História Light Your Heart - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate
Personagens André Alencar, Arthur Torres, Felipe Vaz, Geraldo Saldanha, Isabela Junqueira, Joaquim Vaz, Julia Vaz, Manuela Agnes, Personagens Originais, Priscila Meneses, Raul Fernandes, Rebeca Agnes, Regina Junqueira, Safira Meneses, Téo Cavichioli, Vicente Alencar
Tags C1r, Cumplices De Um Resgate, geraldo, Isabela, Romance
Exibições 93
Palavras 1.738
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


E aí? Como estão?
Preparados para mais um capítulo?
Espero que gostem...

Capítulo 4 - Audição Final e Um Plano Infalível


Fanfic / Fanfiction Light Your Heart - Capítulo 4 - Audição Final e Um Plano Infalível

Isabela e Priscila encaravam Arthur com uma expectativa fora do normal. A primeira tinha certeza de que seria a escolhida, pois achava que sua voz era muito melhor que a de Priscila. Orlando estava aflito por conta de Isa. Ele sabia o quanto a jovem sonhava em se tornar a vocalista da banda. Já Regina... Essa não fazia questão alguma que a garota entrasse para a C1R. – Geraldo, que decisão tomaram? Orlando pergunta para seu cunhado.

- Bom... É melhor o Arthur falar.

- Então fala logo. Isa fala e Orlando a repreende com o olhar.

- Tanto a Isabela como a Priscila são muito talentosas e suas vozes são únicas. Eu decidi que iremos fazer uma nova audição com as duas cantando juntas e só então iremos decidir quem se tornará a vocalista da banda Cúmplices de Um Resgate.

- O que? Pera aí, eu vou ter que cantar com essa... Garota?

- Filha...

- Filha nada, pai. Eu não concordo com isso.

- Concordo com a Isabela. Podemos muito bem decidir entre uma das duas e ponto. Geraldo fala calmamente e Isabela o encara surpresa.

- É muito melhor assim. Desse jeito, irei poder mostrar até onde a minha voz pode chegar. Priscila fala.

- Ou seja, no fundo do poço... Não é, queridinha?

- Isabela, fica calada. Regina fala.

- Ninguém me manda ficar calada. Nem mesmo você, mamãe. Isso é muito injusto. EU fui a melhor. EU tenho a melhor voz. Me escolham e pronto.

- Eles irão me escolher, queridinha. Sou loira e muito mais bonita que você.

- Ah, mas não é mesmo.

- Calem a boca... As duas. Geraldo fala num tom de voz mais firme e as duas garotas se fulminam com os olhos.

- Isabela, não é assim que as coisas acontecem. Orlando fala.

- Ah, mas pra mim é sim. E é obvio que eu serei a escolhida. Sou sobrinha do diretor dessa gravadora. É claro que ganharei. Isa fala e se aproxima de Geraldo. Ela abraça o braço do loiro que acaba estremecendo com o contato. A garota percebe e dá um sorriso de canto.

- Nesse ponto você está enganada, querida sobrinha. Aqui na gravadora, serei imparcial.

- Aff! Que saco.

- Olha os modos, Isabela. Bom, vamos logo para essa audição. Regina fala e todos concordam. Após estarem todos em seus devidos lugares, a nova audição começa. Agora com a música Superstar.

Superstar:

- Óculos escuros, viagens e roupas caras

Quero a vida de uma superstar

Mordomo, motorista e um guarda-costas

Eu sou a nova estrela que todos adoram

Muitos autógrafos eu vou ter que dar

Britney e Shakira agora terão que se preocupar

Ninguém pode tirar o desejo que eu tenho de brilhar!

 

(Superstar) vou ser a nova estrela

(Superstar) uh uh

(Superstar) todos vão gostar

(Superstar) no topo eu vou chegar, uh!

 

Mil paparazzis estarão fazendo fila

Pra simplesmente vir aqui me entrevistar

Milhões de fãs irão a todos os meus shows

Ninguém pode tirar o desejo que eu tenho de brilhar!

 

(Superstar) é por mim que você busca

(Superstar) ah, ah

(Superstar) super estrela

(Superstar)

 

Tenho os meus sonhos

Sei que posso alcançar

Sonhos distantes e por eles vou lutar

Estou aqui,meu momento é agora sim

Ninguém pode impedir o desejo que eu tenho de brilhar!

 

(Superstar)

(Superstar)

(Superstar)

(Superstar)

 

(Superstar) vou ser a nova estrela

(Superstar) uh,uh

(Superstar) todos vão gostar

(Superstar) no topo eu vou chegar,uh

 

(Superstar) vou ser a nova estrela

(Superstar) uh,uh

(Superstar) todos vão gostar

(Superstar) super estrela

 

Após ouvir novamente as duas garotas cantar, Arthur não tinha mais dúvidas: Isabela se Priscila teriam que ser as vocalistas de C1R. Ambas as vozes combinavam e davam ainda mais potência para a música.

- E então? Já decidiram quem fica na banda como vocalista? Isabela fala impaciente. – Não precisam nem falar nada, eu já sei o que vão dizer: Eu serei a escolhida.

- Isabela, fica calada e deixa o Arthur falar. Geraldo fala e a garota o olha mortalmente.

- Bom, as vozes de ambas se completam e combinam perfeitamente. Seria uma injustiça tirar uma de vocês da banda... Então... As duas serão as novas vocalistas da C1R.

- O QUE? Isa e Priscila falam ao mesmo tempo.

- Isso é brincadeira, não é? Eu não posso simplesmente cantar ao lado dessa menina. Pai, faz alguma coisa.

- Filha, fica calma. Essa é a decisão do Arthur. Temos que aceitar.

- Eu aceito perfeitamente. Claro que sozinha, eu seria muito melhor, mas... Se tenho que dividir o vocal com... Ela, eu aceito. Priscila fala e Geraldo encara a filha. Isabela fica vermelha e encara Priscila.

- Eu é que vou acabar ficando sozinha nessa banda e VOCÊ vai sair dela mais rápido do que imagina.

- Isso é o que vamos ver, Isabela. Pri fala e a outra jovem tenta falar novamente, mas Geraldo interrompe.

- Chega, meninas. Isso aqui é um lugar sério. Parem de discutir. O loiro fala e as duas o encaram. – Qual é o problema agora?

- Nada. As jovens falam ao mesmo tempo e se encaram furiosamente. Todos saem da sala de ensaio e ficam na recepção. Orlando, Regina e Fortunato vão conversar com Arthur e Vicente na sala de reuniões enquanto Geraldo acaba levando Isabela para sua sala. O homem queria evitar uma nova discussão entre ela e Priscila, pois via que ambas queriam falar e acabaria em uma nova briga.

- Pra que me trouxe pra sua sala, Geraldo?

- Pra você parar de ser tão mimada e acordar pra vida.

- Acordar pra vida? Eu? Acho que quem deve acordar pra vida é você e aqueles dois produtores. Eu sou a melhor vocalista pra essa banda. Não podem simplesmente colocarem aquela garota cantando ao meu lado.

- Isabela, a decisão já foi tomada e você gostando ou não, vai ter que aceitar.

- Mas é claro que eu não vou aceitar. Ela poderia ser a backing vocal e eu a cantora principal.

- É impressionante como você é mimada, garota. O Orlando te acostumou muito mal. Geraldo fala enquanto senta atrás de sua mesa. Isabela o encara e se aproxima do loiro. Ela dá a volta na mesa e fica frente a frente com Geraldo. – O que tá fazendo?

- Nada demais. Isabela fala e toca o peito do loiro que estremece. Ela segura sua gravata em suas mãos e Geraldo apenas a observa. – Bem que você poderia fazer o Arthur e o Vicente mudarem de ideia, não é titio? Isa se aproxima do rosto de Geraldo e sussurra em seu ouvido.

- Eu não tenho todo esse poder, Isabela. Agora... Vai sentar. O loiro fala e tira sua gravata das mãos da jovem.

- Aqui está tão bom. Não acha? Isa o olha e o loiro se arrepia apenas com o olhar um tanto quanto “sedutor” da garota para si. Ele desce o olhar para a boca da jovem e morde a sua, imaginando o gosto do beijo de Isabela. Quando Isa iria se aproximar ainda mais do homem, Orlando e Regina entram na sala e ela se afasta bruscamente de Geraldo. – E então? Eles mudaram de ideia?

- Infelizmente não, filha. Mas, fica calma. Você a outra garota irão se dar bem com o tempo. É só questão de adaptação.

- Que saco! A jovem pragueja e sai da sala de Geraldo furiosa.

Em outro ponto da cidade, Priscila chega em casa furiosa por ter que dividir o vocal da banda com Isabela. – Que droga. Qual é o problema de escolherem apenas uma vocalista?

- Priscila... Fortunato tenta falar, mas a jovem o interrompe.

- Ah, mas é claro que iriam colocar a Isabela na banda. Afinal, ela é sobrinha do diretor executivo da gravadora. Seria praticamente impossível não a colocarem na banda.

- Priscila, você tem que aprender a dividir o seu espaço com as outras pessoas. Você queria entrar na banda e entrou, agora deve aceitar a participação da outra garota. Aurora fala e a garota fica ainda mais furiosa. Chateada, Priscila sobe para seu quarto e deixa seus avós rindo do capricho da garota.

O dia passa rapidamente e à noite, Geraldo está deitado em seu quarto, mais especificamente... Em seu apartamento. O loiro não parava de pensar em Isabela e no que ela havia feito com ele horas atrás. Havia ficado clara a tentativa de seduzi-lo. Ele só não entendia onde é que a jovem queria chegar com tudo aquilo. Se ela pensava que tendo algo com ele, iria conseguir ser a vocalista principal, estava muito enganada. Ele não era homem de ficar jogando com adolescentes. Não se deixaria levar por uma garota fútil e mimada como sua sobrinha. O problema era que os pequenos gestos dela o afetavam de uma forma até então desconhecida por ele. – Como pode ser tão linda e tão rebelde ao mesmo tempo? Ele fala para si mesmo e se repreende mentalmente. – Droga. Eu não posso pensar assim. É apenas uma menina. Tem a mesma idade da Priscila. Minha filha. Droga, essa menina vai me enlouquecer. O loiro fala e tenta dormir.

Após tomar um banho relaxante, Isabela sai do banheiro e vai até o espelho. Ao parar na frente do mesmo, a jovem se olha. – Isa? Ainda não foi dormir?

- Ai... O que foi agora, Marina? Será que não posso nem me olhar no espelho mais?

- Claro que pode, meu amor. Só estranhei o fato da luz do seu quarto ainda estar acesa. Já deveria estar dormindo. Amanhã você tem aula e após o almoço, tem o primeiro ensaio como vocalista oficial da banda.

- Já sei disso tudo, Marina. Agora, dá pra sair do meu quarto? Preciso terminar de me arrumar. A garota fala e Marina acaba rindo.

- Ok. Já estou saindo, senhorita mandona. Marina fala e sai do quarto da jovem enquanto Isa também ri. Ela volta a encarar o espelho e dá um sorriso ainda mais intenso.

- É claro. Como não pensei nisso antes? É a única solução para me tornar a única vocalista da C1R. Eu tenho que seduzir o Geraldo. Ele é o único que pode me ajudar. Essa ideia é brilhante. Claro que ele não irá resistir ao meu charme. Já demonstrou isso várias vezes. É o plano perfeito e infalível. A jovem fala para si mesmo e sorri abertamente. Mas, será que seu plano daria certo?


Notas Finais


Gostaram? Odiaram?
Mereço comentários?
Isabela e Priscila acabaram sendo escolhidas para cantarem na banda... Juntas. Como acham que será a convivência das duas?
Isa planeja seduzir Geraldo para tentar ser a única vocalista da banda C1R. Será que ela irá conseguir?
E Geraldo? Será que ele cairá nas investidas da jovem?
Ah, esse é o vídeo da audição das duas jovens cantando. No vídeo, Geraldo não está, mas imaginem ele ali junto.
https://www.youtube.com/watch?v=y-aXY7MUa6w
Espero vocês no próximo capítulo.
Até mais...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...