotoando a calça apertada. 

-Eu pesquiso para escrever meus livros. 

-Ah, claro, é interesse puramente profissional... - Disse com ironia. - Vou precisar de ajuda pra escolher uma fantasia bem sexy pro Soo.

-Fantasia? - Perguntou com a voz meio trêmula, engolindo em seco.

Na mente de Xiumin, um Kyungsoo com várias fantasias eróticas se fez presente. O beta suspirou e levou a mão até os cabelos. Ia ser uma manhã conturbada. 

 

Chegaram em uma portinha pequena, que não dava nenhum indício que ali fosse uma loja de produtos eróticos. Minseok tocou o interfone e se identificou, pedindo para falar com o Heechul ou com o Key. Logo a porta foi aberta e um ômega loiro os recebeu, abraçando o beta assim que o viu.

-Que saudades de você, Xiuminnie! Pensei que tinha abandonado a gente. - Fez um biquinho.

-Até parece, Bummie. Andei um pouco ocupado esses dias. Esse é o Kyungsoo, meu namorado. - Puxou o moreno para si. - Esse é o Key, um dos donos. 

-Ai, que coisinha linda! Vem aqui, neném. - Kibum puxou-o para si e o abraçou apertado. 

-Vai assustar ele. - Minseok girou os olhos ao ver o olhar meio atônito de Kyungsoo. 

-E esse é? - Key perguntou olhando para o ruivo, que ainda estava parado na porta. 

-Esse é o Baekhyun, namorado do Kyungsoo. - O beta disse, vendo o sorriso de Key aumentar.

-Oh, quer dizer que estão todos em uma relação? Acho maravilhoso, adoro. - O loiro também puxou Baek para um abraço apertando, mas o ruivo, que era mais atirado, devolveu o aperto na mesma intensidade, sorrindo para o ômega. 

-Nós e mais três alfas. - Baekhyun respondeu, vendo o tal Key sorrir mais ainda e dar alguns pulinhos.

-Pelas minhas falecidas pregas, eu já quero conhecer todos! Pena que o Jongas não tem a mente aberta pra aumentar nosso relacionamento. A Chula, sortuda, também tem três maridos. - Kibum fez um bico e Minseok riu. Desde que conhecera um alfa chamado Minho, o ômega vinha tentando convencer o namorado a pelo menos fazer um ménage, mas ele estava irredutível. 

-Bem, vamos entrando, em que posso ajudá-los? 

-O cio do Baekhyun está chegando e ele e o Soo querem algumas coisas para ajudá-los. 

-Vão ser só os dois? - Perguntou, sorrindo doce para os outros dois ômegas.

-Sim. - Kyung respondeu baixinho, sentindo o rosto queimar.

-Ah, ele é tão fofo! Quero um pra mim! - Key se jogou de novo no moreno, apertando-o contra si. Agora Kyungsoo tinha entendido onde Xiumin tinha aprendido a dar aqueles abraços esmagadores.

-Ele está grávido, então temos que encontrar coisas que estimulem Baekhyun e que possam retardar as ereções do Soo. - Minseok explicou, vendo Kyungsoo ficar mais vermelho ainda. 

-Não acredito que está grávido. - Kibum olhou chocado para o menor.

-De trigêmeos. - Baek respondeu orgulhoso, alisando a barriguinha do mais novo.

Key deu mais um gritinho e voltou a se agarrar no moreno, dizendo que queria ver as crianças, que os visitaria com Jonghyun, levaria presentinhos para eles e mais um monte de coisa que Kyungsoo nem conseguiu entender direito. 

-Se acalma, Key. - Minseok chamou a atenção do amigo, que olhou para si com um biquinho. 

-Tudo bem, vamos lá. Vocês querem ajuda ou preferem olhar as coisas sozinhos? 

Minseok olhou para Kyung, esperando que o mais novo dissesse o que preferia, já que ele era mais reservado e tímido.

-Prefiro que nós olhemos sozinhos. - Disse baixo, dando um pequeno sorriso para que não passasse a impressão que estava se desfazendo do outro ou sendo grosseiro.

-Tudo bem, qualquer coisa é só me chamarem, estarei no caixa. - Sorriu para eles e se afastou, dando privacidade para o trio. 

-Por onde querem começar?

-Por ali! - Baek sorriu grande e apontou para a área onde haviam vários vibradores e plugs anais, de todas as formas e cores que se podia imaginar.

Kyungsoo mordeu os lábios e sentiu o rosto queimar. Queria ir embora e fingir que nunca tinha estado ali. Viu o ruivo pegar um vibrador preto enorme e analisá-lo com certo interesse, logo em seguida batendo-o contra o próprio rosto, rindo como se fosse a coisa mais legal do mundo. Levou a mão até a testa e respirou fundo. Que os deuses lhe ajudassem a passar por aquilo. 
 


Notas Finais


Na vida, eu sou o Xiumin -nnn

Quem tá ansioso pro cio do Baek levanta a mão o/ o/

Soo aprendendo a usar o "poder" que tem sobre os meninos. Gosto assim :v #SooEsperta

O Key é meu ult e o SHINee meu grupo ult, então tive que colocar ele nem que fosse numa participação pequena. >_<

Eu sou estranha. Estudo química, trabalho com doces e confeitaria, já trabalhei com produtos de sexshop. Alguém chama o psicanalista :v -qq

Antes de passar pra algo mais "sério" que quero falar com vocês: não se esqueçam de favoritar e enviar aquele comentário lindo pra autora. ❤

Agora senta que lá vem textão.

Eu reparei que tem muita gente preocupada com o jeito com os meninos tratam o Baek, por ele ser ômega e eles não darem a atenção que ele merece. Eu me achei na obrigação de vir falar sobre isso, porque eu realmente me importo com a opinião e as sugestões de vocês e quero que vocês saibam que eu sou grata por todas elas, apesar de que, as vezes, não vou poder atende-los.
Pois bem, vamos lá. Eu entendo vocês, realmente o Baek é um neném e também de precisa de amor. Mas vocês precisam entender que ele praticamente nem amigo dos meninos era. Ele era simplesmente o cara que trabalhava com o Chanyeol e jogava LOL com ele no tempo livre. Demanda tempo para que, tanto uma amizade, quanto uma relação de companheirismo (nem digo romântica ainda) seja construída. Não vai ser do dia pra noite que os meninos vão mudar a visão que têm dele.
A personalidade do Baek é muito inspirada na minha, exceto a parte fodedora de cus, (bem que eu queria), então é com propriedade que digo, que, pelo menos no meu caso, a forma como as pessoas me tratam é, na maioria das vezes, consequência da meu "jeito". Elas só conseguem ter comigo a intimidade que eu "deixo", e não é muita. Da mesma forma, os meninos não sabem como ser gentis, carinhosos e etc, porque o Baek não é tipo de pessoa que deixa transparecer que quer esse tipo de tratamento, exceto com o Soo. Porque sempre o Soo?
Porque ele, primeiramente, se apaixonou pelo Soo. Simplesmente por isso. O Soo é o primeiro amor dele, e ele está descobrindo coisas novas com ele, coisas que nem ele sabia que gostava. Vai demorar sim pra ele se abrir com os meninos e amadurecer a relação deles, assim como os outros entre si.
Por exemplo, o Xiumin cuida dos meninos há anos, ele tem um amor enormemente fraternal por eles, e não vai ser em um passe de mágica que esse carinho e cuidado vai se transformar em algo romântico e/ou sexual.
E não se iludam achando que o Baek vai mudar essa personalidade dele, pq não vai, eu amo o Baek safado, irônico, com esse jeitinho cafajeste, que não leva as coisas mt a sério e tá sempre falando merda, e isso não vai mudar.
Acho que é isso. Desculpem o textão. Espero que vocês entendam que isso não é de forma alguma uma critica a quem comentou sobre isso, muito pelo contrario, é uma forma de explicar melhor pra vcs porque as coisas estão acontecendo do jeito que estão. Mt obg a todos que tiveram paciência de chegar até aqui. Titia ama vcs, beijão. ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...