História Lights (ChanBaek) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Hyun A, Lay, Lu Han, Sehun, Xiumin
Tags Criminal, Drama, Exo, Romance
Exibições 336
Palavras 2.946
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII <3 amo vocês. sério, tipo, pra caralho.

Capítulo 7 - Capítulo Seis pt. 2


"Luhan, essa calça ficou boa?" Baekhyun murmurou ao sair pela décima vez do provador, perguntando a opinião de Luhan, que já tinha escolhido blusas e várias calças diferentes. Luhan sorriu largo ao observar Baekhyun.

A calça era bem justa e ressaltava as curvas do corpo do moreno, que tinha seu sweater levantado até a metade da barriga.

"Baek, qualquer coisa fica boa em você, você tem o corpo perfeito!" Luhan murmurou com um leve biquinho nos lábios, Byun gargalhou levemente ao escutá-lo e observou seu reflexo no espelho, ao notar que as marcas em sua cintura estavam aparentes por conta do sweater levantado, fez questão de abaixá-lo e voltar ao provador. Ele podia ouvir de lá as risadas de Luhan.

Ao separar as roupas que queria, Baekhyun ousou escolher um short cós-alto, de um jeans claro, queria ver como ficaria nessas roupas. Baekhyun costumava comprar roupas femininas, pois eram as únicas que cabiam em seu corpo, além de deixar sua bunda no lugar. Baekhyun adorava, e agradecia todo dia à quem inventou as calças skinny.

Após os jovens pagarem e saírem da loja, começaram à perambular pelo shopping, com Tom os seguindo e checando se estavam seguros.

"Baek, vão achar muito estranho se eu entrar lá e comprar coisas pra mim? Assim, eu sei que quase nenhum homem por vontade própria compra calcinhas, mas eu uso e quero comprar.." Luhan murmurou rápido e baixo ao apontar a loja de lingeries perto de Baekhyun, que franziu o cenho levemente.

"Ahm, é estranho sim, mas quem liga?! Se a gente gosta, a gente vai comprar. Mas, qualquer coisa, diz que é pra sua namorada." Baekhyun murmurou com um sorriso travesso nos lábios, zombando de um Luhan corado e levemente irritado.

"Uhum, olha minha cara de hétero. Pode ser pra minha irmã.." Luhan murmurou incerto, o que fez Baekhyun rir baixo.

Os jovens falaram com Tom e pediu para ele esperá-los no banco que estava na frente da loja. Os dois entraram na loja se sentindo desconfortáveis e envergonhados, logo foram abordados por uma vendedora mais velha, com um sorriso amigável e rugas perto dos olhos.

"Meninos! No que posso ajudá-los?" A senhorinha baixinha disse sorrindo para Luhan e Baekhyun, que sorriram levemente. Luhan lançou um olhar suplicante à Baekhyun, pedindo para que o mesmo falasse.

"A gente, hm, nós precisamos comprar presentes para nossas irmãs." Baekhyun murmurou nervoso e corado, o que fez a vendedora rir levemente.

"Não se preocupem, não contarei pra ninguém que estão comprando lingerie pra vocês." A vendedora murmurou calma e em um tom baixo, o que fez os meninos corarem e sorrirem largo.

A vendedora guiou os meninos até uma área mais escondida da loja, várias bancadas e araras com roupas penduradas, todas organizadas por cor. Baekhyun e Luhan se olharam e sorriram largo, sabendo que iriam gastar, e muito.

-Chanyeol-

Os assuntos sérios que Chanyeol e Sehun tinham que resolver, eram a invasão de sua "área", pelo seu grupo rival. Chanyeol se considerava um mafioso "limpo", pois nem ele e nem nenhum de seus parceiros, matavam por puro prazer. Eles matavam por dever, matavam à prazo.

O principal rival de Chanyeol era Huang Zitao, disputavam a máfia de Seul com unhas e dentes. Chanyeol dirigiu até seu "escritório", uma casa distante do centro da cidade, escondida por entre as árvores. Todos os seus seguranças em seus devidos postos, lidando com provocações constantes do grupo de Zitao.

"Olha quem chegou, é uma pena, já estou de saída." Zitao murmurou com um sorriso desdenhoso no rosto, saindo da casa com seus seguranças em seu caminho.

"Você não sai daqui enquanto não me explicar o que veio fazer por esses cantos. Você sabe que não pode vir aqui, Zitao." Chanyeol murmurou impaciente para o outro homem, que mantinha seu sorriso no rosto.

"Vim conversar, tomar um bom vinho. Ah, me desculpe a falta de cavalheirismo, mas abri um de seus vinhos. Estava ótimo, a propósito." Zitao murmurou e gargalhou levemente ao erguer a taça vazia em suas mãos. "Um brinde, ao seu fracasso Chanyeol. E ah, qual é o nome daquele garotinho mesmo? Baekhyun? É seu irmãozinho?" Zitao falou provocando Chanyeol.

Ao escutar o nome de Baekhyun, Chanyeol se dirigiu até o loiro com fúria nos olhos, agarrando o pescoço do mesmo com força e baqueando seu corpo contra a parede da varanda.

"COMO VOCÊ SABE O NOME DELE, SEU ESTÚPIDO?! ME DIGA!" Chanyeol gritou contra o rosto de Tao, que permanecia com seu sorriso maléfico. Assim que seu segurança apontou a arma para a cabeça de Chanyeol, Tao pediu para que a abaixasse.

"Wow, você se importa mesmo com aquele garotinho. Ele é gostoso pra caralho, se eu fosse você, fodia ele até ele desmaiar. Ele parece mulher, nem seria tão nojento assim." Tao murmurou para que só Chanyeol ouvisse, o mesmo desferiu um murro forte contra o rosto do loiro a sua frente.

Chanyeol foi puxado para trás por um dos seguranças do inimigo, e quase foi levado ao chão. Tudo virou um caos, Tao tinha seu nariz sangrando, e continuava rindo ao ver Chanyeol apanhar. Ao perceber a confusão, Sehun deu 3 tiros para cima, fazendo com que os seguranças de Tao se abaixassem, dando tempo para Chanyeol se levantar e sacar sua arma, tentando atirar na maioria dos seguranças que via.

Zitao e seu grupo deram partida nos seus carros e fugiram, como um bando de covardes. Deixando Chanyeol ferido e alguns de seus parceiros baleados, nada que não possa ser resolvido. Chanyeol checou se tudo estava no lugar e agradeceu à seus seguranças que o aplaudiram, o que fez Chanyeol dar um sorriso dolorido. Chanyeol e Sehun se dirigiram aos carros, prontos para irem pra casa. Chanyeol já estava pressentindo que iria levar uma puta bronca de um certo baixinho.

*

Baekhyun e Luhan gastaram mais de 500$ no shopping, tinham certeza. Baekhyun estava morrendo de vergonha por gastar o dinheiro de Chanyeol desse jeito, mesmo com sua permissão.

Quando chegaram na casa do ruivo, ele e Luhan carregavam muitas bolsas diferentes, e tinham óculos de sol novos no rosto. Os dois continuavam tagarelando sem parar sobre suas compras, sem prestar muita atenção no local.

"CHANYEOL, MEU DEUS. O QUE CARALHOS VOCÊ FEZ?!" Baekhyun murmurou em aflição ao ver o ruivo sentado em uma das cadeiras com a camisa ensanguentada, largou as bolsas com as compras no chão e correu até o outro, deixando suas mãos cuidadosamente nos dois lados de seu rosto.

"É, oi..Eu briguei.." Chanyeol murmurou e logo uma careta de dor surgiu em seu rosto, ao sentir Baekhyun tocar em seus machucados. Baekhyun balançou a cabeça levemente e conteu um sorriso, tentando manter sua postura na frente de Chanyeol, que tinha um meio sorriso no rosto. Sehun trouxe uma maleta branca, como um kit de primeiros socorros. Baekhyun agradeceu ao amigo e tirou o álcool de dentro da mesma, junto com panos de algodão.

"Você só arruma idéia, Chanyeol." Baekhyun murmurou por entre dentes ao espalhar o álcool por um dos panos, pressionando o mesmo levemente contra um dos machucados de Chanyeol, que recuou levemente e xingou baixo.

"Shh! Quietinho." Baekhyun murmurou concentrado em limpar todos os machucados do rosto de Chanyeol, entregando um pedaço de algodão molhado em soro para Chanyeol, para que o mesmo colocasse no machucado em sua boca.

"Eu tinha que ter matado aquele desgraçado.." Chanyeol resmungou com o algodão por entre seus lábios, fazendo Baekhyun sorrir levemente.

"Você tinha que ter tomado cuidado.." Byun murmurou calmo e sorriu docemente para Chanyeol ao colocar band-aids em seus machucados. Chanyeol olhava pra baixo, levemente constrangido com a situação.

"Ei, pelo menos eu voltei vivo pra você." Chanyeol murmurou ao tirar o algodão dos lábios, o que fez Baekhyun rir levemente e o encarar. Baekhyun se aproximou e levou suas duas mãos até os fios ruivos, acariciando os mesmos lentamente por entre seus dedos.

"Obrigado por voltar vivo pra mim." Baekhyun murmurou sorrindo enquanto acariciava os cabelos de Chanyeol, que já tinha suas mãos ao redor da cintura de Byun. E eles ficaram ali, em silêncio, aproveitando a companhia um do outro.


Chanyeol teve a brilhante idéia de assistir filmes na Netflix junto com Baekhyun, Sehun e Luhan. O fim de tarde estava nublado e chuvoso, com um vento frio percorrendo o ambiente, os dois maiores resolveram pegar colchões macios, cobertas e muitos travesseiros, colocando os mesmos no chão da sala, recostados ao sofá de couro. Luhan e Baekhyun estavam sentados em um dos colchões, conversando, enquanto tiravam suas compras de suas bolsas e as espalhavam pelo colchão. Sehun estava na cozinha, pegando refrigerantes e biscoitos, enquanto Chanyeol estava sentado na sala perto de Baekhyun, escolhendo o filme que iriam assistir.

"Lu, vem aqui me ajudar." Sehun murmurou da cozinha, o que fez Luhan suspirar e se levantar, indo ajudar o mais velho. Chanyeol encarou Baekhyun e arqueou uma de suas sombrancelhas, fazendo uma careta, insinuando que o casal ficaria lá por um bom tempo..

Baekhyun gargalhava baixo com as caretas de Chanyeol, se jogando no colchão e abraçando seu abdômen, em uma tentativa de conter as risadas. Chanyeol sorriu largo e se aproximou de Baekhyun, apoiando seus braços ao lado do corpo do moreno, fazendo o mesmo corar levemente e esconder seu rosto por entre as mangas do sweater.

"Eu quero ver o que você comprou." Chanyeol murmurou curioso e sorriu terno, deixando um selinho contra os lábios avermelhados de Byun. Baekhyun sorriu empolgado e empurrou Chanyeol contra o colchão, se virando e ficando por cima dos quadris do mesmo. Chanyeol sorria largo ao puxar Baekhyun contra si possessivamente.

"Te interessa, Park? Acho que não, né." Baekhyun murmurou provocativo ao tirar uma parte de sua lingerie nova, mostrando a renda da mesma para Chanyeol, que sorria malicioso ao se sentar no colchão e agarrar as coxas de Byun.

"Branca? Hmmmm." Chanyeol murmurou com um sorriso malicioso e puxou Baekhyun contra seus quadris. O moreno mordiscou seu lábio inferior e enlaçou seus braços contra a nuca do ruivo, deixando um beijo delicado contra o canto de seus lábios.

"Se você não estivesse tão machucado, eu até faria uma coisinha especial pra ti." Baekhyun murmurou com um sorriso ladeado no rosto, movendo seus quadris lentamente contra os de Chanyeol enquanto arrumava as bolsas.

Assim que Chanyeol puxou Baekhyun para beijá-lo, Sehun e Luhan acabaram por cair no chão, um por cima do outro. Estavam espiando o outro casal atrás da parede. Chanyeol começou a rir, junto com Baekhyun, que o abraçava com força e ria contra o tecido de sua camisa.

"Ah, por que pararam?! Tava ótimo assistir o OTP da nação." Sehun murmurou ao se levantar, puxando Luhan contra seu corpo, Chanyeol deu uma risada contagiante e Baekhyun corou levemente, deitando sua cabeça no ombro do ruivo.

"Já escolheram algum filme?" Luhan murmurou curioso, levemente corado pelo tombo que levou, se dirigindo até um dos colchões e se sentando no mesmo junto à Sehun.

"Eu escolhi! Vamos assistir O Chamado!" Chanyeol murmurou animado, o que fez Sehun sorrir levemente. Baekhyun se acomodou no colo de Chanyeol assim que o mesmo deu play no filme, suspirando levemente.

Baekhyun não era muito fã de filmes de terror, pra falar a verdade. Ele sempre se assustava bastante e não conseguia dormir sozinho. Baekhyun sentia o cansaço se apoderar de seu corpo, andou todos os andares do shopping com Luhan atrás de roupas. Ele se aninhou contra o corpo de Chanyeol e acabou pegando no sono levemente, cochilando por algumas horas.

Infelizmente, foi acordado por um grito bem alto, e deveras feminino de Luhan, por conta de uma das cenas do filme. Baekhyun sussurrou um palavrão e mordeu seu lábio inferior levemente ao abrir um de seus olhos, observando o maxilar destacado e incrivelmente, limpo de Chanyeol. Como ele não tinha descoberto aquilo antes?! Com certeza, já teria mordido tudo.

Baekhyun moveu suas mãozinhas até a nuca de Chanyeol e se ajeitou no colo do mesmo, acariciava a pele do ruivo com seus dedos, até o mesmo notar que já tinha acordado. Chanyeol encarou Baekhyun com um sorriso leve no rosto, e deixou um breve beijo sobre os lábios do mesmo. O menor se esticou e agarrou o maxilar de Chanyeol, deixando beijos quentes e mordidas contra o mesmo, Baekhyun sorriu travesso ao notar as marcas na pele do ruivo.

"Yeollie.." Baekhyun murmurou manhoso ao arrastar seus lábios contra o maxilar de Chanyeol, um pouco sonolento.

"Hm?" Chanyeol murmurou rouco e sorriu docemente ao observar o moreno se esticar em seu colo, deixou um beijo terno contra a testa do mesmo, Baekhyun sorriu levemente e corou em seguida, fazendo Chanyeol rir baixo.

"Eu tenho que levar minhas roupas pra casa, e eu acho que já tomei muito do tempo de vocês aqui. Também preciso colocar comida pro meu gato.." Baekhyun murmurou baixo e mordiscou seu lábio inferior levemente, se sentindo envergonhado por passar tanto tempo na casa do ruivo.

"Babe, lá fora tá muito perigoso. Eu entrei nessa confusão toda só porque meu rival me disse que viu você. Eu não posso deixar você sozinho lá, me desculpa por ter te metido nessa minha vida errada." Chanyeol murmurou levemente frustrado, desviando seu olhar por alguns segundos até o filme sem graça. Sehun dormia com Luhan em seu colo, Chanyeol desligou a TV e logo sentiu dedinhos quentes puxarem seu queixo.

"Ei, não precisa falar assim. Eu sabia o risco que eu tava correndo no momento em que eu encostei em você. E não tem problema, eu fico aqui, eu só tenho que trazer o Bucky e as minhas roupas." Baekhyun murmurou ao acariciar o rosto de Chanyeol, que saiu de uma expressão tensa para um sorriso doce. Baekhyun deixou um selinho breve nos lábios de Chanyeol, sentindo o mesmo sorrir contra si.

"Vem.." Baekhyun murmurou baixo e se levantou do colchão com dificuldade, trazendo Chanyeol consigo. O ruivo pegou as chaves de seu carro e levou Baekhyun até a garagem, logo acenando para um de seus seguranças, o chamando para lhe escoltar. É..as coisas ficavam cada vez mais perigosas pra Chanyeol, e ele jurava, que se tocassem em Baekhyun, ele matava.

*

Ao chegar no prédio do mais baixo, Chanyeol observava os arredores, preocupado, tinha um de seus seguranças atrás de si, atento à cada canto do local. Ao entrarem no elevador e chegarem ao andar do apartamento de Baekhyun, Chanyeol pediu para que o segurança ficasse no corredor, queria ter privacidade com seu pequeno.

"Oi Bucky! Meu amor, que saudade! Perdoa sua mamãe, ela nem te deu atenção direito esses dias.." Baekhyun murmurou com um sorriso enorme no rosto, ao pegar o gatinho no colo e encher o mesmo de beijinhos. Chanyeol sorria bobo ao observar o animal, ele gostava muito de gatos. Ele acariciou os pêlos do gatinho com cuidado, recebendo uma lambida do mesmo, o ruivo sorriu largo e tomou o gatinho em seus braços, observando o mesmo se agarrar em sua camisa e se acomodar por ali.

"Baek, acho que alguém aqui tem o mesmo hábito que você de agarrar minhas blusas.." Chanyeol murmurou, encantado com o filhote em seu colo. Baekhyun gargalhou levemente e voltou sua atenção à Chanyeol.

"Poderíamos ser uma família feliz.." Baekhyun murmurou distraído e logo corou ao reparar em sua fala. Recebeu um beijo quente de Chanyeol, junto de um sorriso ladeado do mesmo. E ah, que sorriso..

"Pega suas coisas que eu pego as do Bucky!" Chanyeol murmurou feliz e gargalhou levemente, tentando encaixar o filhotinho de gato no bolso de seu moletom. Buscou pela cozinha os "pertences" do gatinho, juntando os mesmos em sua caminha e sorrindo levemente ao colocar o filhote deitado na mesma. "Agora você fica aqui quietinho que eu vou falar com sua mamãe.." Chanyeol murmurou para o filhote e abriu um sorriso, andando pelo corredor e entrando em um quarto, que supôs ser de Baekhyun. Ao encontrar o mesmo arrumando sua mala, andou com cuidado até seu corpo e o abraçou por trás, deixando um beijo longo em sua bochecha.

"Você tá tão gostoso nessas calças, é quase impossível me controlar.." Chanyeol murmurou rouco contra o ouvido de Baekhyun e sentiu o mesmo estremecer em seus braços, Chanyeol sorriu vitorioso ao sentir as mãos de Baekhyun em seus braços.

"Chanyeol, eu quero ser seu. Me faz seu essa noite." Baekhyun sussurrou e deitou sua cabeça no ombro de Chanyeol, mordia seu lábio inferior e tinha um meio sorriso no rosto. Chanyeol jurava, que podia jogar Baekhyun naquela cama e fodê-lo agora.

"Quando chegarmos em casa, eu quero você naquela lingerie nova que você comprou, sentado na minha cama, me esperando, hm?" Chanyeol murmurou baixo e agarrou o pescoço de Baekhyun com uma de suas mãos, fazendo o mesmo abrir um sorriso ladeado e suspirar ao sentir os dedos de Chanyeol contra sua pele.

"Ah, Chanyeol.." Baekhyun murmurou e soltou um suspiro sôfrego, sorrindo pervertido ao sentir o membro de Chanyeol contra sua calça. Desceu uma de suas mãos até a ereção do ruivo e a apertou por cima do tecido, fazendo o mesmo arfar e se arrepiar por completo. "Espera a gente chegar em casa, hm? Não comece sem mim." Baekhyun murmurou baixo e sorriu ladeado ao mordiscar o maxilar do ruivo levemente, logo se afastando do mesmo e puxando sua mala, andando pra fora do quarto. 

Chanyeol ficou no quarto por um tempo, com um sorriso abobado no rosto, pensando em Baekhyun. Ele era muito sortudo, mesmo sendo um idiota, tinha encontrado alguém como Baekhyun. Se dependesse de Chanyeol, ficaria com Baek pra sempre! E se dependesse de Baekhyun, eles se casavam hoje mesmo. Que casalzinho, como Sehun e Lu costumavam dizer..


Notas Finais


perdoa a demora pra atualizar e n desistam de mim, juro que depois de um tempo eu fico legal <3 essa é a parte dois do último capítulo e espero que vocês gostem, deixei o final assim porque o próximo vai ser só smut........... Comentem, por favor, eu só faço essa fic por causa de vocês, sério, não imaginava que vocês iriam gostar. Tá bem difícil pra minha pessoa tirar um tempo pra escrever, mas eu prometo que, enquanto vocês gostarem, eu tô atualizando! <3 xoxo, amo vocês td.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...