História Like I'm Gonna Lose You - Imagine Taehyung (V) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, V
Tags Bts, Colegial, Imagine, Oneshot, Taehyung, Você
Exibições 535
Palavras 2.224
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLHA QUEM VOLTOU
FINALMENTE TAEHYUNG
PRA FECHAR TODOS OS MEMBROS DO BTS
CALMA
NÃO VOU PARAR DE FAZER IMAGINES DELES, É SO PRA COMPLETAR O BONDINHO!
Sério
Eu amei escrever esse imagine
Mesmo sendo meio gay
Tô pensando em escrever uma fanfic de mais capítulos com uma história parecida, o que acham? Vocês leriam? Tô pensando ainda, preciso de apoio
Enfim, boa leitura!

Capítulo 1 - Ciúmes - Único Caminho


Fanfic / Fanfiction Like I'm Gonna Lose You - Imagine Taehyung (V) - Capítulo 1 - Ciúmes - Único Caminho

POV's (S/N)

Acordo pela as 06:30 da manhã com o meu querido despertador que havia atrapalhado meus sonhos nada puros com meu melhor amigo. Sim, eu tenho pensamentos impuros com o meu melhor amigo. NÃO ME JULGUEM! POSSO FAZER NADA SE ELE É GOSTOSO MESMO!

Parei

Juro!

Depois de desligar o mesmo, me levanto e vou me arrumar pro colégio. Fiz toooda aquela coisa matinal e fui tomar café. Olhei o relógio e... 06:56.

-Acho melhor eu ir acordar o idiota. -Penso.

Logo sai de meu apartamento com minha mochila nas costas e fui para o apartamento de Taehyung que era literalmente na frente do mesmo. Só atravessar o corredor e chegou.

E antes de tudo, sim, esse é o melhor amigo que eu disse lá em cima.

E sim, eu que acordo ele todos os dias.

Por que? Porque ele não vive sem mim *beijo no ar* ou porque sou seu único despertador que o faz acordar, nem que seja na base da porrada.

Pego a chave reserva de baixo do tapete e entro no apartamento do mesmo.

Silencioso.

Nem parece que Kim Taehyung que mora aqui!

Sigo até o quarto do mesmo e o vejo dormindo como um anjinho em sua cama. Parece estar em um sono profundo.

Dá até dó de acorda-lo...

Só que não!

Ele faz pior comigo!

Cutuquei o mesmo que disse alguma coisa embolada -que eu não consegui raciocinar até agora o que era- e continuou a dormir.

-Taehyung? -Balancei-o dessa vez.

-Ah, mãe! Deixa eu dormir mais um pouquinho! -Disse se virando mais pro colchão.

-KIM TAEHYUNG, SE VOCÊ NÃO LEVANTAR DESSA CAMA AGORA eu não te compro sorvete :3 -Falei e no mesmo estante Taehyung da um pulo da cama se levantando.

-JA ACORDEI! *Espírito de gordo Modo On*

-Bom menino! Agora vai se arrumar porquê não quero chegar atrasada na escola! -Disse sorrindo e o mesmo foi rapidamente pro banheiro.

Fui para a sala e fiquei esperando o mesmo lá. Percebi a demora e fui até o quarto novamente. Cheguei lá e Taehyung parecia enrolado e frustado tentando arrumar a gravata do uniforme escolar. Ri com isso e fui o ajudar.

Terminei e olhei pro mesmo. Que sorriu e eu correspondi com outro. Corei.

Olhei o relógio novamente.. 07:19! Agarrei Tae e sai correndo com o mesmo para a escola. Chegamos lá quase atrasados. Metade da turma já estava em seus lugares na sala de aula, Tae e eu fomos para os nossos, como sempre, sentamos juntos em dupla.

A professora de Física entra na sala. Eu e Taehyung bufamos juntos.

-Física? Sério? -O mesmo pergunta baixamente com uma cara de "Mereço".

-Téédioo! -Falo baixamente pegando os materiais para a aula e Taehyung faz o mesmo.

Quando a professora explicava o dever, senti uma mão pousar em minha coxa e me fazendo congelar.

-O que está fazendo? -Digo quase em um sussurro para o mesmo.

Sorte que sempre sentamos no fundão se não a professora já teria nos chamado a atenção.

-Nada. -Responde normalmente.

A mão do mesmo sobe um pouco para baixo de minha saia.

-Taehyung! Aqui não! -Reclamo segurando sua mão.

-Algum problema aí atrás Senhorita (S/N)? -A professora pergunta parando a aula e todos olharem para trás.

Tae dá um sorriso de lado e olha para mim.

-N-nenhum, professora, desculpe! -Digo tentando me manter firme ainda com a mão de Taehyung em minha coxa.

A professora voltou a passar o dever no quadro e todos copiavam normalmente.

-Depois terminamos, Amor! -O mesmo sussurra em meu ouvido e retira sua mão de minha coxa.

Arrepiei e corei por completo quando escutei o "Amor" sair de seus labios.

Voltei a prestar atenção na aula.

Ou pelo menos tentar.

Minha mente não conseguia tirar o "Depois terminamos" da cabeça por um segundo, como assim "Depois terminamos"?

Aish, Kim Taehyung, eu ainda te pego!

                              *********

O sinal do recreio havia batido e todos os 'apressadinhos' saíram correndo da sala.

-É... Então, (S/N), eu preciso ir agora mas depois de encontro, Okay? Okay. -Disse e saiu rapidamente da sala nem me dando tempo de perguntar onde iria. Dei de ombros e voltei a guardar meus materiais.

Sai da sala e fui em direção ao banheiro. Fiz minhas necessidades e fui lavar as mãos. Logo escuto um barulho vindo de trás de uma parede que havia ali.

Curiosa, cheguei próxima a parede e olhei escondi. Fico surpresa com a cena e logo a tristeza e a raiva tomaram conta de mim. Taehyung e uma menina do primeiro ano quase se comendo ali mesmo.

Senti meus olhos encherem de lágrimas que estavam prontas para serem derramadas. Sai dali correndo e sem querer deixei bater a porta.

Fui para a sala de aula, sentei em meu lugar. Apoiei meus braços cruzados em cima da mesa e escondi meu rosto me deixando a chorar.

Pouco tempo depois ouvi a porta da sala ser aberta. Me fazendo levantar o rosto e o esconder novamente.

-(S/N)? O que aconteceu? -Pergunta Tae num tom preocupado vindo em minha direção.

-Nada, Tae, não aconteceu nada! -Disse levantando o rosto e limpando os olhos com as mãos.

-Então por que está chorando? Alguém te bateu? -Pergunta me ajudando a secar o rosto mas logo afasto a cabeça das mãos dele.

-Acho que pior.. Aish! -Pego minha mochila e saio correndo da sala, o deixando para trás.

Ouvi o mesmo correr atrás de mim gritando meu nome, mas logo sai de sua vista e saindo da escola fui para a casa.

Pelo o caminho vi um carro do sorvete passar por mim me fazendo lembrar de hoje de manhã, que eu havia dito que iria comprar um sorvete para Tae.

Sorri com o pensamento, mas logo o sorriso se desfez.

Chego em casa e vou para o quarto me jogando na cama. Com dor de cabeça acabei adormecendo daquele jeito.

                             ********

Abro os olhos lentamente me sentando na cama, mas logo tomo um susto com Taehyung sentado ao meu lado.

-O que faz aqui? -Pergunto friamente mas logo me arrependo já que o mesmo não tinha culpa do meu ciúme, até porque ele não é nada mais e nada menos que meu melhor amigo.

-Eu vim correndo atrás de você, te perdi de vista, sai te procurando por todo canto e acabei vindo parar aqui, entrei com sua chave reserva, vi você dormindo. Fui em casa, troquei de roupa, voltei pra cá e aqui estou eu. Ainda preocupado se quer saber. E com fome. -Diz e logo faz um biquinho.

Teria dado risada de seu biquinho fofo se ainda não estivesse chateada.

-Desculpa, Tae. -Falo e abaixo a cabeça em seguida.

-Sem problemas, amigos são pra isso! Mas agora que tal nós fazermos uma boquinha na cozinha e depois você me conta que bichinho foi que te mordeu? -Pergunta e eu sorrio levemente.

-Antes eu preciso tomar um banho -Diz apontando para mim mesma que ainda estava de uniforme.

-Vai mas anda logo, se não eu vou morrer de fome desse jeito!

-Nem um pouco dramático você, né?

-Só digo a realidade, Amor! -Diz sorrindo de lado.

De novo o "Amor".

Assassinei Taehyung mentalmente e bufando fui pegar roupa para tomar um banho que estava necessitando.

Depois do banho fui procurar Taehyung que estava jogado no sofá assistindo um filme qualquer, até que percebe minha presença e levanta rapidamente.

-FINALMENTE! Vamos comer, agora? -Diz te fazendo rir e assentir positivamente com a cabeça.

Fizeram um lanche na cozinha e depois de comer se jogaram na sua cama.

-Agora sim estou satisfeito -Diz Tae sorrindo. -Vai me contar agora porque do seu piti de hoje mais cedo? -Pergunta me encarando. Bufei e logo abaixei a cabeça começando a falar.

-Por favor, promete não me abandonar depois do que eu disser? -Pergunto o olhando. O mesmo assentiu positivamente e assim continuei. -Okay, não sei por onde começar, mas esse meu "piti" de mais cedo tem o porquê, digamos que... Eu gosto de você, não só gosto como estou apaixonada por você! E cada vez que eu te vejo com alguma garota meu coração se quebra em pedacinhos, mas sempre quando estou com você, novamente ele se reconstrói me fazendo esquecer todas os meus problemas e memórias ruins que ficam em minha mente... Desculpa, entendo se não sentir o mesmo por mim, só preciso que você não se afaste de mim, por favor! -Peço e lágrimas já rolavam por minha bochecha. Taehyung sorriu e me puxou para o seu colo me abraçando apertado e em seguida limpando minhas lágrimas com o dedão.

-Parece que você tirou as palavras da minha boca! Não precisa se preocupar mais, pois eu sinto o mesmo por você! E por favor não chore, eu sempre estarei aqui com você! -Ergueu meu rosto e me deu um beijo lento e apaixonado. -Te amo, (S/N)!

-Também te amo, Oppa! -Digo e o abraço mais forte.

Logo Tae me puxa pra mais um beijo. Dessa vez foi ficando mais 'intenso' e comecei a sentir meio que uma queimação circular por meu corpo me fazendo pedir por mais.

Sentei melhor em seu colo e logo o mesmo me agarrou pela a cintura. Tae desceu seus beijos para meu pescoço e começou a depositar chupões e beijos molhados no mesmo, me fazendo arrepiar.

Arrancou minha blusa e meu sutiã em seguida me fazendo corar. Me deitou na cama e começou a brincar com meus seios. Soltei um gemido e logo calei minha boca com as mãos.

-Relaxa, Amor! Seus gemidos só vão me deixar mais excitado! -Diz sorrindo e destampando minha boca.

Soltava gemido enquanto o mesmo mordia meus seios. Logo o mesmo foi descendo até minha intimidade. De uma vez arrancou meu short e calcinha, me fazendo corar mais ainda.

-Você é linda, sabia? -Diz mordendo o lábio inferior e me olhando nos olhos enquanto passava um dedo lentamente por minha intimidade encharcada. -Molhadinha, do jeito que eu gosto! -Sorri maliciosamente e começa a chupar a mesma me fazendo soltar gemidos altos.

Agarrando lentamente seus cabelos, arqueando as costas, gozei em sua língua maravilhosa chamando seu nome.

Troquei de lugar com o mesmo e retirei sua roupa, sentei sobre seu membro e comecei a rebolar sobre o mesmo.

-(S/N), não faz isso! -Disse pondo a cabeça pra trás me dando acesso a seu pescoço onde deixei marcas de mordidas e chupões.

Pus seu membro em minha entrada e lentamente sentei sobre o mesmo, fazendo ambos gemerem. Sem perceber Tae já tinha rasgado minha pelinha. Agarrei fortemente o mesmo e uma lágrima desceu por minha bochecha. Tae a limpou rapidamente e lentamente começou movimentos.

-Vai passar, calma! -Dizia beijando minha cabeça.

A dor ainda estava presente mas logo o prazer começou a ficar maior.

-T-Tae, m-mais rápido! -Digo manhosa e corada fazendo o mesmo sorrir de lado começando movimentos mais rápidos.

Gemidos ecoavam pelo o quarto enquanto cavalgava sobre o mesmo que rapidamente me jogou na cama, começando a meter mais rápido e logo fazendo os dois gozarem juntos. Tae saiu de dentro de mim e se jogou ao meu lado.

O mesmo levantou e logo voltou a se deitar já vestido com sua box azul. Puxou um cobertor para os dois e me deitou em seu peitoral.

E assim ficamos, cochilando, conversando e trocando carícias.

-Boa noite, boa tarde, bom dia, namorada! -Diz depositando um beijo em minha testa e fechando os olhos.

-Boa noite, Namorado! -Ri e logo faz o mesmo.

"Encontrei-me sonhando em prata e ouro
Como na cena de um filme que todo coração partido conhece
Estávamos andando sob a luz da lua e você me puxou para perto
Um segundo e você desapareceu e então eu estava sozinha

Acordei em lágrimas, com você ao meu lado
Um suspiro de alívio e eu percebi
Não, o amanhã não nos é prometido

Então eu vou te amar como se eu fosse te perder
Eu vou te abraçar como se eu estivesse dizendo adeus
Aonde quer que estejamos, não vou te ter como garantido
Pois nunca sabemos quando
Quando ficaremos sem tempo
Então eu vou te amar como se eu fosse te perder
Eu vou te amar como se eu fosse te perder

Num piscar de olhos, uma tragada
Você pode perder tudo, a verdade é que você nunca saberá
Então eu vou te dar um beijo longo, amor, em qualquer chance que eu tiver
Eu vou aproveitar ao máximo os minutos e amar sem arrependimento

Então vamos usar nosso tempo para dizer o que quisermos
Usar o que nós temos, antes que tudo se vá
Não, o amanhã não nós é prometido

Então eu vou te amar como se eu fosse te perder
Eu vou te abraçar como se eu estivesse dizendo adeus
Aonde quer que estejamos, não vou te ter como garantido
Pois nunca sabemos quando
Quando ficaremos sem tempo
Então eu vou te amar como se eu fosse te perder
Eu vou te amar como se eu fosse te perder

Eu vou te amar como se eu fosse te perder
Eu vou te abraçar como se eu estivesse dizendo adeus
Aonde quer que estejamos, não vou te ter como garantido
Pois nunca sabemos quando
Quando ficaremos sem tempo
Então eu vou te amar como se eu fosse te perder
Eu vou te amar como se eu fosse te perder..."
                     -Like I'm Gonna Lose You

Fim(?)


Notas Finais


E aí gostaram? Deixa o comentário aí em baixo!
Lembrando que estou aceitando pedidos de imagines, não só de BTS, como outros grupos também!
E não se esqueçam da ideia da fic no estilo desse imagine! Preciso da ajuda de vocês nisso!
Enfim, espero que tenham gostado!
Até a próxima! :3
Kissus! '3'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...