História Lily e Lincoln Loud: 6 anos depois tudo mudou! - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Loud House
Personagens Lincoln Loud, Personagens Originais
Tags 7 Anos Depois, Lily Loud, Lincoln Loud, Lincoln X Clyde, The Loud House
Visualizações 21
Palavras 1.297
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Visual Novel
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yay!!! Dois favoritos estou tão feliz!!!! Aproveitem o capitulo ^~^

Capítulo 3 - Devo desculpas a ele. Parte 1


Narração P.O.V

Era mais uma noite tranquila na mansão da Leni Loud, Lily e Ronnie estavam jogando uma partida de Uno na sala de jogos, Cly está na cozinha fazendo uma pirâmide de sanduiches, enquanto ao Lincoln, se refletindo ainda sobre aquela noite que ocorreu, na varanda do outono.

Flashback

Lincoln rapidamente fica vermelho sem saber o que está acontecendo, ele estava tão envergonhado na cena que resolveu acordar o Cly envies de sair como um ninja. – Que foi Lincoln? – Lincoln rapidamente resolve responder. – Que foi? QUE FOI!? Nós dois estamos dormindo juntos e colados! Enquanto você está só apenas usando a roupa de baixo do pijama! – Depois que o reclamou com o Cly, rapidamente levanta da cama e vai pro seu quarto.

Fim do Flashback

 

Você quer um sanduiche Lincoln? – Lincoln só apenas pega um sanduiche e se virar de costas pro Cly. – Olha... Me desculpa sobre o que eu fiz com você ontem a noite é que... – Lincoln um pouco sério, resolve responder – É que o que? – Nada... Mais obrigado por ter aceitado o meu convite pro evento e por ter aceitado meu sanduiche... Se precisar de mim, estarei na sala de jogos junto com as meninas.

Lincoln começa assentir o seu coração bater um pouco mais rápido do que o normal, quando ele descobriu que dormiu com o Cly por algumas horas, mais ao mesmo tempo se sentia culpado pois, provavelmente Cly não iria aguentar o seu corpo até o meu quarto pois o dele é duas vezes mais perto do que o de Lincoln, ele pode até pedir desculpas ao Cly e aceitar a desculpa dele.

Mais sério ele tinha mesmo que dormir COMIGO só usando a roupa de baixa do pijama dele!? – Lincoln fala sozinho e um pouco irritado. – É melhor eu ir desculpa-lo, assim nos dois podemos começar a ter a possibilidade de nos tornamos colegas ou até mesmo amigos.

Então Lincoln vai até a sala de jogos mais antes de chegar na entrada da porta, ele pensa que é melhor os dois conversassem asos pois isso acabou virando uma coisa meio que “intimo” entre os dois. Com isso Lincoln arruma coragem e vai até a porta da sala. – Cly nos dois podemos conversar? Só que aços. – Cly não se expressa bastante ao ouvir a palavra “aços”, ele acabou tendo um pouco de medo por dentro, mais por fora ele estava determinado.

Os dois começaram as conversas na varando do outono, a conversa rolou muito bem, no final os dois acabaram conhecendo um ao outro, principalmente o Lincoln ele acabou descobrindo que Cly era um sócio de Clyde e ambos os dois se conheceram na infância. Para provar isso ele mostrou uma foto que foi guardado na nuvem do celular, Lincoln ficou de queixo caído ao ver esta foto.

Mais ainda tenho uma dúvida sobre você como você, acabou morando aqui na mansão? – Digamos que a sua irmã Leni é uma super idiota e achou que eu era o Clyde, mais eu fui meio obrigado a mentir pra ela que eu era o Clyde, pois a minha casa era no outro lado da cidade e como a universidade era bem perto nesta mansão era a única forma de ir estudar nela do que os meus pais pagando mais de mil reais por causa de um simples quarto para eu morar por lá. – Lincoln percebe que a vida dele de universitário deve ser mais dura do que ter dez irmãs morando em uma só casa por tantos anos. – Então você não é o Clyde? – Aparece Leni um pouco triste. – Você escutou toda a nossa conversa? – Diz o Cly assustado. – Sim, mais ainda bem que você mentiu pra mim pois que se não eu já teria ter te expulsado desde naquele dia. Mais como você se tornou amigo do Lincoln e você já mora aqui a semanas, você merece continuar aqui até completar a universidade e se formar. – Depois que a Leni disse uma bela “musica” pros ouvidos de Cly. Ele abraça Leni com toda a felicidade do mundo. – MUITO ABRIGADO LENI! – Leni fica feliz. – Di nada Cly é assim que os Louds fazem.

1 semana depois

Uma semana se passou Lincoln aproveitou que todas as irmãs que restaram na casa, saíram para um acampamento, com isso ele percebeu a oportunidade dele, apresentar a casa dele para o Cly sem ter problemas.

E este é o meu quarto! – Cly ficou meio sem graça ao ver o quarto de Lincoln. – Nossa... Que quarto... apertado ne? – Fala Cly um pouco surpreso – Pois é ne? Antes de me tornar o irmão do meio eu dividia o quarto da Lynn até uns 4 anos, depois que a Lucy nasceu eu passei a ficar no quarto da Lana e da Lola, depois que as duas nasceram eu passei a ficar no quarto da Lisa e da Lily, depois que elas nasceram eu acabei ficando nesta parte da casa que era o local onde guardava os produtos de limpeza. – Cly ainda ficou com dúvida. – Mais por que eles não deixaram você continuar dividindo o quarto da Lynn, pelo menos? – Meus pais acharam que era melhor eu ter meu próprio canto e alias ate faz sentido pois, eu sou o único menino da casa e tem 10 meninas junto.

Depois que Lincoln e Cly saíram da casa, Lincoln apresentou a vizinhança para o Cly, mais quando ele já estavam terminando de passar na casa de Clyde. – Olá Lincoln quanto tempo! – Olá Sr McBride está tudo bem? – Diz Lincoln com um ótimo sorriso – Tudo bem e parece que você conheceu o Cly o sócio do Clyde – Diz o Sr McBride. – Sim ele já me contou que os dois se conheceram na infância. – Diz Lincoln feliz. – Mais aonde está o seu marido? – Diz Cly perguntando. – Ligando loucamente pelo telefone para falar com o Clyde. E falando nele, amanhã ele vai voltar para casa ele terminou os estudos no Canada! – Depois desta notícia maravilhosa o sorriso de Lincoln ficou grande mais tão grande, que fez o Sr McBride e o Cly sorrirem também.

 

No dia seguinte

Celular on

Lincoln: Então ele irar vir hoje à tarde

Bobby: Eu e a Lori gostaríamos de ver o Clyde novamente depois de muitos meses ou anos, mais nos dois estamos no medico pra saber se nós vamos ser pais.

Lincoln: Espera! A Lori está gravida!?

Bobby: Sim ela está! O motivo de nós queremos logo está criança mesmo que o nome casamento tendo só 1 ano, a Lori teve medo se a vida dela começasse a ficar sem graça pois, ele começou a sentir saudade da agitação, ela não quer ficar parada.

Lincoln: Eu entendo ela e ainda por cima ela sendo a mais velha, depois de ganhar 10 irmãos em seguida, foi muita agitação pra ela.

Bobby: Bom eu tenho que desligar, antes de ela descubra que eu contei o nosso maior segredo, no momento que era só pra nos dois da família saber sobre o novo Loud.

Lincoln: Ok Bobby abraços!

Bobby: Abraços Lincoln!

Celular off

 

Você estava falando com o meu irmão? – Sim Ronnie, não conte pra ninguém mais ambos nos dois vamos ser tios! – Depois Ronnie ouviu a palavra “tio” ela congelou. – O QUE O MEU IRMÃO IDIOTA ANDOU APRONTANDO!? Ele sabe muito bem que eu sou jovem demais para ser tia! – Lincoln com um pouco de humor em mente resolve responder. – Para de show Ronnie! Você já tem dezoito anos e você já é uma adulta, então vale! – Ronnie faz uma pequena cara de zangada, fazendo que o Lincoln se entregasse também. – Ok isso também vale pra mim... Só no ano que vem!

Ei Lincoln está preparado pra ver o Clyde de novo? – Diz o Cly com um ótimo sorriso. – Sim! Licoln Loud está preparado para ver o Clyde McBride novamente!


Notas Finais


Agora é so amanha beijos =3 Mamãe pata desliga!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...